Paulo Azi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Paulo Azi
Deputado Federal pela Bahia Bahia
Período 1 de Fevereiro de 2015 até
atualmente
Deputado Estadual da Bahia Bahia
Período 1 de Fevereiro de 2003 até
31 de Dezembro de 2014 (3 mandatos consecutivos)
Dados pessoais
Nascimento 14 de janeiro de 1963 (56 anos)
Salvador, Bahia
Esposa Iris Azi
Partido Democratas
Profissão Engenheiro Civil
Administrador de Empresas

Paulo Velloso Dantas Azi (Salvador, 14 de Janeiro de 1963), ou simplesmente Paulo Azi, é um engenheiro civil, administrador de empresas e político brasileiro, atualmente Deputado Federal pelo Estado da Bahia, filiado ao Democratas.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Paulo Azi formou-se em Engenharia Civil pela Universidade Federal da Bahia em 1986 e em Administração de Empresas pela Universidade Católica de Salvador em 1991. Entre 1988 e 1990 foi coordenador regional da Companhia Brasileira de Armazenamento (CIBRAZEM), uma das empresas que depois deram origem a Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB). Depois assumiu a Diretoria de Operações da Companhia de Engenharia Rural da Bahia (CERB) de 1991 a 1999. Foi ainda Superintendente de Recursos Hídricos e Saneamento de Salvador entre 1999 e 2002. Nas eleições de 2002 teve êxito na sua primeira candidatura, tendo sido eleito Deputado Estadual. Foi reeleito em 2006 e 2010. Nas eleições de 2014 foi eleito deputado federal, obtendo renovação do mandato em 2018.[1]

Atividades Parlamentares (legislatura 2019/2023)[2][editar | editar código-fonte]

Obs: atualizado em 21/05/19

  • Vice-líder do Democratas;
  • 2º Vice-Presidente da Comissão da PEC 391/17;
  • Membro da Comissão da PEC 06/19;
  • Membro da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ);
  • Membro da Comissão de Finanças e Tributação (CFT);
  • Membro da Comissão da Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (CIDOSO);
  • Membro da Comissão do Turismo (CTUR);
  • Membro da Comissão de Viação e Transportes (CVT);

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Referências