Orlando Drummond

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Orlando Drummond Cardoso)
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde março de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde setembro de 2011). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Orlando Drummond
Nome completo Orlando Drummond Cardoso
Nascimento 18 de outubro de 1919 (98 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileiro
Parentesco Felipe Drummond (neto)
Alexandre Drummond (neto)
Eduardo Drummond (neto)
Cônjuge Glória Drummond (1951-presente)
Ocupação Ator
Dublador
Comediante
Radialista
Período de atividade 1942-presente
Principais trabalhos

Orlando Drummond Cardoso (Rio de Janeiro, 18 de outubro de 1919[1]) é um ator, dublador, comediante e radialista brasileiro.

Orlando é conhecido pelo personagem Seu Peru da Escolinha do Professor Raimundo[2] bem como por dublar os personagens Scooby Doo, Alf (em Alf: O ETeimoso), Popeye, e Vingador (em Caverna do Dragão), entre outros.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Orlando iniciou sua carreira no ano de 1942 como contrarregra e com auxílio de Paulo Gracindo começou a atuar como dublador, após ele perceber o potencial de Orlando para tal.[3] Posteriormente, atuou em alguns filmes como Rei do Movimento (1954) e Angu de Caroço (1955) até chegar à carreira de dublador, a qual exerce desde o fim dos anos 50. Interrompeu o trabalho como dublador em junho de 2015 após sofrer um acidente.[4]

Ganhou notoriedade pelo personagem Seu Peru da Escolinha do Professor Raimundo, criado em 1952 para a versão do programa ainda no rádio. Em novelas, sua primeira participação ocorreu em Caça Talentos, interpretando Zaratustra de 1996 a 1998. Atuou no programa Zorra Total entre 1999 e 2013, interpretando diversos personagens, entre eles o Seu Peru; apareceu ainda no Vídeo Show em fevereiro de 2015.[5]

Entrou para o Livro Guinness dos Recordes por dublar Scooby Doo por mais de 35 anos.[6] Entretanto, na série Scooby Doo - Mistério S/A, Orlando dublou Scooby apenas na 1ª temporada por causa de uma exigência da Warner, sendo substituído então por Reginaldo Primo.[7]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Orlando é casado desde 1951 com Glória Drummond, com quem possui[8] 2 filhos, 5 netos – dos quais 3 (Felipe, Alexandre e Eduardo)[9] são também dubladores – e 2 bisnetos.[10]

Dublagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Aos 95 anos, Orlando Drummond celebra seus 75 anos de carreira
  2. «EU ESTOU RINDO, MAS POR DENTRO ESTOU CHORANDO", DIZ SCOOBY-DOO. .». Portal G1. 20 de Dezembro de 2006 
  3. «Dia do Dublador: As vozes por trás dos grandes personagens». MSN Entretenimento. 29 de junho de 2010. Consultado em 19 de maio de 2012 
  4. «Aos 96 anos e fora da TV, Seu Peru aprova Caruso: Já tenho substituto - Últimas Notícias - UOL TV e Famosos». tvefamosos.uol.com.br. Consultado em 25 de novembro de 2015 
  5. «Aos 96 anos e fora da TV, Seu Peru aprova Caruso: Já tenho substituto - Últimas Notícias - UOL TV e Famosos». tvefamosos.uol.com.br. Consultado em 25 de novembro de 2015 
  6. a b c d e f g h «Orlando Drummond fala sobre a arte da dublagem e como criou as vozes de Popeye e Scooby Doo». Revista da cultura. Dezembro de 2011. Consultado em 19 de maio de 2012 
  7. «Mudaram as vozes do Scooby-Doo». Consultado em 26 de Março de 2013 
  8. «Orlando Drummond, o Seu Peru da 'Escolinha', completa 95 anos e festeja a carreira como dublador e humorista». Extra. 18 de outubro de 2014. Consultado em 18 de outubro de 2014 
  9. «Dia do Dublador: As vozes por trás dos grandes personagens». MSN Entretenimento. 29 de junho de 2010. Consultado em 16 de maio de 2012 
  10. «Orlando Drummond dá exemplo de humor e longevidade aos 97 anos». g1.globo.com. 6 de dezembro de 2016. Consultado em 1 de dezembro de 2017