Lista de personagens bíblicas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Personagens bíblicos)

Está página contém uma lista de listas de nomes próprios de personagens bíblicas, compiladas no século dezenove no Dicionário de nomes da Bíblia de Hitchcock como parte da nova análise completa da Santa Bíblia de Hitchcock, escrita por Roswell Dwight Hitchcock,[1][2] e do Dicionário da Bíblia por William R. Smith.[3] A maioria dos nomes masculinos e femininos e suas definições também podem ser encontradas nos livros de Herbert Lockyer: as Todos os Homens da Bíblia[4] e Todos as Mulheres da Bíblia[5]. A maioria dos nomes divinos e suas definições também podem ser encontradas no livro de Lockyer, Todos os Nomes Divinos e os títulos da Bíblia.[6]

Lista dos nomes bíblicos[editar | editar código-fonte]

Nomes em hebraico arcaico[editar | editar código-fonte]

Nos dias do povo hebreu, os nomes das pessoas não eram simples rótulos. Eles tinham significados especiais. Os nomes antigos tinham relação com a circunstâncias do nascimento, do local, da aparência da criança, etc. Às vezes, o nome relacionava-se com o futuro da criança, os nomes proféticos.[7]

Muitas vezes, o nome representava a personalidade do indivíduo. Assim, o nome da pessoa era algo muito importante, digno de honra, pois representava o caráter do indivíduo, isto é, o próprio indivíduo. Por exemplo, o nome de Isaque, “Riso de YHWH”, lembrava o riso de seus pais idosos ao ouvirem que teriam um filho e que agora YHWH que sorria ( Génesis 17:17,19 ; 18:12 ).[8]

O nome de Esaú, por exemplo, significava “Peludo”, descrevendo uma característica física. Seu outro nome, Dom, “vermelho”, ou “Corado”, era um lembrete de que ele vendera seu direito de primogenitura por um prato de cozido vermelho ( Génesis 25:25, 30 - 34; 27:11; 36:1 ).

Jacó, embora fosse apenas um pouquinho mais jovem que seu irmão gêmeo, comprou o direito de primogenitura de Esaú e recebeu de seu pai as bênçãos de primogênito. De nascimento, o significado do nome de Jacó era “Agarrar o Calcanhar” ou “Suplantador”. ( Génesis 278:36 ).[9]

O povo hebreu tinha o costume de dar a seus filhos nomes relacionados com o seu Altíssimo Soberano e Criador.

Os nomes hebraicos começados ou terminados em “Yaohou” ou “Yaohuh”(abreviado), ou ainda na forma mais abreviada "Yahu" referem-se ao ser Criador, sendo que "Yaohou" seria a pronúncia do Tetragrama hebraico יהוה (YHWH). Também encontra-se em alguns nomes o título do Criador "Ul".[10]


Nome em Hebraico Nome em Português Significado
Yaohoushua Jesus "Yaohou salva"
Yarmiyaohou Jeremias "Yaohou é alto"
Yaoshuayaohou Isaías "Salvação de Yaohou"
Yaohoukhánam João "Yaohou é cativante"
Manyaohou Matheus "Presente de Yaohou"
Kozokiul Ezequiel "O supremo fortalece"
Yaososa Josias "Yaohou cura"
Naorremyaohou Neemias "Yaohou conforta"
Kozokiyaohou Ezequias "Yaohou minha fortaleza"
Shamiul Samuel "O supremo me ouviu"
Khánamyaohou Hananias "Yaohou é cativante"
Awodyaohou Obadias "Servo de Yaohou"
Zocharyaohou Zacarias "Lembrado de Yaohou"
Yaohoutzaq Isaque "Riso de Yaohou"
Mikaul Miguel "Quem é como o Altíssimo?"
Gabor-Ul Gabriel "O altíssimo é minha força"
Ulishua Elizeu "O supremo é minha salvação"
Yaohoucaf Jacó "Suplantador"
Dayan-Ul Daniel "O altíssimo é meu juiz"
Yaohoushorul Israel "Lutou com supremo"
Ozoryaohou Azarias "Yaohou tem ajudado"
Kháfaul Rafael "O supremo criou"
Shuaolmoo Salomão "Descanso"
ZafnaYaohou Sofonias "Proteção de Yaohou"
Yaohudah Judá "Louvor a Yaohou"
Yao-Ul Joel "Yaohou Altíssimo"
Shaul Saul "Supremo salva"
Abiul Abel "O altíssimo é meu Pai"
Benyamin Benjamin "Filho da minha mão direita"
Mehushua Moisés "Salvo (da água)"
Mihushua-Ul Misael "Quem é semelhante ao supremo?
Yaohousaf José "Yaohou multiplica"
Dawd Davi "Considerado"
Yaohoushuaoléim Jerusalém "Cidade Perfeita"
Adam Adão "Terra"
Abraham Abraão "Pai de uma multidão"
Yaohoudim Judeu "Povo de Yaohou"
Zoroah Sara "Princesa"
Káfos Pedro "Pedra"
Há-Satan Satanás "Opositor"

Os povos antigos tinham por hábito dar nomes de seus ídolos aos seus descendentes. Como por exemplo, temos Nebochadnezzar (Nabucodonosor), que significa Nebo defende a fronteira; e Yezebel (Jezabel), por sua vez, quer dizer Bel (Baal) é exaltado.[11]

Veja também[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. Roswell Dwight Hitchcock, Washburn Professor of Church History in Union Theological Seminary. Bible Names Dictionary, 1869, New York City
  2. Hitchcock's Bible Names Dictionary at Christian Classics Ethereal Library of Calvin College for additional references and sources
  3. William R. Smith Dictionary of the Bible
  4. Herbert Lockyer, All the Men of the Bible, pp. 19 - 369
  5. Lockyer, All the Women of the Bible, ISBN 0-310-28151-2, pp. 11 - 320
  6. Lockyer, All the Divine Names and Titles in the Bible, ISBN 0-310-28041-9, pp. 16 - 368
  7. admin (28 de dezembro de 2015). «Civilização Hebraica, Povo, Hebreus, História Civilização Hebraica». Portal São Francisco. Consultado em 18 de novembro de 2020 
  8. Tempo, Departamento Web Novo. «Dicionário Bíblico». Biblia.com.br. Consultado em 18 de novembro de 2020 
  9. «A influência e as tradições do Nome no Judaísmo». Jornal da Orla (em inglês). 23 de julho de 2020. Consultado em 18 de novembro de 2020 
  10. «Nomes e títulos onde os impostores entraram | YHWH | Bíblia». Scribd. Consultado em 18 de novembro de 2020 
  11. William. Desvendando Os Nomes Bíblicos. [S.l.]: Clube de Autores (managed) 


Ícone de esboço Este artigo sobre a Bíblia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.