São Rafael (distrito de São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2010)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Distrito paulistano de
São Rafael
Área 13,2 km²
População (26°) 151.017 hab. (2010)
Densidade 114,41 hab/ha
Renda média R$ 830,28
IDH 0,767 - médio (86°)
Subprefeitura São Mateus
Sao rafael distritos vizinhos.JPG
Distritos de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg

São Rafael é um distrito situado no extremo sudeste da cidade de São Paulo. Faz divisa com os distritos de São Mateus e Iguatemi e com os municípios de Mauá e Santo André. Em linha reta, dista cerca de trinta quilômetros da praça da Sé, marco-zero da Cidade de São Paulo. A área é administrada pela subprefeitura de São Mateus.

Os bairros mais antigos e conhecidos do distrito são o Parque São Rafael, Jardim Vera Cruz, Jardim Buriti, Vila Esther (ou Jardim Esther) e Jardim Rodolfo Pirani.

Em 2004, de acordo com a Fundação Seade, o distrito tinha uma população de cerca de 136 mil habitantes. Se o distrito de São Rafael fosse um município, ele seria um dos 50 mais populosos do estado de São Paulo.

Acesso[editar | editar código-fonte]

As principais avenidas do distrito de São Rafael são avenida Sapopemba, avenida Adélia Chohfi, avenida Baronesa de Muritiba, avenida Rodolfo Pirani e avenida dos Sertanistas.

O distrito é atendido por várias linhas de ônibus e microônibus gerenciadas pela SPTrans que fazem a ligação dos vários bairros do Distrito com o Terminal Metropolitano de São Mateus - EMTU e com as estações de metrô Corinthians-Itaquera, Carrão, Penha e Belém. No Terminal Metropolitano de São Mateus - EMTU existe a integração com linhas de ônibus e trólebus que ligam a região ao ABC Paulista, centro de São Paulo e outros bairros da zonas Leste e Sudeste da Capital.

Está previsto para os próximos anos o prolongamento da avenida Nova Trabalhadores (ou Jacu-Pêssego), ligando o município de Guarulhos a Mauá e fazendo conexão com o trecho sul do Rodoanel de São Paulo. Esta nova via passará na divisa do distrito de São Rafael com o distrito de Iguatemi e se tornará uma importante ligação entre o Aeroporto Internacional de São Paulo-Cumbica, as rodovias Presidente Dutra, Ayrton Senna e o Sistema Anchieta-Imigrantes, que leva ao porto de Santos e à Região do ABC Paulista.

Hidrografia e relevo[editar | editar código-fonte]

No distrito de São Rafael encontram-se as nascentes de vários córregos afluentes dos rios Aricanduva e Tamanduateí. A região é tão rica em nascentes que alguns especialistas afirmam que ela deveria ser considerada como área de preservação aos mananciais, tal como ocorre com regiões da Zona Sul de São Paulo, próximas às represas Billings e Guarapiranga.

A topografia do distrito de São Rafael é plana na maior parte, todavia, existindo muitos vales em função dos vários córregos que cortam o distrito.

A elevação mais importante ocorre na divisa do divisa do Distrito de São Rafael com o Distrito de Iguatemi e com o município de Mauá. É o Morro do Cruzeiro (ou Mutuçununga), com 998 metros de altitude (o segundo ponto mais alto no município de São Paulo, superado apenas pelo Pico do Jaraguá com 1.135 metros). Do Morro do Cruzeiro é possível avistar toda a Zona Leste de São Paulo, parte do ABC Paulista e outras regiões da Grande São Paulo. Nos últimos anos a comunidade do distrito e a administração municipal vêm tratando da transformação da região do Morro do Cruzeiro em àrea de preservação ambiental e atração turística na Região.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.