Taquarussu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Taquarussu
Bandeira de Taquarussu
Brasão desconhecido
Bandeira Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 12 de maio
Fundação 12 de maio de 1980 (34 anos)
Emancipação 16 de junho de 1981 (33 anos)
Gentílico taquarussuense
Padroeiro(a) Nossa Senhora Aparecida
Localização
Localização de Taquarussu
Localização de Taquarussu no Mato Grosso do Sul
Taquarussu está localizado em: Brasil
Taquarussu
Localização de Taquarussu no Brasil
22° 29' 16" S 53° 21' 03" O22° 29' 16" S 53° 21' 03" O
Unidade federativa  Mato Grosso do Sul
Mesorregião Leste de Mato Grosso do Sul IBGE/2008 [1]
Microrregião Nova Andradina IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Batayporã, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Jateí, Naviraí, estado do Paraná
Distância até a capital federal: 1 160 km
estadual: 333
km[2]
Características geográficas
Área 1 041,121 km² (MS: 66º)[3]
Área urbana 0,368 km² (MS: 58º) – est. Embrapa[4]
Distritos Taquarussu (sede)
População 3 520 hab. (MS: 77º) –  est. IBGE 2011[5]
Densidade 3,38 hab/km²
Altitude 276 m [6]
Clima tropical Aw
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,705 (MS: 70º) – alto PNUD/2000 [7]
Gini 0,440 (MS: 43º) – est. IBGE 2003[8]
PIB R$ 42 122,528 mil (MS: 77º) – IBGE/2008[9]
PIB per capita R$ 13 171,52 IBGE/2008[9]
Página oficial

Taquarussu[nota 1] é um município brasileiro da região Centro-Oeste, situado no estado de Mato Grosso do Sul.

História[editar | editar código-fonte]

No final da década de 50, atraídos pelas terras férteis, pioneiros de diversas etnias como nordestinos, paulistas e paranaenses chegaram em busca de melhores oportunidades de vida. A existência de grande número de propriedades rurais com pequenas demarcações, na região, levaram seus moradores a erguer um povoado. Benedito Machado, Manoel Antônio Marciano Cordeiro,Agenor Francisco dos Anjos, Miguel Araújo e Bruno Crivelli, lotearam suas propriedades para a implantação do novo povoado. Com a colaboração de Valero Nunes de Souza que elaborou a planta da nova comunidade. Em 1963, Antônio Rodrigues, estabeleceu a primeira casa comercial.

Distrito criado com a denominação de Taquarussu, pela Lei Estadual nº 3708, de 24 de maio de 1976, subordinado ao município de Batayporã. Em 1977 a região passa a fazer parte do atual estado de Mato Grosso do Sul. Foi elevado à categoria município com a denominação de Taquarussu, pela Lei Estadual nº 77, de 12 de maio de 1980, desmembrado do município de Batayporã e instalado em 16 de junho de 1981.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

Taquarussu tem o seu nome em decorrência da existência de grande quantidade de bambus ou taquaras, mais conhecidos como taboca ou Taquarussu, planta da família das gramíneas, que ainda subsistem nas matas e mais especificadamente nos lugares denominados Iguaçu e Machado, onde se instalaram os primeiros moradores deste município.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localização[editar | editar código-fonte]

O município de está situado no sul da região Centro-Oeste do Brasil, no Leste de Mato Grosso do Sul (Microrregião de Nova Andradina). Localiza-se a uma latitude 22º29'16" sul e a uma longitude 53º21'05" oeste. Distâncias:

Geografia física[editar | editar código-fonte]

Solo

Há predominância de Luvissolos de textura arenosa/média e média/argilosa, além de solos Hidromórficos como Planossolos, Neossolos geralmente predominando baixa fertilidade natural, associada ou não à elevada acidez. Pequenas manchas de Latossolo Vermelho-Escuro.

Relevo e altitude

Está a uma altitude de 276 m. O município de Taquarussu encontra-se na Região dos Planaltos Arenítico-Basálticos Interiores, com as Unidades Geomorfológicas: Vale do Paraná e Superfície Rampeada de Nova Andradina.

Apresenta relevos elaborados pela ação fluvial e áreas planas resultantes de acumulação fluvial sujeita a inundações periódicas.

Clima, temperatura e pluviosidade

Está sob influência do clima tropical (AW). O clima predominante é o Úmido a Sub-Úmido, com índices efetivos de umidade com valores anuais variando de 20 a 40%. A precipitação pluviométrica varia entre 1.500 a 1.750mm anuais, excedente hídrico anual de 800 a 1.200mm durante cinco a seis meses e deficiência hídrica de 350 a 500mm durante quatro meses.

