Hispania Racing Team

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Espanha HRT-Cosworth
Nome completo Hispania Racing Team
Sede Madrid, Espanha
Chefe de equipe Luis Pérez-Sala
Diretor técnico Toni Cuquerella
Site oficial www.hrtf1team.com
Motor Cosworth
Pneus Pirelli
Histórico na Fórmula 1
Estréia GP do Bahrein 2010
Último GP GP do Brasil de 2012
Corridas concluídas 58 (56 largadas)
Campeã de construtores 0
Campeã de pilotos 0
Vitórias 0
Pole Position 0
Voltas rápidas 0
Posição no último campeonato
(2012)
12º (0 pontos)

Hispania Racing Team (formalmente conhecida como HRT F1 Team) foi um equipe espanhola de Fórmula 1 fundada originalmente pelo ex-piloto Adrián Campos com o nome Campos Grand Prix, para a disputa do campeonato de Fórmula 1 de 2010. Devido a problemas financeiros, foi comprada e rebatizada.

Os carros para 2010 foram construídos pela construtora italiana Dallara, com motores Cosworth.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A equipe foi fundada pelo ex-piloto Adrián Campos para competir a temporada de 2010 de Fórmula 1, como uma extensão da Campos Racing, que já compete em outras categorias automobilísticas.

Em 12 de junho de 2009 chegou a ser confirmada pela FIA a participação da equipe na Temporada de Fórmula 1 de 2010, com o nome Campos Grand Prix, utilizando chassis Dallara e motores Cosworth.[2] Em outubro de 2009 a equipe entrou para a FOTA - Formula One Teams Association[3] e confirmou o piloto brasileiro Bruno Senna como sendo piloto da equipe.

Hispania Racing[editar | editar código-fonte]

Em fevereiro de 2010, devido a problemas financeiros, a equipe foi vendida ao empresário espanhol José Ramón Carabante, acionista da empresa Meta Image, que já era detentora de parte da equipe.[4] [5] Em 3 de março foi anunciada oficialmente a mudança de nome da equipe para Hispania Racing Team.[6] A FIA, entretanto, vetou a mudança e a equipe foi inscrita no campeonato apenas como HRT F1 Team.[7] No dia seguinte o carro da equipe foi apresentado em Múrcia, na Espanha.[8]

Em 26 de maio de 2010 a equipe anunciou o encerramento das relações com a Dallara, responsável pela construção dos chassis para a temporada 2010.[9]

Em Julho de 2011, a equipe teve a sua maior parte comprada pelo grupo de investimentos Thesan Capital.[10]

Em novembro foi anunciada a contratação de Pedro de la Rosa como piloto titular da equipe para as temporadas de 2012 e 2013.[11] Em Dezembro a equipe anunciou o ex-piloto Luis Pérez-Sala como novo chefe de equipe no lugar de Colin Kolles.[12]

Pedro de la Rosa pilotando o F112 durante os treinos livres do Grande Prêmio da Malásia de 2012.

Em fevereiro de 2012 a equipe mudou a sua sede de Murcia, para Madrid.[13]

Em novembro o grupo de investimentos Thesan Capital colocou a equipe a venda,por causa dos péssimos resultados que a equipe obtia na Fórmula 1.[14] [15] No dia 3 de dezembro, no entanto, a FIA anúnciou as inscrições para a temporada de 2013, sem a presença da escuderia, indicando o fim da sua atividade na categoria.[16]

Pilotos[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Carro Pneus Motor Pilotos Pilotos de teste Classificação
2012 HRT F1 Team F112 P Cosworth Espanha Pedro de la Rosa
Índia Narain Karthikeyan
Espanha Dani Clos
Itália Vitantonio Liuzzi
República Popular da China Ma Qinghua
12º (0 pts)
2011 HRT F1 Team F111 P Cosworth Índia Narain Karthikeyan
Austrália Daniel Ricciardo
Itália Vitantonio Liuzzi
Índia Narain Karthikeyan
República Checa Jan Charouz
11º (0 pts)
2010 HRT F1 Team F110 B Cosworth Índia Karun Chandhok
Japão Sakon Yamamoto
Áustria Christian Klien
Brasil Bruno Senna
Japão Sakon Yamamoto
Áustria Christian Klien
11º (0 pts)

Resultados[editar | editar código-fonte]

(Legenda) (resultados em negrito indica pole position)

Ano Chassis/Motor/
Pneus
Pilotos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 Pontos CMC
2010 F110
Cosworth CA2010 V8
B
BHR AUS MAL CHN ESP MON TUR CAN EUR GBR GER HUN BEL ITA CIN JPN KOR BRA ABD 0 11º
Índia Karun Chandhok Ret 14 15 17 Ret 14 20 18 18 19
Brasil Bruno Senna Ret Ret 16 16 Ret Ret Ret Ret 20 19 17 Ret Ret Ret 15 14 21 19
Japão Sakon Yamamoto 20 Ret 19 20 19 16 15
Áustria Christian Klien Ret 22 20
2011 F111
Cosworth CA2011k V8
P
AUS
Austrália
MAL
Malásia
CHN
República Popular da China
TUR
Turquia
ESP
Espanha
MON
Mónaco
CAN
Canadá
EUR
União Europeia
GBR
Reino Unido
ALE
Alemanha
HUN
Hungria
BEL
Bélgica
ITA
Itália
SIN
Singapura
JPN
Japão
KOR
Coreia do Sul
IND
Índia
ABD
=Emirados Árabes Unidos
BRA
Brasil
0 11º
Índia Narain Karthikeyan DNQ Ret 23 21 21 17 17 24 17
Austrália Daniel Ricciardo 19 19 18 Ret NC 19 22 19 18 Ret 20
Itália Vitantonio Liuzzi DNQ Ret 22 22 Ret 16 13 23 18 Ret 20 19 Ret 20 23 21 20 Ret
2012 F112
Cosworth CA2012 V8
P
AUS
Austrália
MAL
Malásia
CHN
República Popular da China
BHR
Bahrein
ESP
Espanha
MON
Mónaco
CAN
Canadá
EUR
União Europeia
GBR
Reino Unido
ALE
Alemanha
HUN
Hungria
BEL
Bélgica
ITA
Itália
CIN
Singapura
JAP
Japão
COR
Coreia do Sul
IND
Índia
EAU
=Emirados Árabes Unidos
EUA
Estados Unidos
BRA
Brasil
0 12º
Índia Narain Karthikeyan DNQ 22 22 21 Ret 15 Ret 18 21 23 Ret Ret 19 Ret Ret 20 21 Ret 22 18
Espanha Pedro de la Rosa DNQ 21 21 20 19 Ret Ret 17 20 21 22 18 18 17 18 Ret Ret 17 21 17

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Hispania Racing Team
Ícone de esboço Este artigo sobre Fórmula 1 é um esboço relacionado ao projeto sobre Fórmula 1. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.