Capitão Átomo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Capitão Átomo
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por Charlton Comics
DC Comics
Primeira aparição Allen: Space Adventures #33 (Março de 1960)
Nathaniel: Captain Atom #1 (Março de 1987)
Criado por Allen:
Joe Gill
Steve Ditko
Nathaniel:
Cary Bates
Pat Broderick
Características do personagem
Alter ego Allen Adam
Nathaniel Christopher Adam
Espécie Humano/Mutante
Terra natal Terra
Afiliações Ambos:
Força Aérea dos Estados Unidos
Nathaniel:
Liga da Justiça
Habilidades Allen: Força sobre-humana, voo, rajadas de energia, intangibilidade, transmutação e absorção atômica.
Nathaniel: Invulnerabilidade devido a pele metálica, manipulação de campo de energia, força, velocidade, e durabilidade sobre-humanas, voo, viagem no tempo, rajadas de energia, transmutação atômica para grande absorção da energia.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Captain Atom, em português traduzido como Capitão Átomo, é um personagem ficcional, um super-herói de Histórias em quadrinhos, criado pelo desenhista Steve Ditko e pelo roteirista Joe Gill em 1960 para Charlton Comics, tendo sido posteriormente adquirido e reformulado pela DC Comics. Sua primeira aparição deu-se na revista Space Adventures #33, publicada nos EUA em março de 1960.

Em ambas as encarnações, o herói foi um funcionário militar (cientista Adam Allen na versão Charlton, piloto de Força Aérea Nathaniel Adam na versão DC), que foi pego em um experimento científico e "atomizado". Ele foi capaz de reformar o seu corpo, e descobriu que ele tinha adquirido a força e resistência sobre-humanas, a capacidade de voar, e projetar rajadas de energia. [1]

Através dos anos, o personagem foi apresentado em várias séries curtas, e foi membro de várias versões diferentes da Liga da Justiça.

Versão Pré-Crise[editar | editar código-fonte]

A versão da Charlton do Capitão Átomo foi Adam Allen. Adam trabalha em um foguete experimental espacial quando ele acidentalmente ficou preso no interior. Chegando a atmosfera superior, o foguete explodiu e Adam foi atomizado. Contudo, ele de alguma maneira ganhou superpoderes que incluíram a capacidade de reformar o seu corpo com segurança na terra. Ele foi equipado em um traje vermelho e amarelo que ao que parece protegia as pessoas dos seus poderes nucleares. Quando ele ativava seu poder, o seu cabelo mudava de loiro para branco-prata. Depois, no seu próprio título, ele substituiu este traje com um traje de metal líquido que ficava embaixo da sua pele, e transformava-se quando ele ativava seu poder. Os poderes de Capitão Atomo foram semelhantes a outros superheróis movidos a energia nuclear como Doctor Solar da editora Gold Key e o Nukla, da Dell Comics.

Os personagens da Charlton fizeram o seu reaparecimento na Crise nas Infinitas Terras, que introduziram a Terra 4 como a realidade nativa do Capitão Átomo no qual ele tinha tido todas as suas aventuras da era Charlton. Ao fim de série, a Terra 4 (e os personagens Charlton) foram incorporados no Universo DC Pós-crise. A última aparição deste Capitão Átomo da Charlton foi em DC Comics Presents #90 (Fevereiro de 1986), onde ele se encontrava com Nuclear e Superman. Estranhamente, nesta história, Nuclear e Capitão Átomo tinham seus poderes neutralizados se chegassem próximos um do outro.

Versão pós-crise[editar | editar código-fonte]

O nome deste capitão moderno foi estabelecido como Nathaniel Christopher Adam, um oficial da Força Aérea dos Estados Unidos da época da Guerra do Vietnam. Adam tinha sido culpado por um crime que ele não cometeu e condenado à morte sob os olhos do Coronel Wade Eiling em 1968. Como uma alternativa à execução, ele foi convidado para participar em um experimento militar com pouca possibilidade da sobrevivência, em troca de um perdão presidencial. O experimento implicou provar a durabilidade da couraça duma nave alienígena que havia caído na Terra, por explodir uma bomba nuclear embaixo dela, com Adam dentro da couraça. Adam sobreviveu como o metal derreteu no seu corpo e a energia excessiva lançou-o para a frente no tempo 18 anos (não incidentemente, este revestimento do metal alien deu ao herói revisado um revestimento metálico prateado em seu corpo distintamente diferente das suas encarnações prévias). Recuperando coerência em 1986, Adam encontrou-se um homem fora do seu tempo e nas mãos de Eiling, agora um general e o segundo marido de sua esposa agora falecida. Todo o mundo tinha assumido que Nathaniel Adam tinha morrido no dia do experimento, portanto o seu perdão presidencial nunca foi emitido e o governo atual recusou a reconhecer o perdão prometido da administração prévia. Agarrando a oportunidade à mão, o governo usou as cargas de assassinato/traição salientes contra Adam para chantageá-lo em ser um superherói controlado pelo governo codinominado Capitão Átomo. Os eventos das histórias Charlton foram estabelecidos como simplesmente uma mentira empregada pelo governo, para encobrir que seu herói foi um criminoso. Adam também ganhou o pseudônimo de Cameron Scott, um operativo da inteligência de Força Aérea. Foi durante este tempo ele encontrou a terrorista superpoderosa, Plastique, que se tornaria parte da vida de Nathaniel. Logo os conflitos implicaram-no a recuperar o seu tempo perdido com seus filhos (que estavam agora próximos da sua idade atual em consequência do salto de tempo), a morte de sua esposa (quem se tinha casado com o seu rival Eiling antes da morte), e as ramificações totais dos seus poderes recentemente adquiridos.

Poderes e habilidades[editar | editar código-fonte]

Capitão átomo extrai seus poderes do campo quântico da matéria; ele pode disparar poderosas rajadas de energia quântica, tem invulnerabilidade devido a pele metálica, manipulação de campo de energia, força, velocidade, e durabilidade sobre-humanas, voo, transmutação atômica para grande absorção da energia. Se absorve energia em demasia, pode viajar no tempo, mas não tem controle deste aspecto. Constituído de energia nuclear, ele precisa usar uma espécie de traje de contenção. Um constante perigo que Nathaniel Adam corre é o de seu traje rasgar, liberando a energia que o constitui.

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

Em um episódio da série animada Liga da Justiça Sem Limites, sua patente de capitão é reativada e ele é colocado para lutar com Super-homem, quando depois de dar muito trabalho e resistir bravamente, ele acabou sendo surrado e derrotado, foi então levado de volta para a Liga da Justiça para ser tratado. Provando que mesmo tendo controle sobre a energia Solar vermelha, que reduzia consideravelmente os poderes do Superman, ele ainda assim não é páreo para o Kryptoniano.

Ícone de esboço Este artigo sobre Banda desenhada da DC Comics é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.