Hidrografia

Está sob influência da Bacia do Rio da Prata. Rios do município:

  • Rio Baía: afluente pela margem direita do rio Paraná, nos municípios de Bataiporã e Taquaruçu; corre paralelo à margem direita do rio Paraná. Em seu alto curso, era a continuidade do rio Três Barras. O rio Baía foi alagado pela barragem da Usina Hidrelétrica Engenheiro Sérgio Motta, também conhecida por Usina de Porto Primavera.
  • Rio Ivinhema: afluente pela margem direita do rio Paraná e limite entre os municípios de Taquarussu/Ivinhema, Taquarussu/Novo Horizonte do Sul e Taquarussu/Jateí. Com a extensão de 200 km, era totalmente navegável (hoje só pouco mais de 100 km). É formado pela confluência dos rios Brilhante e Dourados.
  • Rio Paraná: formado pela confluência dos rios Paranaíba (nasce em Goiás) e o Grande (cujas cabeceiras ficam na serra da Mantiqueira, em Minas Gerais), a uns 10 km a nordeste da cidade de Aparecida do Taboado; daí até o ponto extremo de Mato Grosso do Sul faz divisa entre este Estado (município de Taquarussu) e o Estado do Paraná. É o principal rio da bacia do mesmo nome.
Vegetação

Se localiza na região de influência do Cerrado. A cobertura vegetal predominante é a pastagem plantada. Em menores proporções, Várzeas, Floresta Estacional e escraves de Cerrado com Floresta.

Geografia política[editar | editar código-fonte]

Fuso horário

Está a -1 hora com relação a Brasília e -4 com relação a Meridiano de Greenwich (Tempo Universal Coordenado)

Área

Ocupa uma superfície de de 1 041,121 km².

Subdivisões

Taquarussu (sede), abrangendo ainda sete comunidades rurais

Arredores

Batayporã, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Jateí, Naviraí, estado do Paraná

Política[editar | editar código-fonte]

É empossado Prefeito Adelmo Pontes. Em 1982 as primeiras eleições, eleito Prefeito Jesus Ferreira Neves. Em 1988 o eleito foi Francisco Modesto. Em 1992 Edson Guagliano. Em 1996, João Clóvis Crivelli reeleito em 2000. Em 2004 Genivaldo Medeiros dos Santos é eleito pelo PTB tendo como Vice Edson Cardoso de Sá. Nas eleições 2008, o Prefeito Genivaldo, foi derrotado pela a ex esposa do ex prefeito João Clovis Crivelli, Verônica Ferreira Lima que ficou popularmente conhecida como "Mãe Vera", por uma diferença de 241 votos, que a partir de 1º de Janeiro de 2009, é a primeira mulher a assumir o executivo municipal, tendo como vice Claudinet Vicente Crivelli, o Dino. Em 2012, foi eleito Prefeito Roberto Tavares Almeida, o Roberto Nem. Após uma longa caminhada de tentativas à eleição (por 4 vezes consecutivas), Roberto Nem foi eleito sendo candidato único.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Sua população estimada em 2011 é de 3.520 habitantes.

Comunicação[editar | editar código-fonte]

Taquarussu, conta com uma emissora radio comunitária fm, Flor do Vale FM, três operadoras de internet via rádio e cobertura de telefonia celular operadora VIVO. O município conta com retransmissão analógica de dois canais a seus munícipes. Rede Globo (TV Morena) canal 10 e SBT (TV Campo Grande) canal 12.

Economia[editar | editar código-fonte]

Turismo[editar | editar código-fonte]

Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema

O Parque na Bacia do Rio Paraná, criado como medida compensatória da Usina Hidrelétrica Engenheiro Sérgio Motta/CESP. Foi criado em 17 de dezembro de 1998 com objetivo de preservar os últimos remanescentes de ambiente de várzea livres de represamento, na bacia do Rio Paraná, e possui mais de 73 mil hectares de extensão, perfazendo uma área de 6.161,80 km², abrangendo além de Taquarussu os municípios de Jateí e Naviraí.

Os varjões do Parque do Ivinhema compreendem o último trecho livre, sem represamento, do Rio Paraná. É uma área de inundações periódicas, protegendo refúgios de espécies animais e vegetais do cerrado e da floresta estacional.

Área de Preservação Ambiental das Ilhas e Várzeas do Rio Paraná

Esta unidade de conservação está localizada nas regiões sul, sudeste e centro-oeste do país; nos estados do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul, e sua área total é de 1.003.059 ha.. O município de Taqaurussu é o único que está totalmente inserido dentro da área desta unidade ocupando 105.487,796 ha.

Esta unidade foi criada para proteger a fauna e flora, especialmente as espécies ameaçadas de extinção, tais como: o cervo-do-pantanal, o bugio, a lontra, a anta, a jaguatirica e a onça-pintada; garantir a proteção dos sítios históricos e arqueológicos.

Notas

  1. Nota ortográfica: Segundo as normas ortográficas vigentes da língua portuguesa, este topônimo deveria ser grafado como Taquaruçu. Prescreve-se o uso da letra "ç" para palavras de origem tupi. O nome vem do tupi cana oca grande (referindo-se à planta comum na região). Ao longo dos anos, a grafia foi alterada para ta'kwara u'su, taquarussú e finalmente para taquaruçu.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. Mapas e rotas. Guia 4 Rodas. Página visitada em 3 de novembro de 2011.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  4. Urbanização das cidades brasileiras. Embrapa Monitoramento por Satélite. Página visitada em 30 de Julho de 2008.
  5. Estimativa Populacional 2011. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2011). Página visitada em 13 de setembro de 2011.
  6. Mato Grosso do Sul. Embrapa. Página visitada em 19 de julho de 2011.
  7. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  8. Indice GINI. Cidade Sat. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2000). Página visitada em 06 de agosto de 2011.
  9. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons