Krona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Krona
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por DC Comics
Primeira aparição Green Lantern #40 (Outubro de 1965)
Criado por John Broome
Gil Kane
Espécie Oano
Terra natal Maltus
Ocupação Cientista
Parceria Nekron
Habilidades Inteligência, força e durabilidade sobre-humanas;
Regeneração espontânea;
Imortalidade;
Manipulação de energia;
Poderes psiônicos.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Krona é um personagem fictício publicado pela DC Comics.

Origem[editar | editar código-fonte]

Há mais de dez bilhões de anos, Krona, um cientista da poderosa raça imortal Maltusiana, humanóides de coloração azul do planeta Maltus (mais tarde seriam conhecidos como os Guardiões do Universo), obcecado em observar a criação do universo, apesar da lenda de Oa que dizia que quem descobrisse o segredo do universo causaria uma grande calamidade, criou uma máquina que o permitiria que visse o momento da criação. De algum modo sua experiência causou uma ruptura no processo da criação, com conseqüências terríveis; as conseqüências exatas foram reescritas sobre os anos:

  • o desencadeamento do próprio mau do universo, mais tarde se concretizou que era
  • a criação do essencialmente negativo Universo de Anti-matéria de Qward,
  • revelou-se também ser a causa da existência de todas as Terras paralelas;
  • A existência do universo foi encurtada pelo tempo em bilhões de anos, e a criação de dois seres, um na lua de Oa e o outra na lua de Qward, na lua de Oa um ser sabido como Monitor estava ciente de sua contraparte de anti-matéria, o Anti-Monitor que foi forjado em uma lua de Qward.

Os feitos de Krona foram julgados por seus companheiros Oans e ele foi sentenciado a existir em um receptáculo de energia, vagando para sempre no multiverso. Krona escapou desse destino imposto pelos Guardiões e tentou começar mais uma vez sua experiência, desde que sua máquina original tinha explodido antes que ele pudesse terminar de contemplar o inicio da criação. Foi detido pelos Lanternas Verde da Terra, Hal Jordan e Alan Scott, que o baniram em sua forma de energia outra vez.

Recentemente[editar | editar código-fonte]

Entretanto, o receptáculo energético de Krona alcançou de algum modo o reino das almas dos mortos. Este reino foi governado durante infindáveis épocas pelo ser chamado Nekron. Por causa do paradoxo de um imortal estar no reino dos mortos, uma rachadura se abriu entre as dimensões, permitindo que Nekron visse a dimensão da Vida. Nekron a desejou, mas seu ser era demasiadamente grande para passar pela abertura. Nekron escolheu Krona como um general de grande poder de seus exércitos de almas para destruir os Guardiões do Universo, fazendo assim com que a abertura se abrisse mais, a ponto de rasgar a película do paradoxo. Krona aceitou em parte o plano de Nekron, onde viu que poderia mais uma vez tentar reconstruir o universo à sua imagem. Vários Guardiões pereceram pelas mãos de Krona e também diversos Lanternas Verde, com suas defesas em baixa. Krona destruiu a bateria central de Oa, impossibilitando os protetores esmeraldas de restabelecerem as energias de seus anéis. Embora seu ataque tenha sido poderoso o bastante para dizimar a maioria da Tropa dos Lanternas Verdes, Hal Jordan inspirou seus companheiros a atacar Krona usando a energia restante de seus anéis. Krona foi derrotado quando Hal Jordan adentrou o Reino dos Mortos e incentivou os espíritos dos seus companheiros recentemente mortos a se rebelarem contra Nekron. Isto deu aos Guardiões tempo suficiente para banir Krona desta dimensão e fechar a rachadura extra-planar.

Crossover Liga da Justiça/Vingadores[editar | editar código-fonte]

Nas suas aparições mais recentes, Krona recriou-se como um agente da Entropia, um dos elementos primários na fundação do universo, e em um de seus ataques privou a existência dos Guardiões do Universo. Em uma de suas demonstrações de poder, Krona foi capaz de destruir literalmente o universo de anti-matéria de Qward e o universo de Polemacus (Marvel Comics), a sondagem na mente de En Dwi Gast, O Grão-Mestre (detentor da Jóia do Infinito da Mente) um dos Anciões do universo e um dos seres mais antigos (Marvel Comics) ameaçou a estrutura do universo.

Poderes[editar | editar código-fonte]

Krona possui todos os poderes inerentes aos Guardiões do Universo. Ele é extremamente habilidoso e um gênio científico. Suas habilidades psiônicas são tamanhas que consegue dominar mentalmente vários Guardiões.