David Byrne

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
David Byrne
David Byrne, 2006
Informação geral
Nascimento 14 de maio de 1952 (62 anos)
Local de nascimento Dumbarton, Escócia
Escócia
Gênero(s) Música experimental, worldbeat, New Wave, Rock alternativo, Pop
Ocupação(ões) Músico, produtor musical.
Instrumento(s) Vocal, violão, guitarra.
Outras ocupações Escritor.
Afiliação(ões) Talking Heads, Brian Eno, Fatboy Slim, Tom Zé, Tiê.
Página oficial davidbyrne.com

David Byrne (14 de maio de 1952, Dumbarton, Escócia, Reino Unido) é um músico, compositor e produtor musical, é mais famoso por ter fundado a banda Talking Heads, em 1974, um dos grupos precursores do new wave e worldbeat[1] . Já foi premiados com diversos Grammys. Por seu trabalho como compositor de trilhas sonoras, já recebeu o Óscar[2] e o Golden Globe[3] . Como membro do Talking Heads, Byrne foi incluído no Rock and Roll Hall of Fame[4] .

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

David foi para os EUA com seus pais quando tinha sete anos. Tem uma irmã mais nova chama Celia. Em 1986 na produção de seu filme "True Stories" conheceu a designer Adelle Lutz com quem se casou em julho 1987, o casal tem uma única filha chamada Malu Valentine, nascida em 1990. David Byrne e Adelle Lutz se divorciaram em 2004.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Além do trabalho com o Talking Heads, em 1981, Byrne produziu com Brian Eno um álbum experimental de art rock chamado My Life in the Bush of Ghosts. Também compôs trilhas para artistas como Twyla Tharp e Robert Wilson, nomes da dança e do teatreo respectivamente, além da trilha sonora do filme O Último Imperador[5] (de 1987, realizado por Bernardo Bertolucci) pelo qual ganhou um Oscar e um Golden Globe de melhor trilha sonora. Também dirigiu o filme True Stories[5] (de 1986) e produziu diversos álbuns de música caribenha e brasileira (incluindo o trabalho com Tom Zé e Margareth Menezes), notadamente o álbum Rei Momo (de 1989) e um vídeo documentário sobre o candomblé chamado The House of Life (também de 1989)[5] .

David Byrne também é fotógrafo e escritor, seu último livro publicado no Brasil é o "Diários de Bicicleta" (Bicycle Diaries), pelo Selo Amarilys da Editora Manole[6] .

Desde 2007, participa do projeto Brighton Port Authority (ou The BPA), com um grupo formado por diversos músicos britânicos encabeçado por Norman Cook, mais conhecido como Fatboy Slim, com quem em 2010, Byrne lançou o álbum Here Lies Love, co-produzido por Cook.

Em 2010, participou da trilha sonora do filme Wall Street - O dinheiro nunca dorme (título original:Wall Street - Money Never Sleeps).

Discografia parcial[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Oficiais
Informações
Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.