Dornier Do 317

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation arrow.svg
Este artigo resulta, no todo ou em parte, de uma tradução do artigo «Dornier Do 317» na Wikipédia em inglês, na versão original. Você pode incluir conceitos culturais lusófonos de fontes em português com referências e inseri-las corretamente no texto ou no rodapé. Também pode continuar traduzindo ou colaborar em outras traduções. Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Do 317
Bombardeiro
Descrição
Tipo / Missão Bombardeiro pesado experimental
País de origem  Alemanhasta
Fabricante Dornier Flugzeugwerke
Período de produção 1943
Quantidade produzida 6[1]
Desenvolvido de Dornier Do 217
Primeiro voo em 8 de setembro de 1943 (75 anos)
Tripulação 4[2]
Especificações (Modelo: Do 317A)
Dimensões
Comprimento 16,8 m (55,1 ft)
Envergadura 20,63 m (67,7 ft)
Altura 5,44 m (17,8 ft)
Área das asas 68  (732 ft²)
Alongamento 6.3
Peso(s)
Peso carregado 20 140 kg (44 400 lb)
Propulsão
Motor(es) 2 x motores a pistão invertidos de doze cilindros refrigerados a liquido Daimler-Benz DB 603A[3]
Potência (por motor) 1 750 hp (1 300 kW)
Performance
Velocidade máxima 560 km/h (302 kn)
Velocidade de cruzeiro 420 km/h (227 kn)
Alcance (MTOW) 3 980 km (2 470 mi)
Teto máximo 9 800 m (32 200 ft)
Armamentos
Metralhadoras / Canhões 3x MG 131 de 13 mm
2x MG 81 7.92 mm
1x MG 151 15 mm
Bombas Até 4 000 kg (8 820 lb)
Notas
Dados de: Die Deutsche Luftrüstung 1933–1945[4]

O Dornier Do 317 foi um bombardeiro pesado alemão desenvolvido pela Dornier durante a Segunda Guerra Mundial.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em Junho de 1940 a Dornier planeava na evolução do Do 217[5] que tivesse motores mais potentes, e assim começou a desenvolver o Do 317. Duas versões desta aeronave foram apresentadas ao RLM para o projecto "Bombardeiro B": um simples Do 317A com dois motores DB 603A e com armamento convencional defensivo, e um mais avançado Do 317B com dois motores DB 610A/B com asas mais longas, armamento defensivo mais avançado e capaz de carregar uma maior quantidade de bombas.[6]

Seis protótipos do Do 317A foram encomendados à Dornier, e o primeiro deles, o Do 317 V1, começou os voos de teste no dia 8 de Setembro de 1943. O Do 317 V1 era muito similar ao Do 217 na aparência, porém tinha características diferentes. Contudo, os testes feitos não revelaram avanços significativos em relação ao Do 217[7], e então tomou-se a decisão de pegar nos outros 5 protótipos e converte-los em cinco Henschel Hs 293. Desta forma, foram todos re-designados Do 217R. Por esta altura, os planos com um possível Do 317B foram abandonados devido às condições impostas pela guerra.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Dornier Do 317

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.