Aíla

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.
Aíla
Informação geral
Nome completo Aíla Magalhães
Nascimento 11 de novembro de 1988 (30 anos)
Local de nascimento Belém, Pará PA
Nacionalidade  Brasileira
Gênero(s) Música brasileira, Pop tropical
Ocupação(ões) Cantora, compositora
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 2008 - presente
Página oficial [1]

Aíla Magalhães (Belém, 11 de novembro de 1988), mais conhecida pelo nome artístico de Aíla é uma cantora e compositora brasileira.[1] Nascida no bairro da Terra Firme, periferia da cidade de Belém.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Aíla é um dos expoentes da nova música produzida no Pará. Com um timbre marcante, e intensa personalidade no palco, ela passeia por referências que vão do brega ao pop, da guitarrada ao carimbó, da cúmbia ao zouk love. A cantora lançou em 2012 seu primeiro trabalho, o CD Trelêlê[2], com produção de Felipe Cordeiro, e com excelente repercussão nacional, foi destaque em importantes publicações pelo país, como Folha de S.Paulo, O Globo (RJ) e Revista Billboard Brasil. Além de ter seus videoclipes de estreia exibidos com destaque em canais como Multishow e MTV Brasil. Em sua primeira Turnê, Aíla levou seu trabalho a grandes Festivais pelo Brasil, como Conexão (PA), Feira da Música (CE), SIM São Paulo e Levada Oi Futuro (RJ), que destaca os novos nomes da música brasileira. Em 2013, foi artista convidada do Prêmio da Música Brasileira, e dividiu o palco com grandes ícones da música nacional, como João Bosco, Zélia Duncan e Adriana Calcanhotto. Atualmente, Aíla está dedicada a circulação de seu novo espetáculo, intitulado O AMOR É BREGA, em parceria com a artista visual paraense Roberta Carvalho, e paralelamente, se prepara para a gravação do seu segundo disco, com previsão de lançamento para o segundo semestre de 2015, pelo selo Natura Musical.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 2012 - Trelelê[3]
  • 2016 - Em Cada Verso um Contra-Ataque

Premiações e Editais[editar | editar código-fonte]

  • Edital Natura Musical 2014/2015, Projeto AÍLA - 2º CD e Turnê Nacional, Lei Semear Pará (2014);
  • Edital Conexão VIVO 2012, Projeto 1º CD AÍLA: “Trelêlê”, Lei Semear Pará (2011);
  • Edital de Intercâmbio e Difusão Cultural, MINC/2011;
  • Edital Microprojetos Mais Cultura Territórios de Paz, Projeto “Mão à Arte”, FUNARTE (2011);
  • Edital Microprojetos Mais Cultura Amazônia Legal, Projeto “À Margem do Som”, FUNARTE (2010);
  • “Prêmio Cantora Revelação 2008”, 25º Baile dos Artistas, Belém (2009);
  • “Melhor Intérprete”, Festival de Música Popular Paraense RBA, Belém (2009);
  • “Melhor Intérprete”, Festival de Música do Pará, Belém (2008);

Referências

  1. «Biografia no Cravo Albin». dicionariompb.com.br. Consultado em 31 de janeiro de 2014 
  2. «CD TRELÊLÊ». Consultado em 1 de maio de 2015 
  3. «Unindo Pop e Brega, Aíla apresenta no Rio o CD Trelelê, na abertura do festival levada». O Globo. 10 de maio de 2012. Consultado em 1 de maio de 2015 

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aíla

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma cantora é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.