V763 Centauri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
C1 Centauri
Dados observacionais (J2000)
Constelação Centaurus
Asc. reta 11h 35m 13,3s[1]
Declinação -47° 22′ 21,3″[1]
Magnitude aparente 5,675[1]
Características
Tipo espectral M3III[2]
Cor (B-V) 1,624[1]
Variabilidade semirregular (SRB)[3]
Astrometria
Velocidade radial 18,3 km/s[1]
Mov. próprio (AR) -87,50 mas/a[4]
Mov. próprio (DEC) -6,99 mas/a[4]
Paralaxe 5,4236 ± 0,1476 mas[4]
Distância 601 ± 16 anos-luz
184 ± 5 pc
Magnitude absoluta -0,7
Detalhes
Luminosidade 1350[5] L
Temperatura 3613[5] K
Outras denominações
C1 Centauri, V763 Centauri, CD-46 7199, HR 4463, HD 100733, HIP 56518, SAO 222887.[1]
V763 Centauri
Centaurus constellation map.png

V763 Centauri (C1 Centauri) é uma estrela na constelação de Centaurus. Com uma magnitude aparente visual de 5,68,[1] é visível a olho nu em locais com pouca poluição luminosa. Medições de paralaxe indicam que está a uma distância de aproximadamente 600 anos-luz (184 parsecs) da Terra.[4] É uma gigante vermelha do ramo assintótico com um tipo espectral de M3III.[2] Sua fotosfera está brilhando com 1350 vezes a luminosidade solar a uma temperatura efetiva de 3 600 K.[5] É uma variável semirregular e sua magnitude aparente varia entre 5,55 e 5,80 com pelo menos um período identificado de 60 dias.[3] Não possui estrelas companheiras conhecidas.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g «SIMBAD query result - C01 Cen». SIMBAD. Centre de Données astronomiques de Strasbourg. Consultado em 4 de maio de 2017 
  2. a b Eggen, Olin J. (julho de 1992). «Asymptotic giant branch stars near the sun». Astronomical Journal. 104 (1): 275-313. Bibcode:1992AJ....104..275E. doi:10.1086/116239 
  3. a b Samus, N. N.; Durlevich, O. V.; et al. (janeiro de 2009). «VizieR Online Data Catalog: General Catalogue of Variable Stars (Samus+ 2007-2013)». VizieR On-line Data Catalog: B/gcvs. Bibcode:2009yCat....102025S 
  4. a b c d Gaia Collaboration: Brown, A. G. A.; Vallenari, A.; Prusti, T.; de Bruijne, J. H. J.; et al. (2018). «Gaia Data Release 2. Summary of the contents and survey properties». Astronomy & Astrophysics. 616: A1, 22 pp. Bibcode:2018A&A...616A...1G. arXiv:1804.09365Acessível livremente. doi:10.1051/0004-6361/201833051.  Catálogo Vizier
  5. a b c McDonald, I.; Zijlstra, A. A.; Boyer, M. L. (novembro de 2012). «Fundamental parameters and infrared excesses of Hipparcos stars». Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. 427 (1): 343-357. Bibcode:2012MNRAS.427..343M. doi:10.1111/j.1365-2966.2012.21873.x 
  6. Eggleton, P. P.; Tokovinin, A. A. (setembro de 2008). «A catalogue of multiplicity among bright stellar systems». Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. 389 (2): 869-879. Bibcode:2008MNRAS.389..869E. doi:10.1111/j.1365-2966.2008.13596.x