Nu Centauri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
ν Centauri
Dados observacionais (J2000)
Constelação Centaurus
Asc. reta 13h 49m 30,3s[1]
Declinação -41° 41′ 15,8″[1]
Magnitude aparente 3,390[1]
Características
Tipo espectral B2IV[1]
Cor (U-B) -0,88[1]
Cor (B-V) -0,20[1]
Variabilidade β Cephei[2]
Astrometria
Velocidade radial 9,0 km/s[1]
Mov. próprio (AR) -26,77 mas/a[1]
Mov. próprio (DEC) -20,18 mas/a[1]
Paralaxe 7,47 ± 0,17 mas[1]
Distância 437 ± 10 anos-luz
134 ± 3 pc
Magnitude absoluta -2,24
Detalhes
Massa 8,5 ± 0,3[3] M
Raio 6,7[4] R
Gravidade superficial log g = 4,02 cgs[5]
Luminosidade 5 000[5] L
Temperatura 22 400[5] K
Rotação v sin i = 65 km/s[6]
Idade 18,2 ± 3,2 milhões[3]
de anos
Outras denominações
CD-41 8171, HR 5190, HD 120307, HIP 67464, SAO 224469.[1]
Nu Centauri
Centaurus constellation map.png

Nu Centauri (ν Cen, ν Centauri) é uma estrela na constelação de Centaurus. Tem uma magnitude aparente visual de 3,39,[1] sendo visível a olho nu. Com base em medições de paralaxe, está localizada a aproximadamente 437 anos-luz (134 parsecs) da Terra.[1]

Nu Centauri é uma binária espectroscópica de linha única, o que significa que a segunda estrela foi descoberta a partir de variações no espectro da primária, ao invés de ter sido detectada visualmente. O par está orbitando o centro de massa do sistema em uma órbita circular (excentricidade zero) com um período de 2,622 dias.[2] A separação entre as duas estrelas é estimada em 0,08 UA.[7]

O componente primário do sistema é classificado como uma estrela subgigante de classe B com um tipo espectral de B2 IV, apesar de estar ainda na sequência principal.[7] É uma estrela Be, indicando que foram detectadas linhas de emissão em seu espectro, que provavelmente são o resultado de interações com a estrela secundária do sistema.[2] Possui uma massa de 8,5 vezes a massa solar e raio de 6,7 raios solares.[3][4] Está irradiando 5 000 vezes a luminosidade solar de sua fotosfera a uma temperatura efetiva de 22 400 K.[5] É uma estrela variável do tipo Beta Cephei, com um período inicialmente detectado de 0,17 dias. Um estudo de 2002 não detectou esse período de 0,17 dias, e concluiu que a estrela possui quatro períodos de pulsação, dentre sete possíveis períodos que variam entre 0,13 e 0,43 dias.[2]

O sistema é membro do subgrupo Centaurus Superior-Lupus da associação Scorpius–Centaurus, a associação OB mais próxima do Sol.[8] Sua idade, estimada por modelos evolucionários, é de 18 milhões de anos.[3] Possui uma velocidade peculiar de 15,1 ± 2,1 km/s,[9] não sendo considerado uma possível estrela fugitiva.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m «SIMBAD query result - nu. Cen». SIMBAD. Centre de Données astronomiques de Strasbourg. Consultado em 5 de fevereiro de 2017 
  2. a b c d Schrijvers, C.; Telting, J. H (novembro de 2002). «Identification of non-radial pulsation modes in the close-binary beta Cephei star nu Centauri». Astronomy and Astrophysics. 394: 603-615. Bibcode:2002A&A...394..603S. doi:10.1051/0004-6361:20021154 
  3. a b c d e Tetzlaff, N.; Neuhäuser, R.; Hohle, M. M (janeiro de 2011). «A catalogue of young runaway Hipparcos stars within 3 kpc from the Sun». Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. 410 (1): 190-200. Bibcode:2011MNRAS.410..190T. doi:10.1111/j.1365-2966.2010.17434.x 
  4. a b Pasinetti Fracassini, L. E.; Pastori, L.; Covino, S.; Pozzi, A (fevereiro de 2001). «Catalogue of Apparent Diameters and Absolute Radii of Stars (CADARS) - Third edition - Comments and statistics». Astronomy and Astrophysics. 367: 521-524. Bibcode:2001A&A...367..521P. doi:10.1051/0004-6361:20000451 
  5. a b c d de Geus, E. J.; de Zeeuw, P. T.; Lub, J (junho de 1989). «Physical parameters of stars in the Scorpio-Centaurus OB association». Astronomy and Astrophysics. 216 (1-2): 44-61. Bibcode:1989A&A...216...44D 
  6. Wolff, S. C.; Strom, S. E.; Dror, D.; Venn, K (março de 2007). «Rotational Velocities for B0-B3 Stars in Seven Young Clusters: Further Study of the Relationship between Rotation Speed and Density in Star-Forming Regions». The Astronomical Journal. 133 (3): 1092-1103. Bibcode:2007AJ....133.1092W. doi:10.1086/511002 
  7. a b c Kaler, James B. «NU CEN (Nu Centauri)». Stars. Consultado em 5 de fevereiro de 2017 
  8. Chen, Christine H.; Pecaut, Mark; Mamajek, Eric E.; Su, Kate Y. L.; Bitner, Martin (setembro de 2012). «A Spitzer MIPS Study of 2.5-2.0 M ⊙ Stars in Scorpius-Centaurus». The Astrophysical Journal. 756 (2): artigo 133, 24. Bibcode:2012ApJ...756..133C. doi:10.1088/0004-637X/756/2/133 
  9. Bobylev, V. V.; Bajkova, A. T (agosto de 2013). «Galactic kinematics from a sample of young massive stars». Astronomy Letters. 39 (8): 532-549. Bibcode:2013AstL...39..532B. doi:10.1134/S106377371308001X