Anastácio (Mato Grosso do Sul)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Anastácio
Bandeira de Anastácio
Brasão desconhecido
Bandeira Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 8 de maio
Fundação 18 de março de 1964 (50 anos)
Emancipação 8 de maio de 1965 (49 anos)
Gentílico anastaciense
Padroeiro(a) Nossa Senhora de Lourdes
Prefeito(a) Douglas Melo Figueiredo[1] (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Anastácio
Localização de Anastácio no Mato Grosso do Sul
Anastácio está localizado em: Brasil
Anastácio
Localização de Anastácio no Brasil
20° 29' 02" S 55° 48' 25" O20° 29' 02" S 55° 48' 25" O
Unidade federativa  Mato Grosso do Sul
Mesorregião Pantanais Sul-Mato-Grossenses IBGE/2008 [2]
Microrregião Aquidauana IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Aquidauana, Bonito, Dois Irmãos do Buriti, Miranda, Maracajú, Nioaque.
Distância até a capital federal: 1 162 km
estadual: 136
km[3]
Características geográficas
Área 2 949,206 km² (MS: 39º)[4]
Área urbana 4,552 km² (MS: 18º) – est. Embrapa[5]
Distritos Anastácio (sede) e Aldeinha
População 24 642 hab. (MS: 18º) –  IBGE/2014[6]
Densidade 8 117 hab/km² hab./km²
Altitude 160 m [7]
Clima tropical Aw
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,725 (MS: 49º) – alto PNUD/2000 [8]
Gini 0,44 (MS: 43º) – est. IBGE 2003[9]
PIB R$ 204 244,477 mil (MS: 24º) – IBGE/2008[10]
PIB per capita R$ 8 875,56 IBGE/2008[10]
Página oficial
Prefeitura www.anastacio.ms.gov.br

Ánastácio é um município brasileiro da região Centro-Oeste, situado no estado de Mato Grosso do Sul. Conecta-se com o município de Aquidauana através da Ponte da Amizade que cruza o Rio Aquidauana. Sua população, de acordo com estimativas de 2014 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), era de 24 642 habitantes.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localização[editar | editar código-fonte]

O município de Anastácio está localizado no sul da região Centro-Oeste do Brasil, nos Pantanais Sul-Mato-Grossenses (Microrregião de Aquidauana). Possui latitude de 20º29’01” e longitude de 55°48’25”. Distâncias:

Geografia física[editar | editar código-fonte]

Solo

No município de Anastácio são encontrados os seguintes tipos de solos: Predomínio do Latossolo Vermelho-escuro álico de textura média, que são solos minerais, não hidromórficos, altamente intemperizados, profundos, bem drenados, sendo encontrados geralmente em regiões planas ou suave onduladas, Argissolos, solos minerais não hidromórficos, com horizonte B textural e argila de atividade baixa e de Neossolo Quartzarênico de baixa fertilidade natural, são solos pouco desenvolvidos, profundos e muito profundos, excessivamente drenados, mas com baixa capacidade de retenção de água, tornando esse solo desaconselhável à utilização agrícola. Tem ocorrência mais significativa na porção Centro-sul do município, Gleissolos, solos que apresentam horizonte superficial menos espesso, com cores mais claras e menores teores de matéria orgânica.

Relevo

Está a uma altitude de 160 m. Predomina as formas dissecados tabulares e colinosas com declividades ainda suaves e onduladas de até 11° no extremo sudoeste, contém também modelados de acumulação em área pantaneira. O município de Anastácio divide-se em duas Regiões:

  • Região da Depressão do Alto Paraguai, que se divide em duas unidades geomorfológicas: Depressão de Miranda e Piemontes da Serra de Maracaju;
  • Região dos Planaltos da Borda Ocidental da Bacia do Paraná, com três unidades geomorfológicas: Segundo Patamar da Borda Ocidental, Terceiro Patamar da Borda Ocidental e Planalto de Maracaju.

Apresenta relevo plano, geralmente elaborado por várias fases de retomada erosiva, relevos elaborados pela ação fluvial apresentando topos colinosos tabulares ou aguçados, definidos pela combinação das variáveis densidade de drenagem e declividade das vertentes e áreas planas resultante de acumulação fluvial, sujeita a inundações periódicas.

Clima, temperatura e pluviosidade

Está sob influência do clima tropical (Aw), marcado pelas cheias que acontecem de outubro a abril, quando a temperatura ultrapassa os 40 °C. De meados de julho até o final de setembro, a região é atingida pela seca, quando quando há ocorrência de geadas e a temperatura fica em média á 15 °C. Sua média anual é de 27 °C.

