Henschel Hs 123

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Henschel Hs 123
Bombardeiro
Descrição
Tipo / Missão Bombardeiro de mergulho/Suporte aproximado
País de origem  Alemanha
Fabricante Henschel & Sohn
Período de produção 1936-1940
Quantidade produzida ~250
Primeiro voo em 8 de maio de 1935 (84 anos) primeira demonstração pública
Introduzido em 1936
Aposentado em 1953 da Força Aérea Espanhola[nota 1]
Variantes Hs 123A-0, Hs 123A-1, Hs 123B, Hs 123C
Tripulação 1 (Hs 123A-1)
Especificações (Modelo: Hs 123A-1)
Dimensões
Comprimento 8,33 m (27,3 ft)
Envergadura 10,50 m (34,4 ft)
Altura 3,20 m (10,5 ft)
Área das asas 24,85  (267 ft²)
Alongamento 4.4
Peso(s)
Peso vazio 1 500 kg (3 310 lb)
Peso carregado 2 215 kg (4 880 lb)
Propulsão
Motor(es) 1 x motor radial a pistão de nove cilindros BMW 132Dc
Potência (por motor) 880 hp (656 kW)
Performance
Velocidade máxima 341 km/h (184 kn)
Alcance bélico 480 km (298 mi)
Alcance (MTOW) 860 km (534 mi)
Teto máximo 9 000 m (29 500 ft)
Razão de subida 15 m/s
Armamentos
Metralhadoras / Canhões 2 x metralhadoras MG 17 de 7,92 mm (0,312 in) (substituídos em campo para 2 x canhões MG FF de 20 mm (0,787 in)
Bombas Até 450 kg (992 lb)
Notas
Dados de: Aircraft of World War II: The Aviation Factfile[nota 2]

O Henschel Hs 123 foi um bombardeiro de mergulho desenvolvido e operado pela Alemanha Nazista na Guerra Civil Espanhola e Segunda Guerra Mundial.[1]

Durante a Guerra Civil Espanhola, cinco Hs 123A foram utilizados na Legião Condor, sendo estas adquiridas pela Espanha e mais 11 unidades encomendadas no término do conflito, ficando em ativa na Força aérea espanhola até o ano de 1943, quando todas as 16 unidades foram destruídas em acidentes.[1]

O Hs 123 também atuou na Invasão da Polônia e na Batalha da França. A aeronave ficou em serviço até o ano de 1944.[1]

Depois de um tempo da Operação Barbarossa, os alemães cogitaram em voltar a fabricar o modelo, já que ele era o único modelo disponível que podia operar dos precários campos de pouso russos, mas isso não se iniciou pois os projetos haviam sido perdidos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Green 1970. pp. 150.
  2. Winchester 2004, p. 131.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Green, William. Warplanes of the Third Reich. London: Macdonald and Jane's Publishers Ltd., 1970 (fourth impression 1979). ISBN 0-356-02382-6.
  • Winchester, Jim. "Henschel Hs 123." Aircraft of World War II: The Aviation Factfile. Kent, UK: Grange Books plc, 2004. ISBN 1-84013-639-1.

Referências

  1. a b c «Henschel Hs 123». Luftwaffe 39-45. Consultado em 16 de janeiro de 2014 
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.