Hospital Municipal Mário Gatti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mário Gatti
Fachada do hospital.
Nome completo Hospital Municipal Doutor Mário Gatti
Localização Campinas
 São Paulo
 Brasil
Fundação 14 de julho de 1974 (44 anos)
Sistema de saúde SUS
Tipo Público
Especialidades Diversas
Site http://www.hmmg.sp.gov.br
editar

O Hospital Municipal Doutor Mário Gatti é um hospital público municipal, localizado na cidade de Campinas, fundado em 14 de julho de 1974[1], data do bicentenário da cidade. Seu nome vem do médico ítalo-brasileiro Mário Gatti, que exerceu a medicina em Campinas na primeira metade do século XX.

Trata-se de um hospital muito demandado para emergências e urgências na Região Metropolitana de Campinas, que conta com 230 leitos e dispõe de mais de 1.500 funcionários para atender a uma média de 1.230 pessoas por dia, também realizando exames laboratoriais e de diagnóstico por imagem, tudo pelo Sistema Único de Saúde.

História[editar | editar código-fonte]

Em 2004 teve reconhecido pelos ministérios da Saúde e da Educação o status de hospital de ensino, oferecendo desde então qualificação e especialização em 10 especialidades médicas.

Em 2011, mais de 10 mil pessoas foram internadas e 786 mil exames laboratoriais e de imagem foram realizados. A taxa de ocupação média do último ano ficou em 92%. Isso significa que o hospital esteve praticamente cheio durante todo o ano.

Endereço[editar | editar código-fonte]

O Hospital Municipal Mário Gatti localiza-se na Avenida Prefeito Faria Lima, 340, no bairro Parque Itália, Região Sul de Campinas.

Hospital de Ensino[editar | editar código-fonte]

O HMMG é um Hospital de Ensino para cursos da área de saúde, sendo hoje campo de Internato para alunos de Medicina da Faculdade São Leopoldo Mandic, sediada em Campinas, instituição reconhecida como uma das melhores faculdades da área de saúde do país pelo MEC.

Galeria de Fotos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Hospital Mário Gatti HMMG, acesso em 13 de julho de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]