Homem Elástico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Homem Elástico
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por DC Comics
Primeira aparição The Flash vol. 1, #112 (12 de Maio de 1960).
Criado por John Broome
Carmine Infantino
Características do personagem
Alter ego Randolph William "Ralph" Dibny
Terra natal Waymore, Nebraska, Estados Unidos
Afiliações Liga da Justiça
Patrulha do Destino
Habilidades Finita capacidade de esticar e modelar o corpo dele.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Homem Elástico (Elongated Man), alter-ego de Ralph Dibny, é um personagem de história em quadrinhos (banda desenhada) do Universo DC. Sua primeira aparição foi na revista Flash número 112 de 12 de maio de 1960. Ele foi criado por Julius Schwartz, que só o criou por não saber que a DC havia adquirido os direitos do Plastic Man (Homem Borracha) em 1956. No Brasil, isto é muito curioso, uma vez que o desenho animado do Homem-Borracha foi erroneamente traduzido como Homem Elástico.

Origem[editar | editar código-fonte]

Ralph Dibny nasceu na cidade de Waymore (Nebraska) e, ainda jovem, ao passear por um parque de diversões, ficou intrigado com os contorcionistas conhecidos como "Homens Elásticos da Índia". Muito curioso, Dibny resolveu investigar e descobriu que muitos dos contorcionistas gostavam de beber um refrigerante chamado "Gingold". Ralph isolou e destilou o principal componente da bebida, formando um suco da pequena fruta tropical bastante rara, encontrada na região de Iucatã, no México, chamado "Gingo". Bebendo o extrato de Gingo, Dibny ganhou a habilidade de esticar qualquer parte do corpo.

Após desenvolver um uniforme que acompanhava as distensões e contrações de seu corpo, Ralph Dibny se mudou para Central City, onde passou a combater o crime ao lado do Flash (Barry Allen), de quem o tempo e as atribulações fizeram deles quase irmãos.

Histórico e Morte[editar | editar código-fonte]

Ralph Dibny fez fortuna com shows e aparições na TV. Depois de se casar com Sue Deaborn, um caso de amor a primeira vista, Ralph rodou o mundo até ganhar destaque quando foi indicado, pelo próprio Flash, para a antiga Liga da Justiça da América, onde permaneceu inclusive após a reformulação de Aquaman, até o término da equipe.

Quando a Liga se tornou internacional e decidiu expandir suas atividades em um ramo europeu, Ralph foi novamente convidado a ingressar na equipe, aceitando. Sua esposa Sue Dibny se tornou a principal assessora e coordenadora da equipe, assim com Maxwell Lord era na Liga América.

Sue Dibny foi morta no evento Crise de Identidade, por uma desequilibrada Jean Loring, a esposa de Ray Palmer (o Eléktron). Foi revelado durante esse evento que Sue havia sido violentada pelo vilão Doutor Luz, quando encontrada sozinha por ele no satélite da Liga da Justiça.1

Após a morte de Sue, Ralph nunca mais voltaria a ser o mesmo, abalado psicologicamente pela sua perda e obcecado pela idéia de trazer Sue de volta à vida. Isso o levou a integrar o "Culto ao Superboy", que esperava o retorno de Conner Kent (morto pelo Superboy Prime durante Crise Infinita), e que se dizia capaz de trazer os mortos de volta à vida. Durante a cerimônia que supostamente reviveria Sue, tudo dá errado e Ralph deixa de acreditar no culto, somente para ver o simulacro que serviria de novo corpo para Sue se mover em meio às chamas da destruição do templo da seita. Esse acontecimento o leva ao fundo do poço, à quase insanidade.2

O Homem-Elástico veio a falecer tragicamente durante a maxi-série 52. Após ter sido levado por Félix Fausto, fingindo ser o elmo de Destino, a uma cruzada em busca de objetos místicos que supostamente trariam Sue de volta à vida, Fausto tenta induzir Ralph a um ritual místico em que entregaria sua alma ao demônio Neron, pois precisava de "uma alma pura e forte em seu momento de grande desespero" para barganhar em troca da sua própria, perdida outrora para o demônio. Ralph, no entanto, provou ser mais astuto que Fausto, revelando que estava ciente de todas as suas maquinações. Neron, no entanto, assassinou Ralph arremessando a sua própria aliança de casamento em seu peito, atravessando-o. Antes disso, no entanto, Ralph havia realizado encantos de selamento, que aprisionaram Neron e Fausto na torre de Destino. Um triste fim para um dos personagens mais carismáticos e divertidos da história da DC comics.2

Ralph e Sue puderam ser vistos como "fantasmas detetives", em algumas breves aparições pelo universo DC após as suas mortes, mas não há maiores explicações sobre essas aparições nem sobre o seu atual status quo.2

Em janeiro de 2010, durante o evento chamado "A Noite Mais Densa" (The Blackest Night) os cadáveres de Ralph e Sue Dibny foram reanimados através dos anéis da Tropa dos Lanternas Negros (zumbis a serviço da força negra, liderada pelos vilões Mão Negra e Nekron). Eles atacaram e assassinaram Gavião Negro e Moça Gavião, arrancando seus corações, cujos cadáveres também se tornaram Lanternas Negros.3

Poderes[editar | editar código-fonte]

O Homem-Elástico podia esticar qualquer parte de seu corpo até incríveis comprimentos. É muito bom no combate corpo-a-corpo sem utilizar seus poderes e é um bom detetive. Quanto a seu poder, para mantê-lo, deve tomar o suco de Gingold regularmente. Seu uniforme é feito de um nylon especial que estica e encolhe com seu corpo. O Homem-Elástico possuia uma mente engenhosamente dedutiva e um incrível talento como detetive. Ele é fascinado por mistérios e, invariavelmente, quando fica intrigado por algum, seu nariz cresce e estremece.

Referências

  1. Mini-série Crise de Identidade, DC Comics, 2003
  2. a b c Maxi-Série 52, DC Comics, 2007
  3. Mini-Série The Blackest Night (e tie-ins), 2009
Ícone de esboço Este artigo sobre Banda desenhada da DC Comics é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.