DFS 230

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde maio de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
DFS 230A-1
Planador
Descrição
Tipo / Missão Planador de transporte de tropas e carga
País de origem  Alemanhasta
Fabricante DFS ( Deutsche Forschungsanstalt fuer Segelflug - Instituto Alemão de Pesquisa de Vôo Planado. )
Período de produção 1933-1941
Quantidade produzida +1600 unidade(s)
Primeiro voo em 1937 (80 anos)
Introduzido em 1938
Aposentado em maio de 1945
Variantes Ver seção "Variantes"
Tripulação 1
Soldados 9 totalmente equipados + 270 kg (595 lb)
Especificações (Modelo: DFS 230 B-1)
Dimensões
Comprimento 11,24 m (36,9 ft)
Envergadura 21,98 m (72,1 ft)
Altura 2,74 m (8,99 ft)
Área das asas 41,3  (445 ft²)
Alongamento 11.7
Peso(s)
Peso vazio 860 kg (1 900 lb)
Peso carregado 2 040 kg (4 500 lb)
Peso máx. de decolagem 2 100 kg (4 630 lb)
Propulsão
Motor(es) Não possui
Performance
Velocidade máxima 209 km/h (113 kn)
Velocidade de cruzeiro 180 km/h (97,1 kn)
Razão máxima de planeio 1:11 (vazio), 1:18 (carregado)
Armamentos
Metralhadoras / Canhões 1 x metralhadora MG 15 de 7,92 mm (0,312 in)
2 x metralhadoras MG 34 de 7,92 mm (0,312 in) de tiro frontal fixo
Notas
Dados de: Aircraft of the Third Reich[1] e German Aircraft of the Second World War[2]

DFS 230[3][4][5] — foi um planador de assalto usado pela Luftwaffe durante a Segunda Guerra Mundial.

Sua função era transportar carga e soldados com segurança. Foi projetado por Hans Jacobs. Inspirou a criação do planador britânico Hotspur.

Além do piloto, o planador DFS-230 tinha espaço para mais nove homens que ficavam sentados juntos em um estreito banco localizado no meio da fuselagem (metade virada para bordo e a outra metade virada para estibordo). A entrada e a saída era realizada por uma única porta lateral[6]. O passageiro da frente era o responsável por operar o armamento defensivo de uso manual, que era uma metralhadora 7,92 mm MG 15. Era fabricado como um planador de assalto projetado para pousar diretamente em cima de seu alvo, então ele também estava equipado com um freio de pára-quedas. Ele carregava uma carga de cerca de 1.200 kg[7].

Os pilotos do avião de reboque e do planador podiam comunicar entre si através de um cabo que se estendia pela corda de reboque, o que possibilitava o voo cego, sendo que durante o reboque a velocidade do DFS-230 era de aproximadamente 180 km / h.

Esteve presente em várias ações militares alemãs bem sucedidas: a invasão da Bélgica (tomada do forte Eben-Emael), a invasão de Creta, no norte da África e no resgate de Benito Mussolini (Operação Carvalho) liderada por Otto Skorzeny[7]. Embora a produção tenha cessado em 1941, foi usado até o final da guerra, tendo como último papéis o fornecimento de cargas em Berlim e Breslau até maio de 1945[8].

Já nas fases finais da guerra foi testado como Mistel ( "avião bomba" )[8].

Variantes[editar | editar código-fonte]

  • DFS 230 A-1 - Primeira versão produção.
  • DFS 230 A-2 - Com controle duplo.
  • DFS 230 B-1 - Um pára-quedas para auxiliar a frenagem foi acrescentado, capaz de transportar armamento defensivo (metralhadora MG34).
  • DFS 230 B-2 - Com controle duplo.
  • DFS 230 C-1 - Com um retrofoguete no nariz para auxiliar a frenagem.
  • DFS 230 D-1 - C - 1 com melhorias no retrofoguete para frenagem no nariz, um protótipo (DFS 230 V6)
  • DFS 230 F-1 - Versão maior com capacidade para 15 soldados, um protótipo (DFS 230 V7, DV + AV)

Imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Green, William (2010). Aircraft of the Third Reich (1st ed.). London: Aerospace Publishing Limited. pp. 136–144. ISBN 978-1-900732-06-2.
  2. Smith, J.R.; Anthony L. Kay (1990). German Aircraft of the Second World War (7th impression ed.). London: Putnam. ISBN 978-0-85177-836-5.
  3. DFS230
  4. DFS230 Stories
  5. DFS230 - Luftwaffe (German Air Force)
  6. Bert, Hartmann,. «LuftArchiv.de - Das Archiv der Deutschen Luftwaffe». www.luftarchiv.de. Consultado em 8 de maio de 2017 
  7. a b [http://fallschirmjager.net/Vehicles/DFS230/index.html «Fallschirmj�ger.net - DFS 230 Glider»]. fallschirmjager.net. Consultado em 8 de maio de 2017  replacement character character in |titulo= at position 12 (ajuda)
  8. a b World War II Glider Pilots (em inglês). [S.l.]: Turner Publishing Company. 1 de janeiro de 1991. ISBN 9780938021957 

Bilbliografia[editar | editar código-fonte]

  • (em inglês) Gunston, Bill & Wood, Tony - Hitler's Luftwaffe, 1977, Salamander Books Ltd., London

ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre DFS 230
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.