Papa Hormisdas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hormisdas
52º papa
Hormispope.jpg
Nascimento Frosinone, 475
Eleição 20 de Julho de 514
Fim do pontificado 6 de Agosto de 523 (48 anos)
Antecessor Símaco
Sucessor João I
Listas dos papas: cronológica · alfabética

Hormisdas foi Papa entre 20 de julho de 514 até 6 de agosto de 523, data da sua morte. É considerado santo pela Igreja Católica e o dia que lhe é dedicado é 6 de agosto.

Hormisdas fora diácono do Papa Símaco, sucedendo-o no pontificado. Era casado (ou viúvo), quando de sua eleição, sendo o pai do futuro Papa Silvério (536-537).

Logo teve de enfrentar a grave situação em que estava envolvida a Igreja de sua época, eliminando primeiramente o cisma laurenciano, provocado pelo Antipapa Lourenço (498-515), eleito contra Símaco. Após a retratação dos seguidores de Lourenço, reintegrou-os em sua função e cuidou, em seguida, da conciliação de outro mais grave, o cisma acaciano, que desde 484 separava a Igreja do Oriente de Roma. Acácio, patriarca de Constantinopla, que tinha o apoio de vários bispos, havia sido excomungado pelo Papa Félix III por ter subscrito o Henotikon de Zenão I, uma fórmula de fé unitária para todos os súditos do Império Bizantino, em que se aceitavam os concílios de Niceia e de Constantinopla, mas se negava o de Concílio de Calcedônia, afirmando o chamado credo niceno-constantinopolitano.

As negociações entre Hormisdas e o imperador do oriente, Anastácio I Dicoro, para pôr fim ao cisma fracassaram; só foi possível chegar a um acordo com o sucessor de Anastácio, Justino I, que, com o patriarca João, aceitou e subscreveu a fórmula de fé de Hormisdas (Formula Hormisdae) em 519. Por outro lado, foi intensa a atividade de Hormisdas no ocidente, onde reorganizou a Igreja da Espanha após a invasão dos visigodos.

Dentre suas decisões, a proibição da compra do cargo de bispo com privilégios e donativos foi marcante, pelo fim da simonia que muitas vezes macularam a própria escolha do Papa.

Durante seu pontificado, São Bento fundou a famosa ordem que leva seu nome.

Calendário cristão[editar | editar código-fonte]

No ano de 525, Hormisdas encarregou a Dionísio, o Pequeno, astrônomo de origem cítia e abade de um monastério romano, de estabelecer como o primeiro ano da Era Cristã aquele do nascimento de Jesus.

Os cálculos então realizados por Dionísio, como depois se comprovou, erraram por cerca de seis anos por haver equivocadamente datado o reinado de Herodes I o Grande, deduzindo haver Jesus nascido no ano 753 da Fundação de Roma, quando na verdade isto se deu em 748.

Hagiografia[editar | editar código-fonte]

Santo Enódio, bispo de Pavia, profetizara que o então diácono Hormisdas um dia seria Papa. Apesar de pouco se saber sobre a sua vida longe da religião, foi considerado Santo por seus feitos notáveis, trazendo harmonia ante as divisões que ameaçavam a Igreja Romana.

É retratado, na arte, junto a um camelo. É o santo protetor dos tratadores de animais de estrebaria (palafreneiros e cavalariços) e o dia que lhe é dedicado é o 6 de agosto.


Precedido por
Símaco
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

52.º
Sucedido por
João I


Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Papa Hormisdas