Isco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Francisco Román Alarcón)
Ir para: navegação, pesquisa
Isco
Isco
Isco em 2015
Informações pessoais
Nome completo Francisco Román Alarcón Suárez
Data de nasc. 21 de abril de 1992 (24 anos)
Local de nasc. Benalmádena, Espanha
Nacionalidade  espanhol
Altura 1,76 m
Destro
Apelido Isco
Informações profissionais
Clube atual Espanha Real Madrid
Número 22
Posição Meia
Clubes de juventude
2006–2009 Espanha Valencia
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2010–2011
2011–2013
2013–
Espanha Valencia
Espanha Málaga
Espanha Real Madrid
00007 0000(2)
00082 000(17)
00153 000(23)
Seleção nacional3
2008
2008–2009
2010
2010–2011
2011
2011–2014
2012
2013–
Flag of Spain.svg Espanha Sub-16
Flag of Spain.svg Espanha Sub-17
Flag of Spain.svg Espanha Sub-18
Flag of Spain.svg Espanha Sub-19
Flag of Spain.svg Espanha Sub-20
Flag of Spain.svg Espanha Sub-21
Flag of Spain.svg Espanha Olímpica
Flag of Spain.svg Espanha
00003 0000(1)
00021 0000(6)
00001 0000(1)
00012 0000(7)
00006 0000(1)
00019 000(10)
00005 0000(0)
00014 0000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 24 de setembro de 2016.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 27 de março de 2016.

Francisco Román Alarcón Suárez, mais conhecido como Isco, é um futebolista espanhol que atua como meia. Defende atualmente o Real Madrid.

No ano de 2012 ganhou o prêmio Golden Boy, que é considerado a Bola de Ouro para os futebolistas menores de vinte anos, assim como o Troféu Bravo em 2013. Ambos os prêmios foram completados com a Chuteira de Bronze da Eurocopa Sub-21 de 2013 disputada em Israel, onde ajudou a Seleção Espanhola a conquistar o torneio.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Juvenil[editar | editar código-fonte]

Deu seus primeiros passos na equipe de sua cidade, Benalmádena, localizada na província de Málaga. Depois jogou no Atlético Benamiel Club de Fútbol, onde começou a se destacar em muitos torneios de nível nacional.

Valencia[editar | editar código-fonte]

Foi para o Valencia com 14 anos em 2006, Inicia sua nova caminhada em uma equipe profissional, e em 2009 jogava partidas na Segunda Divisão B (Terceira Divisão Espanhola) com o Valencia Mestalla, equipe filial. Estreou na equipe principal pela Copa del Rey, em 11 de novembro de 2010 contra o Logroñés marcando dois gols. 

Málaga[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2011, Isco assinou um contrato de cinco anos com o Málaga[1]. Estreou sob o comando de Manuel Pellegrini contra o Granada na vitória de 4-0, realizando uma grande partida. Pouco depois marcou o seu primeiro gol contra o Racing Santander. Fez uma grande temporada se tornando um dos jogadores revelação do campeonato espanhol, ajudando sua equipe a se classificar pela primeira vez em sua história à Liga dos Campeões.

Em 18 de setembro de 2012, estreou na Champions League contra o Zenit. Marcou dois gols e fez uma magnifica atuação na vitória por 3x0, foi eleito o melhor jogador da rodada[2]. Em dezembro do mesmo ano, conquistou o prêmio Golden Boy, dado ao melhor jogador jovem da Europa pela revista italiana Tuttosport, superando o goleiro belga Thibaut Courtois e o italiano El Shaarawy[3].

Suas boas atuações fizeram com que grandes clubes tivessem interesse, principlamente Manchester City e o Real Madrid.

Real Madrid[editar | editar código-fonte]

No dia 27 de junho de 2013 foi confirmada a sua transferência para o Real Madrid[4], firmando um contrato que vincula o jogador a equipe madridista durante cinco temporadas. Sua apresentação foi em 3 de julho no Estadio Santiago Bernabéu.

Na sua primeira temporada conquistou a Copa del Rey e a Champions League, jogando ambas as finais.

Seleção Espanhola[editar | editar código-fonte]

Isco atuando pela Seleção Espanhola

Categorias inferiores[editar | editar código-fonte]

Foi incluído entre os dezoito jogadores selecionados na equipe Sub-21 que foi para os Jogos Olímpicos de 2012 em Londres.

Em Junho de 2013, fez parte da Seleção que ganhou a Eurocopa Sub-21 disputada em Israel, ganhou a Chuteira de Bronze ao marcar 3 gols na fase final e completou o pódio totalmente espanhol pela primeira vez na história do torneio. Também fez parte da equipe ideal da competição, foi considerado uma das estrelas do torneio.

Seleção Principal[editar | editar código-fonte]

Em 15 de maio de 2013, foi convocado pela primeira vez por Vicente del Bosque para disputar amistosos na preparação da Eurocopa de 2016. Porém não estreou nos dois jogos que a seleção disputou contra Sérvia e Coreia do Sul. Sua estreia foi no dia 6 de fevereiro de 2013 em um amistoso contra o Uruguai em Doha no Catar, substituindo Iniesta na etapa final, a Espanha venceu por 3-1. Em outubro de 2013 disputou sua primeira partida oficial com a Seleção Espanhola contra a Georgia.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Até 24 de setembro de 2016.

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copas
nacionais
Competições
internacionais
Outros¹ Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Valencia 2010–11 4 0 1 2 2 0 7 2
Total 4 0 1 2 2 0 0 0 7 2
Málaga 2011–12 32 5 3 0 35 0
2012–13 37 9 10 3 47 12
Total 69 14 3 0 10 3 0 0 82 17
Real Madrid 2013–14 32 8 9 0 12 3 53 11
2014–15 34 4 4 1 11 0 4 1 53 6
2015–16 31 3 1 2 11 0 43 5
2016–17 3 0 0 0 0 0 1 0 4 0
Total 100 15 14 3 34 3 5 1 153 22
Total 173 29 18 5 46 6 5 1 242 41

¹Em outros, incluindo a Supercopa da Espanha, Supercopa da UEFA e a Mundial de Clubes.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Ano
Jogos Golos
2013 2 0
2014 4 1
2015 6 0
2016 2 0
Total 14 1

Gols pela Seleção[editar | editar código-fonte]

Gol Data Local Adversário Placar Resultado Competição
1. 15 de novembro de 2014 Estádio Nuevo Colombino, Hueva, Espanha Flag of Belarus.svg Bielorrússia 1 – 0 3 – 0 Eliminatórias da Euro 2016

Títulos[editar | editar código-fonte]

Real Madrid[editar | editar código-fonte]

Seleção Espanhola[editar | editar código-fonte]

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Isco firma cinco temporadas por el Málaga». Marca (jornal). 11 de junho de 2011. Consultado em 29 de maio de 2016. 
  2. «Isco e Ibrahimović, en los libros de historia». UEFA. 11 de setembro de 2012. Consultado em 29 de maio de 2016. 
  3. «Espanhol supera El Shaarawy e belga para faturar prêmio Golden Boy 2012». globoesporte.com. 22 de dezembro de 2012. Consultado em 29 de maio de 2016. 
  4. «Oficial: Isco é o primeiro reforço do Real Madrid na era Carlo Ancelotti». globoesporte.com. 27 de junho de 2013. Consultado em 29 de maio de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]