Atlas Air

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Atlas Air
IATA 5Y
ICAO GTI
Indicativo de chamada GIANT
Fundada em 1992
Principais centros
de operações
Destinos 425
Companhia
administradora
Atlas Air Worldwide Holdings
Sede Purchase, Nova Iorque,  Estados Unidos
Pessoas importantes William J. Flynn (CEO e presidente)
Sítio oficial www.atlasair.com

Atlas Air é uma empresa aérea estadunidense que realiza transporte de cargas, voos charter de passageiros e leasing de aeronaves, sediada em Purchase, Nova Iorque. Em dezembro de 2016, a empresa tinha 2.646 funcionários e operava em 425 destinos, em 119 países. A companhia é parte de uma holding que, além da própria Atlas Air (100%), é proprietária também das empresas Polar Air Cargo (51%), Titan Aviation (100%) e Southern Air (100%).[1]

Histórico[editar | editar código-fonte]

A empresa foi fundada em abril de 1992 pelo empresário de origem paquistanesa Michael Chowdry[2] e começou a operar em 1993, com um Boeing 747-200. Em 1997, a empresa encomendou 10 Boeing 747-400BCF, realizando mais 2 pedidos desse modelo no ano seguinte. No final de 2000, a Atlas Air possuía 36 aeronaves. Em 2001, foi formada a Atlas Air Worldwide Holdings (AAWW), estrutura de holding proprietária integral da Atlas Air. No mesmo ano, a AAWW assumiu o controle da Polar Air Cargo.[3]

A holding entrou em concordata em janeiro de 2004, de acordo com o Capítulo 11,[4] vindo a se recuperar em julho do mesmo ano, após completar uma reestruturação.[3] Em 2010, a Atlas Air assinou um contrato de nove anos com a Boeing para operar a frota de quatro Boeing 747 Dreamlifter, transportando peças do modelo 787 para a fabricante.[5] Em 2006, a empresa encomendou 12 Boeing 747-8F, mas cancelou 3 pedidos posteriormente.[6] A primeira unidade do modelo foi recebida em novembro de 2011.[7]

Em setembro de 2012, a Atlas Air venceu um contrato da Força Aérea dos Estados Unidos para treinar as tripulações do Air Force One por 5 anos.[8] Em julho de 2012 e janeiro de 2013, a companhia foi uma das várias vencedoras de contratos de transporte de cargas para o Comando de Transporte dos Estados Unidos (USTRANSCOM), do Departamento de Defesa.[9]

Em 2016, a AAWW adquiriu por US$ 110 milhões a Southern Air Holdings e suas subsidiárias, Southern Air e Florida West.[10] Em 5 de maio desse ano, a companhia anunciou um acordo de leasing para a Amazon.com com duração de 10 anos. A Atlas Air deve operar com 20 aeronaves do modelo Boeing 767-300F para o serviço de carga aérea da Amazon, denominado Prime Air.[11][12]

Frota[editar | editar código-fonte]

Boeing 747-400F da Atlas Air.
Frota da Atlas Air Worldwide Holdings, todas as empresas inclusas (dezembro de 2016)[1]
Aeronave Quantidade Pedidos Notas
Boeing 737-300F
1
Boeing 737-800
1
Voos de charter
Boeing 757-200F
1
Boeing 747-400
2
Voos charter
Boeing 747-400F
23
Boeing 747-8F
10
Boeing 767-300ER
5
Voos charter
Boeing 767-300F
12
Alguns recentemente convertidos em cargueiros, ou ainda em processo de conversão
Boeing 777F
6
Total
61

Referências

  1. a b Atlas Air. «AAWW Annual Report - 2016» (PDF). Consultado em 28 de agosto de 2017 
  2. Forbes (25 de janeiro de 2001). «Forbes Faces: Michael Chowdry». Consultado em 28 de agosto de 2017 
  3. a b Atlas Air. «Company History». Consultado em 28 de agosto de 2017 
  4. Flight International (1 de março de 2004). «Atlas Air finally enters bankruptcy». Consultado em 28 de agosto de 2017 
  5. Flight International (4 de março de 2010). «Atlas to assume Dreamlifter control in September». Consultado em 29 de agosto de 2017 
  6. Air Cargo World (22 de setembro de 2011). «Atlas Air rescinds first three 747-8F orders». Consultado em 29 de agosto de 2017 
  7. Cavok (4 de novembro de 2011). «Atlas Air recebe seu primeiro Boeing 747-8F que será operado pela British Airways World Cargo». Consultado em 29 de agosto de 2017 
  8. Atlas Air (4 de setembro de 2012). «Atlas Air Worldwide Wins Air Force One Training Contract». Consultado em 29 de agosto de 2017 
  9. Defense Industry Daily (9 de outubro de 2014). «The US Military's International Airlift Contracts». Consultado em 29 de agosto de 2017 
  10. Business Wire (19 de janeiro de 2016). «Atlas Air Worldwide to Acquire Southern Air Holdings Inc.». Consultado em 29 de agosto de 2017 
  11. Atlas Air (5 de maio de 2016). «Atlas Air Worldwide Announces Agreement with Amazon To Provide Air Transport Service». Consultado em 29 de agosto de 2017 
  12. NewsAvia (3 de março de 2017). «Atlas Air Worldwide assegura entrega de 20 B767-300F à Amazon». Consultado em 29 de agosto de 2017 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.