Batalha de Hong Kong

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Soldados japoneses na Queen's Road, em Hong Kong, após a rendição dos britânicos, em dezembro de 1941

Batalha de Hong Kong (08-25 dezembro 1941), também conhecido como a Queda de Hong Kong, foi uma das primeiras batalhas da Campanha do Pacífico, durante a Segunda Guerra Mundial.[1]

Na mesma manhã do ataque à base naval dos Estados Unidos em Pearl Harbor, no Havaí, as forças do Império do Japão também atacaram Hong Kong, então uma possessão do Império Britânico. O ataque foi uma violação do direito internacional, visto que o Japão não havia declarado guerra contra os britânicos.[1]

O ato de agressão não provocado por parte do Japão foi recebido com forte resistência da guarnição de Hong Kong, composta por tropas locais, bem como por unidades britânicas, canadenses e indianos. Dentro de uma semana, os defensores da cidade abandonaram o continente e, menos de duas semanas depois, com a posição na ilha insustentável, a colônia britânica se rendeu aos japoneses.[1]

Referências

  1. a b c Harris, John R.. The Battle for Hong Kong 1941–1945 (HB). [S.l.]: Hong Kong University Press, 2005. p. 55. ISBN 978-962-209-779-7.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Batalha de Hong Kong
Ícone de esboço Este artigo sobre batalhas (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.