Mercado Municipal de Campinas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mercado Municipal de Campinas
Fachada do Mercado Municipal de Campinas
Tipo Mercado
Estilo dominante neomourisco
Arquiteto Ramos de Azevedo
Inauguração 12 de abril de 1908 (110 anos)
Proprietário atual Prefeitura Municipal de Campinas
Local Campinas, SP,  Brasil
Endereço Avenida Benjamin Constant, s/n, Centro
Coordenadas

O Mercado Municipal de Campinas é um mercado localizado no Centro de Campinas, no interior do estado de São Paulo, no Brasil.

História[editar | editar código-fonte]

Foi inaugurado em 12 de abril de 1908. O edifício foi construído inicialmente para servir como armazém de estocagem dos produtos transportados pela ferrovia Funilense.[1] Comprado pela prefeitura, foi reformado e transformado em Mercado Municipal. Obra do arquiteto Ramos de Azevedo, o mercado foi projetado em um pitoresco estilo neomourisco. Sua área total é de 7 720 metros quadrados, sendo 3 110 metros quadrados de área construída, mais estacionamento e 153 boxes para venda dos mais diversos produtos. Foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas (Condepacc) como patrimônio histórico e cultural da cidade de Campinas em 24 de novembro de 1982.

Hoje, este centro de compras é uma das áreas mais visitadas de Campinas, situada no centro da cidade e rodeada de estabelecimentos comerciais diversos, entre as ruas Benjamin Constant e Senador Saraiva, além da proximidade da Avenida Francisco Glicério. Em seus boxes e barracas encontra-se todo tipo de mercadoria utilizada por chefs de cozinha, como temperos, azeites, queijos, frutas, legumes, verduras, carnes, peixes e pimentas. Ao longo dos quase 110 anos de existência, o Mercadão de Campinas tem mantido a qualidade e a variedade de seus produtos, acompanhando a tendência gastronômica brasileira.

Referências