HD 114729

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
HD 114729
Dados observacionais (J2000)
Constelação Centaurus
HD 114729 A
Asc. reta 13h 12m 44,26s[1]
Declinação -31° 52′ 24,06″[1]
Magnitude aparente 6,68[2]
HD 114729 B
Asc. reta 13h 12m 43,98s[3]
Declinação -31° 52′ 16,8″[3]
Características
HD 114729 A
Tipo espectral G0V[2]
Cor (B-V) 0,616[2]
HD 114729 B
Tipo espectral M1-M3V[4]
Astrometria
HD 114729 A
Velocidade radial 64,99 km/s[1]
Mov. próprio (AR) -200,158 ± 0,065 mas/a[5]
Mov. próprio (DEC) -308,042 ± 0,067 mas/a[5]
Paralaxe 26,4217 ± 0,0359 mas[5]
Distância 123,44 ± 0,17 anos-luz
37,848 ± 0,051 pc
HD 114729 B
Mov. próprio (AR) -202,380 ± 0,326 mas/a[5]
Mov. próprio (DEC) -300,973 ± 0,113 mas/a[5]
Paralaxe 26,3328 ± 0,0725 mas[5]
Distância 123,86 ± 0,34 anos-luz
37,98 ± 0,10 pc
Detalhes
HD 114729 A
Massa 0,97 ± 0,01[6] M
Raio 1,44 ± 0,03[6] R
Gravidade superficial log g = 4,10 ± 0,02 cgs[6]
Luminosidade 2,33 ± 0,02[6] L
Temperatura 5939 ± 58[6] K
Metalicidade [Fe/H] = -0,22[2]
Idade 9,3 ± 0,6 bilhões[6] de anos
HD 114729 B
Massa 0,253 ± 0,011[4] M
Outras denominações
CD-31 10156, HD 114729, HIP 64459, LTT 5058, SAO 204237.[1]
HD 114729
Centaurus constellation map.png

HD 114729 é uma estrela binária na constelação de Centaurus. A estrela primária tem uma magnitude aparente visual de 6,68,[1] portanto pode ter um brilho baixo demais para ser visível a olho nu. Com base em medições de paralaxe pela sonda Gaia, está localizada a 123,4 anos-luz (37,8 parsecs) de distância da Terra.[5]

Sistema estelar[editar | editar código-fonte]

A estrela primária do sistema, HD 114729 A, é uma estrela de classe G da sequência principal semelhante ao Sol com um tipo espectral de G0V e uma temperatura efetiva de 5940 K. Com uma alta luminosidade de 2,33 vezes a solar, a estrela está acima da sequência principal, o que indica que é evoluída, com uma idade estimada de 9 bilhões de anos. Sua massa é estimada em 97% da massa solar e seu raio em 144% do raio solar.[6] Sua metalicidade é inferior à do Sol, com uma concentração de ferro equivalente a 60% da solar.[4]

A estrela secundária, HD 114729 B, é uma anã vermelha separada da primária por cerca de 8 segundos de arco, o equivalente a uma separação projetada de 280 UA. Essa estrela possui o mesmo movimento próprio que a primária e seus índices fotométricos são consistentes com uma estrela à mesma distância da primária com uma massa de 25% da massa solar. Observações espectroscópicas indicaram que é uma anã vermelha com um tipo espectral de aproximadamente M1-M3V.[4] Os dados de paralaxe do segundo lançamento do catálogo Gaia confirmam que essa estrela está aproximadamente à mesma distância da primária.[5]

Sistema planetário[editar | editar código-fonte]

Em 2003 foi publicada a descoberta de um planeta extrassolar orbitando a estrela primária do sistema. Ele foi detectado pelo método da velocidade radial a partir de dados do espectrógrafo HIRES, no Telescópio Keck I, que observou a estrela 38 vezes entre janeiro de 1997 e junho de 2002.[2] Esse planeta (nomeado HD 114729 b) é um gigante gasoso com uma massa mínima de 95% da massa de Júpiter e orbita a uma distancia média de 2,1 UA, em uma órbita levemente excêntrica com um período de 1110 dias.[7]

Um artigo de 2006 mostrou que a inclusão de um segundo planeta no sistema, com uma massa similar à de Netuno e um período de 13,8 dias, fornece um ajuste superior aos dados de velocidade radial da estrela. Os resíduos do modelo de dois planetas possuem um desvio médio de 3,6 m/s em relação à melhor solução, em comparação ao desvio médio de 5,34 m/s do modelo de um planeta. Se real, este planeta tem uma massa mínima de 0,064 MJ e um semieixo maior de 0,11 UA.[8]

O sistema HD 114729 [7]
Planeta Massa Semieixo maior
(UA)
Período orbital
(dias)
Excentricidade
b >0,95 ± 0,10 MJ 2,11 ± 0,12 1114 ± 15 0,167 ± 0,055

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e «HD 114729A -- High proper-motion Star». SIMBAD. Centre de Données astronomiques de Strasbourg. Consultado em 23 de janeiro de 2018 
  2. a b c d e Butler, R. Paul; et al. (janeiro de 2003). «Seven New Keck Planets Orbiting G and K Dwarfs». The Astrophysical Journal. 582 (1): 455-466. Bibcode:2003ApJ...582..455B. doi:10.1086/344570 
  3. a b «2MASS J13124398-3152167 -- Star». SIMBAD. Centre de Données astronomiques de Strasbourg. Consultado em 23 de janeiro de 2018 
  4. a b c d Mugrauer, M.; Neuhäuser, R.; Seifahrt, A.; Mazeh, T.; Guenther, E. (setembro de 2005). «Four new wide binaries among exoplanet host stars». Astronomy and Astrophysics. 440 (3): 1051-1060. Bibcode:2005A&A...440.1051M. doi:10.1051/0004-6361:20042297 
  5. a b c d e f g h Gaia Collaboration: Brown, A. G. A.; Vallenari, A.; Prusti, T.; de Bruijne, J. H. J.; et al. (2018). «Gaia Data Release 2. Summary of the contents and survey properties». Astronomy & Astrophysics. 616: A1, 22 pp. Bibcode:2018A&A...616A...1G. arXiv:1804.09365Acessível livremente. doi:10.1051/0004-6361/201833051.  Catálogo Vizier
  6. a b c d e f g Bonfanti, A.; Ortolani, S.; Nascimbeni, V. (janeiro de 2016). «Age consistency between exoplanet hosts and field stars». Astronomy & Astrophysics. 585: A5, 14. Bibcode:2016A&A...585A...5B. doi:10.1051/0004-6361/201527297 
  7. a b Butler, R. P.; et al. (julho de 2006). «Catalog of Nearby Exoplanets». The Astrophysical Journal. 646 (1): 505-522. Bibcode:2006ApJ...646..505B. doi:10.1086/504701 
  8. Goździewski, K.; Migaszewski, C. (abril de 2006). «About putative Neptune-like extrasolar planetary candidates». Astronomy and Astrophysics. 449 (3): 1219-1232. Bibcode:2006A&A...449.1219G. doi:10.1051/0004-6361:20054188 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]