Emirates Airlines

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde maio de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Emirates logo.svg
Emirates Airline
IATA
EK
ICAO
UAE
Indicativo de chamada
Emirates
Fundada em 1985
Principais centros
de operações
Aeroporto Internacional de Dubai
Programa de milhagem Skywards
Aliança comercial
Frota 195 (+382) aeronaves
Destinos 85 localidades
Companhia
administradora
Grupo Emirates
Sede Dubai, Emirados Árabes Unidos
Pessoas importantes Sheikh Ahmed bin Saeed Al Maktoum (Presidente/CEO), Maurice Flanagan (Vice-Presidente Executivo da Emirates Airline e do Grupo Emirates)
Sítio oficial www.emirates.com
Emirates b777-300er a6-ebm arp.jpg

A Emirates Airline (الإمارات; al - Imārāt, em árabe), mais conhecida como Emirates, é a principal companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos (EAU). Tendo como base o Aeroporto Internacional de Dubai, quase 700 voos da Emirates saem de Dubai a cada semana, rumo aos seis continentes.[1]

A Emirates é uma das 10 principais companhias aéreas em todo o mundo[2] em termos de receitas, passageiros transportados e quilômetros percorridos, e tornou-se a maior companhia aérea no Oriente Médio em termos de receitas, dimensão da frota e passageiros transportados.[3]

A Emirates foi a segunda companhia aérea a operar o Airbus A380, com seu primeiro voo realizado no dia 1 de agosto de 2008 entre Dubai e Nova Iorque em 13h48min.

No ranking Skytrax de 2013 aparece como melhor compania aérea do ano,desbancando a Qatar Airways que pulou de primeiro pra segundo lugar.Vale citar que a Emirates Airlines foi a oitava colocada do ranking no ano de 2012.É a terceira vez em doze anos que a compania ganha o prêmio em primeiro lugar.

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundada em 25 de maio de 1985. Começou suas operações com duas aeronaves em tratado de leasing com a Pakistan International Airlines, sendo um Airbus A300 e um Boeing 737-300 Karachi e Mumbai seguindo por Deli, em setembro. Logo, o governo dos Emirados Árabes Unidos adquiriu 2 Boeing 727-200 Advanced. Estas 4 aeronaves foram usadas até a chegada de novos Airbus A300 e Airbus A310.

O primeiro destino europeu a ser adicionado foi Londres (Gatwick) em julho de 1987. Em junho de 1990 iniciou operações para Singapura. A Emirates adquiriu em 1 de abril de 1998 43,6% da Air Lanka que mudou de nome para SriLankan Airlines. Em janeiro de 2008 a Emirates anunciou que vai passar a gestão da SriLankan Airlines para o governo do Sri Lanka.

Em 2001 a Emirates recebeu o prêmio de companhia aérea do ano e repetiu a proeza em 2002. A Emirates Airlines tem o controle total do Governo de Dubai e tem 20273 funcionários.

No dia 1 de agosto de 2008 a Emirates realizou seu primeiro vôo com o super-jumbo Airbus A380 entre Dubai e Nova Iorque. O vôo durou 13h48min.

Destinos e frota[editar | editar código-fonte]

Com uma frota de 157 aeronaves,sendo que ela atualmente só utiliza aviões widebody. Os vôos da Emirates saem de Dubai a cada semana, rumo a 100 países aos seis continentes. A Emirates atualmente é responsável por 40% do volume de tráfego do Aeroporto Internacional de Dubai.

As encomendas atuais da Emirates incluem 156 aeronaves, no valor total de aproximadamente US$50 bilhões. Esses investimentos, combinados à que já é a frota mais jovem, e uma das mais modernas da aviação comercial mundial.

