Penumbra (DC Comics)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Penumbra
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por DC Comics
Primeira aparição Flash Comics #33 (1942)
Criado por E E Hibbard
James Robinson
Características do personagem
Alter ego Richard Swift
Afiliações Sociedade da Injustiça
Campeões do Crime
Codinomes conhecidos Dicky
Sr. Black
Louie
Habilidades Manipulação das sombras (habilidade para controlar a escuridão) - habilidade para viajar por grandes distâncias por curto espaço de tempo, criar construtos e seres vivos de sombras, imortalidade.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Penumbra (português europeu) ou Sombra (português brasileiro) (em inglês: Shade) é um vilão fictício da DC Comics. O Penumbra tem uma bengala com o poder de controlar sombras (em algumas versões, o poder parte dele mesmo). Ele foi um inimigo primariamente do Flash. Primeira aparição em Flash Comics #33 (1942). Criado por E. E. Hibbard, reformulado por James Robinson em 1994.

Foi eleito pelo portal IGN como o 89º maior vilão de histórias em quadrinhos de todos os tempos.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

O Penumbra foi um conhecido membro de diversas encarnações da Sociedade da Injustiça. Nos anos 50, ele juntou forças com o Pensador e o Violinista a fim de manter a inteira Keystone City, a cidade do Flash (Jay Garrick), sob animação suspensa à parte de nossa dimensão. Por anos, ninguém sabia o que aconteceu com a cidade de Keystone; lá, o trio de vilões reinava absoluto, sem nenhum herói para atrapalhar. Somente quando o Flash (Barry Allen) atingiu outra dimensão, e constatou a localidade de Keystone, ele pôde encontrar Jay Garrick e libertá-lo da animação suspensa. Juntos, a dupla libertou Keystone dos vilões e devolveu a cidade a seu local de origem. (Secret Origins #50)

O Penumbra estava também entre os vilões que Rei Kull manipulou a fim de tentar conquistar a Terra 1, a Terra 2 e a Terra S (este evento é desconsiderado após Crise nas Infinitas Terras). [Justice League of America (versão 1) #135 a 137]

Alguns anos depois, o Penumbra, o Dardo de gelo e o Violinista foram contatados pelo espírito de Darkseid, que logrou os vilões a ressuscitarem seu corpo. O Pai Celestial e outros Novos Deuses de Nova Genesis contataram a Liga da Justiça e a Sociedade da Justiça, de modo que acabaram com os planos de Darkseid (fundir a Terra 1 e Terra 2), e salvaram o trio de vilões, que já não servia mais aos propósitos do soberano de Apokolips. [Justice League of America (versão 1) #183 a 185]

Origem[editar | editar código-fonte]

Um retcon apresentado na revista Starman estabeleceu que o Penumbra é Richard Swift, um cidadão inglês que ganhou poderes sombrios e imortalidade através de magia, e que seus poderes não vem de sua bengala, mas de si mesmo (embora que ele ainda a use). O retcon também estabeleceu que O Penumbra é apaixonado por literatura e sente-se bastante confortável na cidade de Opal City, que lembra sua terra natal, e até mesmo ajudou o Starman Jack Knight a combater o Névoa, que atormentava a cidade. De modo que se antes, numa versão mais maniqueísta, o Penumbra era exatamente um vilão, após o retcon essa diferença não é tão clara.

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

O Penumbra apareceu num time de vilões liderados por Lex Luthor em Liga da Justiça. No Brasil, seu nome foi adaptado para Sombra. Lá, era apresentado com base na versão mais antiga (apesar do retcon já tendo sido publicado naquela data). O Penumbra no desenho só ligava para lucro pessoal, perguntando repetidamente a Luthor quando eles iriam receber seu pagamento.

Poderes e habilidades[editar | editar código-fonte]

A origem e fonte dos poderes de Penumbra variam de acordo com a versão. Entretanto ele foi visto manifestando os seguintes poderes:

  • Projetar um campo de escuridão, onde só ele pode enxergar mediante óculos especiais;
  • Criar construtos e seres vivos de sombras;
  • Criar portais com sombra, de modo a poder realizar viagens instantâneas de um ponto a outro por atravessar estes portais;
  • Criar campos de força com sombras sólidas;
  • Imortalidade (somente após o retcon).

Referências

  1. Shade is number 89 (em inglês) IGN. Visitado em 19 de abril de 2013.