Vila Nova Cachoeirinha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o distrito de São Paulo, veja Cachoeirinha (distrito de São Paulo).
Vila Nova Cachoeirinha
Bairro de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg
Dia Oficial: 5 de agosto
Imigração predominante:  Japão
Distrito: Cachoeirinha
Subprefeitura: Casa Verde
Região Administrativa: Nordeste

Vila Nova Cachoeirinha é um bairro da Zona Norte de São Paulo, pertencente ao distrito da Cachoeirinha.

É o principal bairro do distrito da Cachoeirinha, no bairro é possível encontrar um grande centro comercial, o Terminal Vila Nova Cachoeirinha, Hospital de Vila Nova Cachoeirinha, cemitério de Vila Nova Cachoeirinha, centro cultural, clínicas particulares e escolas públicas e privadas. O bairro apresenta fácil acesso a boa parte da Zona Norte, como Santana, Casa Verde, Limão, Mandaqui, Tucuruvi, Freguesia do Ó, Brasilândia, Pirituba e ao centro da cidade, como Paiçandu, Santa Cecília, Bom Retiro, Terminal Princesa Isabel e outros.

Além da parte residencial, Vila Nova Cachoeirinha apresenta uma variedade de comércios e a cada dia tem atraído grandes franquias. O principal centro comercial do bairro é chamado pelos frequentadores de "Largo do Japonês" e é possível encontrar de componentes eletrônicos até móveis.

O bairro oferece também a facilidade em encontrar academias, colégios particulares e públicos, imóveis recém lançados, shows e atrações gratuitas e centros religiosos.

História:[editar | editar código-fonte]

O primeiro loteamento de Vila Nova Cachoeirinha teve início em junho de 1941. Um dos primeiros terrenos vendidos foi o da esquina das hoje denominadas

avenidas Deputado Emílio Carlos e Imirim, mas já havia por ali um núcleo de moradores, arrendatários e trabalhadores das chácaras, que plantavam batatas e hortaliças.

Moradores antigos consultados lembraram que existia, onde é hoje o Largo do Japonês, um riacho que desembocava mais à frente, onde hoje passa a avenida Inajar de Souza (córrego Cabuçu). "Perto da Maternidade existiam lagos e a cachoeirinha, que atraía muita gente nos finais de semana".

A Vila Nova Cachoeirinha faz divisa com os bairros de: Lauzane Paulista, Vila Amália, Jardim Peri, Vila Dionísia, Imirim, Casa Verde Alta, Jardim Primavera e Vila Penteado.

Chegada do Metrô:[editar | editar código-fonte]

Prevista inicialmente para ligar a Freguesia do Ó à estação São Joaquim (Linha 1-Azul), a Linha 6-Laranja do Metrô será estendida aos bairros da Vila Nova Cachoeirinha e Brasilândia, na zona norte da capital paulista. A partir da estação Freguesia do Ó haverá uma bifurcação que seguirá com um trecho para a Vila Nova Cachoeirinha, com mais de quatro quilômetros e três estações, e outro para a Brasilândia, com quatro quilômetros e três estações.

Com a extensão, a Linha 6-Laranja terá, no total, 18,4 quilômetrose 17 estações. A nova linha também será integrada às linhas 7-Rubi e 8-Diamante da CPTM, na estação Água Branca; Linha 4-Amarela, na estação Higienópolis-Mackenzie. A demanda prevista da linha é de 600 mil passageiros/dia, atendendo aos bairros da Freguesia do Ó, Limão, Perdizes, Sumaré, Bela Vista e Liberdade. Grandes centros educacionais como a UNIP, PUC, FAAP, Mackenzie e FMU também serão beneficiados pela nova linha, que irá se conectar com importantes eixos de transporte coletivo por ônibus como as avenidas Marquês de São Vicente, Sumaré, Angélica, Nove de Julho e Brigadeiro Luís Antônio, além das ruas Guaicurus/Clélia e Consolação.[1]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Linha 6 chegará às vilas Nova Cachoeirinha e Brasilândia | Notícias | Portal do Governo do Estado de São Paulo». Portal do Governo do Estado de São Paulo. Consultado em 2016-01-30.