Normais climatológicos de Anastácio:

Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura Média °C 25.8 26 25.7 23.7 20.6 20.1 19.1 24.8 23.5 24.7 25.5 26.1 23.6
T. Mínima Absoluta °C 15 12.4 8.2 7.4 3.4 0 -1.2 (1) 0.2 2.8 7 10.8 11 -1.2
T. Mínima Média °C 21.8 21.8 21.2 18.7 15.6 14.1 12.5 14.4 17.1 19 19.8 21.5 18.1
T. Máxima Média °C 31.8 32.6 32.3 30.9 28.2 27.6 28 30.3 31.7 31.7 32.6 32.7 30.9
T. Máxima Absoluta °C 37.5 38.5 38.4 37.7 35 35.2 35.3 39.3 40.8 (2) 39.8 39.4 39.2 40.8
Prec. Média mm 293.5 144.3 129.2 105 99.1 56.2 42.8 40.6 97 133.9 167.8 228.3 1537.7
Prec. Máxima 24h mm 89.8 82.6 80.8 133.3 (3) 75.4 62 68.6 58.6 65.4 70.3 90.4 97.6 133.3
Umidade Rel. do Ar % 82 81 80 82 79 76 73 64 67 72 75 81 76
  1. Julho de 1921;
  2. Setembro de 1926;
  3. Abril de 1924.
Hidrografia

Está sob influência da Bacia do rio Paraguai, pertencente á Bacia do Rio da Prata. O município de Anastácio situa-se no médio curso da Bacia do Rio Miranda, que abrange uma área de aproximadamente 3 mil km² na porção centro-oeste do Estado de Mato Grosso do Sul. Rios do município:

  • Rio Aquidauana: afluente pela margem direita do rio Miranda, com 620 km de extensão. Navegável da foz até a cidade de Aquidauana. Nasce na serra de Maracaju, acima e ao oeste de São Gabriel do Oeste e percorre o vale entre as serras da Boa Sentença e Maracaju. Banha a cidade de Anastácio e faz divisa com o município de Aquidauana. Parte significativa do rio encontra-se no Pantanal.
  • Rio Dois Irmãos: afluente pela margem esquerda do rio Aquidauana, desaguando nele entre Camisão e Piraputanga. É formado por dois rios, conhecidos como Braço Direito e Braço Esquerdo, nascendo ambos na serra de Maracaju. Faz divisa entre município de Dois Irmãos do Buriti e o de Anastácio.
  • Rio Miranda: afluente pela margem esquerda do rio Paraguai. Extensão: 700 km, 200 km navegáveis. Seus formadores nascem na serra de Maracaju, no município de Jardim. Faz divisa entre os municípios de Nioaque e Anastácio. Passa nas proximidades da cidade de Miranda. Deságua no rio Paraguai na altura do distrito de Albuquerque (Corumbá). Extensão: 318 km; navegável da foz à cidade de Miranda.
  • Rio Nioaque: afluente pela margem direita do rio Miranda, no município de Nioaque. Nasce na serra de Maracaju, passa pela cidade de Nioaque, fazendo divisa entre este município e o de Anastácio.
Vegetação

A cobertura vegetal atual é representada por proporções iguais de vegetação nativa, caracterizada pelo Cerrado Arbóreo Denso (Cerradão), Cerrado Arbóreo Aberto (Campo Cerrado), Savana Parque (Campo Sujo), Contato Savana/Floresta Estacional e pela pastagem plantada.

Geografia política[editar | editar código-fonte]

Fuso horário

Está a -1 hora com relação a Brasília e -4 com relação ao Meridiano de Greenwich (Tempo Universal Coordenado).

Área

Ocupa uma superfície de de 2 949,206 km². A área urbana totaliza 4,552 km² segundo a Embrapa Monitoramento por Satélite.

Subdivisões

Além da sede, Anastácio possui uma aldeia indígena urbana da etnia Terena denominada ALDEINHA, configurando-se como um bairro da cidade, destacando-se pelo contraste do ponto de vista organizacional. As festas e eventos da comunidade da Aldeinha são realizados esporadicamente, principalmente no Dia do Índio. Esse eventos ocorrem todos os anos. Na oportunidade os índios desenvolvem coreografias típicas, tais como a dança do Bate-pau e a dança da Ema.

Arredores

Os vizinhos de Anastácio são Aquidauana (conurbada), Bonito, Dois Irmãos do Buriti, Miranda, Maracajú, Nioaque.

História[editar | editar código-fonte]

No começo da colonização da região sudoeste do então Estado de Mato Grosso, os rios - entre eles o Aquidauana - se constituíam nas principais vias de acesso e de escoamento de toda a região. Por volta de 1870 começou a ocorrer a ocupação das terras e povoamento da região. Em 1872, um italiano, Vicente Anastácio estabeleceu-se na região ao comprar uma Fazenda denominada Santa Maria, na margem esquerda do rio de mesmo nome próxima de onde futuramente se localizaria a cidade de Anastácio. Em 15 de agosto de 1892 o povoado denominado Aquidauana foi fundado. Foi ali onde nasceram os primeiros estabelecimentos comerciais, entre os quais a Casa Cândia.