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2007 a companhia começou a voar regularmente para o Brasil com o Boeing 777-200LR, sendo a primeira companhia a realizar um voo sem escalas entre o Oriente Médio e a América do Sul. Com o sucesso do voo para São Paulo, a Emirates anunciou em abril de 2011, voos para o Rio de Janeiro e Buenos Aires. O voo inaugural aconteceu dia 3 de janeiro de 2012 com o Boeing 777-300ER.[4]

Destinos[editar | editar código-fonte]

Oriente Médio[editar | editar código-fonte]

África[editar | editar código-fonte]

Américas[editar | editar código-fonte]

Ásia[editar | editar código-fonte]

Europa[editar | editar código-fonte]

Oceania[editar | editar código-fonte]

Frota[editar | editar código-fonte]

A frota da Emirates consistia nas seguintes aeronaves em Novembro de 2013:[5] [6]

Aeronave Em Operação Pedidos Opções Passageiros Notas
F C Y Total
Airbus A330-200 23 12
0
42
27
183
251
237
278
Airbus A340-300 3 12 42 213 267
Airbus A340-500 9 12 42 204 258 A ser retirado[7]
Airbus A350-900 50[8] 50[9]
TBA
Airbus A350-1000 20
TBA
Airbus A380-800 39 101[10] 14 76 399
427
489
517
Maior operadora de A380-800
Boeing 777-200 3 0 42 304 346
Boeing 777-200ER 6 12 42 236 290
Boeing 777-200LR 10 8 42 216 266
Boeing 777-300 12 12 42 310 364
Boeing 777-300ER 90 61 20 8
12
0
42
42
42
304
310
385
354
364
427
Maior operadora de 777-300ER
Boeing 777X 150[11] 50[11]
TBA
Total 195 382 120

Emirates SkyCargo[editar | editar código-fonte]

A Emirates SkyCargo, também fundada em 1985, transporta anualmente mais de 1.76 milhões de toneladas de carga atingindo receitas de US$ 2.4 bilhões, o que representa aproximadamente 15% de todo o faturamento de transporte da companhia aérea. Tanto o volume de carga transportada quanto a receita têm aumentado e novos recordes devem ser anunciados nos próximos anos. O novo Mega Terminal de Carga em Dubai, a frota cargueira de 8 aeronaves (que voa para 21 destinos como Amsterdã, Eldoret, Gotemburgo, Hann, Lilongwe, Taipei, Toledo e Zaragoza) e mais de 100 aviões de passageiros que transportam carga nos porões, o sólido investimento em TI, um vasto leque de serviços e produtos e um total de 242 aviões sob encomenda, sinalizam que a divisão cargueira da Emirates é hoje um participante de peso no setor, mundialmente.[12]


Os slogans

Hello Tomorrow (2013)

Keep Discovering and Fly Emirates. To over Six Continents. (2008)

Fly Emirates. Keep Discovering. (2004)

When was the last time you did something for the first time. (2004)

Be Good to yourself. Fly Emirates. (década 90)

Emirates. The Finest in the Sky.[13]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.

Foi patrocinadora oficial da Copa do Mundo de Futebol Alemanha 2006, e também patrocina grandes clubes como Paris Saint-Germain Football Club, Arsenal FC, Hamburgo SV,AC Milan e Real Madrid Club de Fútbol.

Referências

  1. "www.emirates.com/br/portuguese/about/the_emirates_story.aspx"
  2. "Scheduled Passenger - Kilometres Flown"
  3. "Gulfnews: Emirates is now seventh biggest airline"
  4. Aviação Comercial Emirates: Histórico, Frota e Mapa de Rotas
  5. Emirates Fleet. ch-aviation.ch. Página visitada em 30 October 2013.
  6. Our Fleet - The Emirates Experience. emirates.com. Página visitada em 30 August 2013.
  7. Emirates begins A340-500 phase out
  8. Emirates buys 70 Airbus A350s and 11 additional A380s. Airbus.com. Página visitada em 5 March 2011.
  9. The Emirates Story | About Emirates | Emirates United Kingdom. Emirates.com. Página visitada em 27 October 2013.
  10. DUBAI: Emirates orders 50 more A380s. flightglobal.com. Página visitada em 17 November 2013.
  11. a b DUBAI: Boeing formally launches 777X family with 259 commitments. Flightglobal.com. Página visitada em 17 November 2013.
  12. Emirates A380 Seating Plan. airreview.com. Página visitada em 11 Jan 2012.
  13. Emirates Worldwide Lounges. Emirates.com (2011-12-20). Página visitada em 2012-01-13.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.