Ordem Franciscana Secular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde março de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Ordem Franciscana Secular (O.F.S.; em latim Ordo Franciscanus Saecularis) é a atual denominação da Venerável Ordem Terceira da Penitência de São Francisco de Assis (ou Irmãos e Irmãs da Penitência) uma organização da Igreja Católica destinada a reunir fiéis leigos e clero diocesano (a Terceira Ordem - O.T.F.S.). Os membros da OFS procuram observar os Evangelhos seguindo os passos de São Francisco de Assis em suas casas, trabalho e vida quotidiana.

Ordens[editar | editar código-fonte]

  • A Ordem primeira dos Frades Menores incumbia o apostolado de seguir os passos do nosso Senhor Jesus Cristo e de exemplo de obediência para a Igreja;
  • A Ordem Segunda das Pobres Damas se dedicavam ao sacrifício, a oração e o amor a Deus no Claustro;
  • A Ordem Terceira tem a nobre missão de reavivar nas consciências a honestidade dos costumes e os sentimentos Cristãos de paz e caridade, destinada a homens e mulheres que sem deserção da própria família e sem renunciar as suas propriedades, pudessem levar a todos os sentimentos Cristãos e a estes os chamou de Irmãos da Penitência, conhecida hoje como Ordem Terceira Franciscana e seus membros tentam alcançar a perfeição Cristã.

Conceito[editar | editar código-fonte]

A Ordem Franciscana Secular é constituída por Fraternidades abertas a todos os cristãos seculares. Nelas há lugar para jovens, para casados, viúvos e celibatários no mundo; para clérigos e leigos; para todas as classes sociais, todas as profissões, para todas as raças; para homens e mulheres. Há lugar para todos porque se busca viver segundo o Santo Evangelho como irmão e irmãs da penitência.

Os franciscanos seculares constituem uma verdadeira Ordem na Igreja. Não formam um mero movimento ou associação qualquer, mas uma ordem reconhecida como tal pela Igreja, que lhe apresenta uma forma de vida chamada Regra.

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundada por volta de 1221 para congregar os leigos que desejavam seguir São Francisco de Assis participando do movimento franciscano. Tem como padroeiros Santa Isabel da Hungria e São Luis IX, Rei de França.

O primeiro casal a seguir a vocação franciscana secular foi o Bem-Aventurado Luquésio (ou Lúcio) e sua esposa Buonadona. Sua memória comemora-se no dia 28 de abril.

Tantas outras pessoas ilustres participaram da Ordem, como Dante Alighieri, Thomas More, o Beato Pio IX, Papa Leão XIII, São Pio X, São João XXIII (e mais outros 2 papas), Chiara Lubich etc.

A primeira regra para conduzir a vivência dos irmãos terceiros foi aprovada, em 1289, pelo Papa Nicolau IV. Essa regra, com pequenas alterações, existiu até 1883 quando o Papa Leão XIII lhe aplicou grande reforma. Essa alteração visava ampliar a contribuição dos franciscanos seculares diante dos problemas sociais da época. Em 24 de junho de 1978, o Papa Paulo VI aprovou a Regra atualmente em vigor.

Filosofia[editar | editar código-fonte]

O projeto de vida de todo cristão e especialmente de todo franciscano secular é o seguimento da vida de Nosso Senhor Jesus Cristo, conforme os ensinamentos que nos foram revelados através do Santo Evangelho. Por isso, "A Regra e a vida dos franciscanos seculares é esta: observar o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, segundo o exemplo de São Francisco de Assis, que fez do Cristo o inspirador e o centro de sua vida com Deus e com os homens (Rg 4; 1Cel, 18, 115).

Fraternidades[editar | editar código-fonte]

Compõe-se de fraternidades que estão divididas em quatro níveis:

  • fraternidade local,
  • fraternidade regional
  • fraternidade nacional; e
  • fraternidade internacional.

Toda fraternidade, de qualquer nível, goza de autonomia administrativa, econômica e financeira, estando porém coordenadas e ligadas entre si segundo a Regra, as Constituições Gerais da OFS, o ritual e os estatutos.

As relações entre a Juventude Franciscana (JUFRA) e a OFS devem ser marcadas pelo espírito de uma comunhão vital e recíproca.

Membros[editar | editar código-fonte]

A OFS compõe-se de leigos católicos solteiros, casados, viúvos, consagrados e padres diocesanos, que testemunham em sua vida quotidiana o carisma franciscano, ao pregarem a Paz e o Bem. Há um período de formação inicial, após o qual o irmão faz sua profissão solene, uma promessa de vida evangélica conforme os ensinamentos de São Francisco.

Os requisitos para ingressar na OFS são os seguintes: viver em conformidade com a fé católica e os mandamentos da Santa Igreja; ser maior de 18 anos.

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Pin da Ordem Franciscana Secular do Brasil.

No Brasil, as primeiras ordens terceiras franciscanas foram formadas durante o século XVII. O órgão oficial da Ordem Franciscana Secular do Brasil é a Revista Paz e Bem. Reúne membros de todos os extratos da sociedade brasileira:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver Também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ordem Franciscana Secular
Ícone de esboço Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.