Com a chegada da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, o centro da povoação - em função dos trilhos - transferiu-se para a margem direita do rio (Onde cresceu a cidade de Aquidauana). Um novo núcleo se forma ali, a partir de então inicia-se o processo de emancipação de Anastácio. Antes de se tornar município, Anastácio virou distrito de Aquidauana em 20 de novembro de 1958, pela Lei n°1.164 e, alguns anos depois, se eleva à categoria de município, pela Lei n°2.143, de 18 de março de 1964, da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Em 8 de maio de 1965 ocorre o desmenbramento definitivo e em 1977 Anastácio passa a fazer parte do atual estado de Mato Grosso do Sul.

Política[editar | editar código-fonte]

Prefeitos[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2010 o vice-prefeito e advogado Douglas Figueiredo assumiu o cargo do executivo local em virtude do falecimento[11] do titular, o radialista e escritor Cláudio Valério da Silva‎, que exercia o 4° mandato de prefeito.

Hino[editar | editar código-fonte]

Letra: Orlando Antunes Batista
Música: Lino Marques Mendonça.

Anastácio rincão no mapa varonil
Marchas do passado cheio de glórias
Da divisão fazendo lemas de vitórias
Fará histórias sob o céu de anil.

Entoemos no portal do pantanal
Nosso belo hino de alegria
No amanhã que se faz todo dia
Salve, Anastácio, terra triunfal!

Porto das mil esperanças do passado
És mais um coração na margem plantado.
Nascendo as tuas fronteiras no ideal,
Avanças a um futuro mais leal.

Entoemos no portal do pantanal
Nosso belo hino de alegria
No amanhã que se faz todo dia
Salve, Anastácio, terra triunfal!

Do lado do coração foste erguido
Serás sempre um torrão amigo.
Anastácio será imagem colossal,
Vivendo uma paisagem sem igual.

Entoemos no portal do pantanal
Nosso belo hino de alegria
No amanhã que se faz todo dia
Salve, Anastácio, terra triunfal

Turismo[editar | editar código-fonte]

O município de Anastácio possui um potencial turístico cuja estruturação, como atividade econômica, está sendo planejada. Várias áreas de Conservação foram implantadas, aproveitando sua forte tendência ao turismo científico-cultural, ao ecoturismo e ao turismo de aventura. Anastácio contempla de natureza exuberante e fortes apelos culturais, como a Retirada da Laguna, da qual a região foi palco.

Turismo Aventura[editar | editar código-fonte]

Atividades: Escaladas, Espeleologia, Jeep Safaris.

Turismo Cultural[editar | editar código-fonte]

Atividades: Dança, Folclore, Gastronomia.

Eventos[editar | editar código-fonte]

  • Aniversário do Município – 8 de Maio
  • Ginpraia – gincana estudantil da Prainha
  • Carnapraia (janeiro) – carnaval fora de época da Prainha

Não há mais Carnapraia na cidade de Anastácio.

  • Churrastácio
  • Festa de peão boiadeiro
  • Feira permanente do produtor rural
  • Festa da farinha

Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

Natureza
  • Morro do Chapéu
  • Morro Azul
  • Rio Aquidauana
  • Pesqueiro 110
  • Cachoeira São Manuel
  • Pesqueiro Caiçara
Chácaras e sítios
  • Chácara Recanto dos Ipês
  • Sitio Ana Paula
  • Sítio Primavera (Casa da Farinha)
  • Sítios Arqueológicos
Casarios
  • Casario da Casa Cândia
  • Casario do Casarão da Família Anastácio
  • Unidade Conservação Monumento Natural da Moraria de Anastácio
Museu
  • Museu Aberto Retirada da Laguna.
Outros
  • Ponte Velha (ligando Anastácio a Aquidauana)
  • Prainha de Anastácio
  • Academia da terceira idade (ao ar livre)

Referências

  1. Morre o prefeito de Anastácio, Cláudio Valério da Silva PantanalNews - consultado em 22 de outubro de 2010
  2. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  3. Mapas e rotas Guia 4 Rodas. Visitado em 3 de novembro de 2011.
  4. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  5. Urbanização das cidades brasileiras Embrapa Monitoramento por Satélite. Visitado em 30 de Julho de 2008.
  6. Estimativa populacional 2014 IBGE Estimativa populacional 2014 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2014). Visitado em 29 de agosto de 2014.
  7. Mato Grosso do Sul Embrapa. Visitado em 19 de julho de 2011.
  8. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  9. Indice GINI Cidade Sat Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2000). Visitado em 06 de agosto de 2011.
  10. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  11. LUTO: Falece Prefeito de Anastácio, Cláudio Valério da Silva O Pantaneiro - consultado em 22 de outubro de 2010

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons