Lorena Calabria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lorena Calabria
Nascimento 21 de junho de 1964 (54 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade Brasileira
Cônjuge Maurício Arruda
Ocupação Jornalista

Lorena Cardoso Calábria[1] (Rio de Janeiro, 21 de junho de 1964) é uma jornalista e apresentadora de televisão brasileira.

O sobrenome Calábria foi herdado do pai, Davide, um instrutor de halterofilismo, italiano nascido na região da Calábria. Ele chegou ao Rio em 1955, casou-se com a dona de casa Wilma, mãe de Lorena e criou uma academia de ginástica.[2][3]

Formou-se jornalismo pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro,[4] começou a carreira em 1985 como roteirista e repórter do musical Som Maior, na extinta Rede Manchete.[2] A estreia como apresentadora aconteceu no ano seguinte, quando comandou o Clip Clip, programa de videoclipes da Rede Globo.[2] Foi repórter e redatora da revista Bizz,[5][6] na segunda metade dos anos 80. Também fazia crítica de filmes na Revista da Folha.[6]

Foi garota-propaganda dos absorventes Intimus,[5][3] em 1990, e dublou o programa Olho Vivo, da BBC, transmitido no Brasil pela TV Cultura. Também chegou a ser repórter do Programa Livre,[4][7] de Serginho Groisman.

Depois de passar pela TV Corcovado e voltar à Manchete no programa Shock,[5] foi trabalhar como editora de cultura da TV Rio, em 1988.[5] Comandava lá O Grito dos Independentes um programa de debates sobre a cena underground do cinema, e um pré-Metrópolis, que era o Rio Show.[5]

Lorena foi uma das primeiras apresentadoras da MTV Brasil, onde comandou o Cine MTV.[2] Após sua saída da emissora, no ano seguinte, foi para o Showtime, primeiro canal de filmes da TVA.[5] Ficou sete anos como apresentadora do programa Metrópolis, da TV Cultura.[2] Nos primórdios do programa, compartilhava a apresentação com seu então namorado Cadão Volpato, também jornalista, cantor da banda paulistana Fellini. Foi casada com o cinegrafista Diego Karman e atualmente é casada com o diretor e roteirista Maurício Arruda com quem teve as gêmeas Catarina e Dora em 2003.[2][8][1] No final dos anos 90 apresentou o Cinema Motion no USA Network, atual Universal Channel.[9]

Ficou alguns anos no canal pago Multishow,[10][11] apresentando e fazendo os roteiros dos programas Bate-Papo Digital e Ensaio Geral.[12] Em 2004 foi contrada pela Rede Record para ser apresentadora do Domingo Espetacular,[3] e em 2007 apresentou o Entrevista Record, na Record News.[13]

Apresentou durante o ano de 2008 o programa Happy Hour, do canal de televisão a cabo GNT.[4][1][14]

Em 2009, esteve no comando do Dia Dia,[15][16] programa matinal na Band, ao lado de Patrícia Maldonado e Daniel Bork.[17][18][19] Com a reformulação da atração e a entrada de Sílvia Poppovic, Lorena deixou a apresentação do programa.[20][21][7][22] Ancorou, também pela Band, as transmissões do Band Folia e Grammy Latino no mês de novembro.[23][24][25][26][27][7]

No final de junho de 2010, Lorena desligou-se da Bandeirantes.

Comandou o Johnnie Walker com Gigantes e "MitCultura", boletins de Cultura, na rádio Mitsubishi FM, que pertence ao Grupo Bandeirantes de Comunicação.[7] Em janeiro de 2011, passou a integrar o time de apresentadores da Oi FM São Paulo.

Atualmente Lorena apresenta o programa Cine Conhecimento, no Canal Futura.[28]

Referências

  1. a b c Laís Oliveira (22 de março de 2008). «Lorena Calábria entra na ponte aérea Rio-SP por uma 'Happy Hour'». Ego. Globo.com. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  2. a b c d e f Flávio Sampaio. «Lorena de casa nova». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  3. a b c Daniel Bergamasco (26 de julho de 2004). «Receita da calabria». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  4. a b c «Lorena Calábria é a nova apresentadora do "Happy Hour", no GNT». Brasil Online. UOL. 18 de março de 2008. Consultado em 30 de junho de 2018. 
  5. a b c d e f Eduardo Zanelato (4 de maio de 1997). «Lorena sai em busca de desafios». O Estado de São Paulo. TV-Pesquisa. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  6. a b «Bate-papo com Lorena Calábria». UOL. 24 de abril de 2008. Consultado em 30 de junho de 2018. 
  7. a b c d Giovani Lettiere (10 de março de 2010). «Na geladeira da Band, Lorena Calábria garante não estar chateada com o canal». R7. Consultado em 30 de junho de 2018. 
  8. Luciana Franca (25 de agosto de 2003). «Um corpo que se molda». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  9. Adriana Blak (25 de outubro de 1998). «Mais dinamismo e um toque tropical». O Globo. TV-Pesquisa. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  10. «Estréia novo programa de Lorena Calábria». Isto É Gente. Terra Networks. 5 de junho de 2000. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  11. Juliana Lopes e Vivianne Cohen (13 de janeiro de 2003). «Lorena Calábria». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  12. Regina Cintra (30 de maio de 2000). «Lorena Calábria em dose dupla». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  13. «Lorena Calábria recebe Erasmo Carlos no Entrevista Record». NaTelinha. UOL. 7 de dezembro de 2007. Consultado em 30 de junho de 2018. 
  14. João Bernardo Caldeira (14 de julho de 2008). «A escolha de Lorena». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  15. Aurora Aguiar. «Lorena Calábria comanda nova atração na Band». Revista Crescer. Globo.com. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  16. Thaís Botelho (3 de agosto de 2009). «Um dia com Lorena Calábria». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  17. Márcia Abos (28 de janeiro de 2009). «Lorena Calábria não tem medo que seu novo programa seja comparado ao 'Hoje em dia'». O Globo. Globo.com. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  18. Márcia Abos (28 de janeiro de 2009). «Band aposta em Adriane Galisteu, Lorena Calábria e Silvia Poppovic para alavancar audiência». O Globo. Globo.com. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  19. Aina Pinto (9 de fevereiro de 2009). «Todas as mulheres da Band». Isto É Gente. Terra Networks. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  20. «Lorena Calábria é substituída no comando do 'Dia Dia', na Band». Área Vip. 1 de junho de 2009. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  21. «Lorena Calábria recusa convite para substituir Nadja Haddad, diz coluna». Folha de São Paulo. UOL. 13 de outubro de 2009. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  22. «Fora do ar, Lorena Calabria revela se guarda mágoas da Band». Ofuxico. 28 de setembro de 2010. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  23. «Blocos das tevês». Isto É Gente. Terra Networks. 23 de fevereiro de 2009. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  24. «Grammy: Lorena Calábria estará na premiação». Estrelando. 8 de outubro de 2009. Consultado em 30 de junho de 2018. 
  25. «Band transmite o Grammy Latino com apresentação de Lorena Calabria». Band.com.br. UOL. 5 de novembro de 2009. Consultado em 30 de junho de 2018. 
  26. Miguel Arcanjo Prado e Pedro Henrique Feitosa (26 de janeiro de 2010). «"Frevo é coisa pra profissional", diz Lorena Calábria». R7. Consultado em 30 de junho de 2018. 
  27. «Lorena Calabria apresenta o programa "Ensaio de Carnaval", na Band». UOL. 3 de fevereiro de 2010. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  28. «cine conhecimento». www.futura.org.br 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.