Ceará-Mirim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Ceará-Mirim
"Cidade dos verdes canaviais"
Bandeira de Ceará-Mirim
Brasão de Ceará-Mirim
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 30 de Julho (155 anos)
Fundação 6 de junho de 1755
Gentílico cearamirinense
Prefeito(a) Antônio Peixoto (PR)
(2013–2016)
Localização
Localização de Ceará-Mirim
Localização de Ceará-Mirim no Rio Grande do Norte
Ceará-Mirim está localizado em: Brasil
Ceará-Mirim
Localização de Ceará-Mirim no Brasil
05° 38' 02" S 35° 25' 33" O05° 38' 02" S 35° 25' 33" O
Unidade federativa  Rio Grande do Norte
Mesorregião Leste Potiguar IBGE/2008 [1]
Microrregião Macaíba IBGE/2008 [1]
Região metropolitana Natal
Municípios limítrofes Maxaranguape, São Gonçalo do Amarante, Ielmo Marinho, Taipu
Distância até a capital 28 km[2]
Características geográficas
Área 739,686 km² [3]
População 71,856 hab. (RN: 6º) –  IBGE/2012[4]
Densidade 0,1 hab./km²
Clima Tropical Atlântico
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,684 médio PNUD/2013[5]
PIB R$ 433 103,000 mil IBGE/2013[6]
PIB per capita R$ 6 315,30 IBGE/2008[6]
Página oficial

Ceará-Mirim é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Norte, localizado na Grande Natal, na microrregião de Macaíba, na mesorregião do Leste Potiguar e no Polo Costa das Dunas. De acordo com o censo realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) no ano 2013, sua população é de 71.856 habitantes. Área territorial de 740 km². Localizado a 28 km da capital do estado, Natal.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A etimologia da cidade de Ceará-Mirim permanece uma incógnita. Em seu livro "Nomes da Terra: História, Geografia e Toponímia do Rio Grande do Norte", o historiador Câmara Cascudo nos dá algumas alternativas propostas por outros historiadores, todas remontando à língua tupi[7] . José de Alencar sugere que o nome Ceará tenha origem na expressão tupi cê-ará, fala ou canta o papagaio. Teodoro Sampaio nos dá ceará ou cemo-ará, sai papagaio ou papagaio de saída, ou ainda papagaio da fonte ou do rio. Temos ainda as versões de Paulino Nogueira e João Brigido que sugerem, respectivamente, çoô-ará, verdadeiro tempo de caça e ciri-ará, caranguejo branco.

História[editar | editar código-fonte]

Inicialmente povoada por índios Potiguares às margens do Ryo Seara[8] , posteriormente rio Ceará-Mirim. Os Potiguares fizeram seus primeiros contatos com o mundo ocidental através do comércio de pau-brasil com franceses e espanhóis. Posteriormente, com a consolidação da colonização do Brasil, foi ocupada pelos portugueses.

Desde sempre a varze do Ryo Seara (posteriormente Rio Ceará-Mirim) foi ocupada, pois eram terras proveitosas para o cultivo, e lá se instalaram lavouras e pequenas criações de gado. Por todo o século XVIII houveram inúmeras sesmarias, dividindo completamente a região com maior ou menor utilidade para a agricultura, notadamente de proprietários de Extremoz[9] . Os primeiros engenhos de Ceará-Mirim surgiram posteriormente ao ano de 1840, mas em 1858, quando ocorreu a transferência da sede, havia notável desenvolvimento industrial e pecuário.

Na relação do Ouvidor Domingos Monteiro da Rocha[10] , em junho de 1757, já se inclui a Povoação do Ceará-Mirim, onde diz-se "com bastantes moradores". A primeira escola surgiu apenas em 1858, instalada em Bôca da Mata, município de Extremoz. A primeira reunião em Câmara Municipal ocorreu em 14 de outubro de 1858, na Vila do Ceará-Mirim[11]

A organização inicial da comunidade é atribuída ao líder Felipe Camarão, combatente na expulsão dos holandeses do Nordeste. No início do século XVII, suas terras são concedidas a vários donatários, dentre eles a Companhia de Jesus.

Os jesuitas fundam um convento na localidade conhecida como Guajiru, dando início à construção das primeiras edificações públicas.

O município foi criado em 1767.


Bairros de Ceará-Mirim[editar | editar código-fonte]

Santa Águeda
Paraíba
Bela Vista
Verdes Canaviais
Luiz Varella (COHAB)
Planalto
Conjunto Camurupim
Vale do Amanhecer
Novos Tempos
São Geraldo
Cinco Bocas
Barro Vermelho
Passa e Fica
Nova Descoberta
Nova Conquista
Residencial Otávio Praxedes
Novo Horizonte
Loteamento São José
Loteamento Guararapes
Maninho Barretto
Centro
Nova Ceará-Mirim
João de Barro


Ver também[editar | editar código-fonte]

Bandeira do Rio Grande do Norte.svg A Wikipédia possui o Portal do Rio Grande do Norte. Artigos sobre história, cultura, atrações, personalidades e geografia.


Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. FEMURN. Distâncias dos Municípios do Rio Grande do Norte a Natal-RN. Página visitada em 27 de dezembro de 2010.
  3. IBGE (10 de outubro de 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 de dezembro de 2010.
  4. ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO RESIDENTE NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2012 (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (30 de agosto de 2011). Página visitada em 31 de agosto de 2012.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2013). Página visitada em 04 de setembro de 2013.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  7. Nomes da Terra: História, Geografia e Toponímia do Rio Grande do Norte, Câmara Cascudo, pág. 82
  8. Nomes da Terra: História, Geografia e Toponímia do Rio Grande do Norte, Câmara Cascudo, pág. 172
  9. Nomes da Terra: História, Geografia e Toponímia do Rio Grande do Norte, Câmara Cascudo, pág. 171
  10. Documentos manuscritos avulsos da Capitania de Pernambuco
  11. Nomes da Terra: História, Geografia e Toponímia do Rio Grande do Norte, Câmara Cascudo, pág. 172

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Norte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.