Agenor Francisco Homem de Carvalho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Agenor Francisco Homem de Carvalho
Nascimento 23 de novembro de 1933 (87 anos)
Rio de Janeiro
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação General de divisão e político

Agenor Francisco Homem de Carvalho GCIH (Rio de Janeiro, 23 de novembro de 1933) é um general de divisão e político brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ingressou na carreira militar em 2 de feevreiro de 1953, na Academia Militar das Agulhas Negras, onde graduou-se aspirante-a-oficial de artilharia em 15 de fevereiro de 1955.

Foi promovido a segundo tenente em 25 de setembro de 1955, a primeiro tenente em 25 de dezembro de 1957 e a capitão em 25 de abril de 1961.

Ascendeu ao posto de major em 25 de dezembro de 1968 e em 1969, foi o primeiro colocado de sua turma na Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, recebendo por isso a medalha Marechal Hermes de prata dourada com uma coroa.

Foi promovido a tenente-coronel em 31 de agosto de 1975 e a coronel em 25 de dezembro de 1980. Nesse posto, foi adido militar em Roma, na Itália.

Promovido a general de brigada em 31 de março de 1988, comandou a 11.ª Brigada de Infantaria Blindada, em Campinas, no período de 2 de maio de 1988 a 26 de janeiro de 1990.[1]

Foi chefe do Gabinete Militar no governo Fernando Collor de Melo, de 15 de março de 1990 a 2 de outubro de 1992.[2]

A 2 de Julho de 1991 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique de Portugal.[3]

Em 31 de março de 1992, atingiu o posto de general de divisão, indo para a reserva em 1997. Mora atualmente no Rio de Janeiro.

Referências

  1. «Antigos Comandantes da 11ª Brigada de Infantaria Blindada». Consultado em 19 de julho de 2021 
  2. «Gabinete de Segurança Institucional (GSI)». Departamento de Segurança da Informação e Comunicações do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República. Consultado em 3 de janeiro de 2015 
  3. «Cidadãos Estrangeiras Agraciados com Ordens Nacionais». Resultado da busca de "Agenor Francisco Homem de Carvalho". Presidência da República Portuguesa (Ordens Honoríficas Portuguesas). Consultado em 1 de março de 2016 

Precedido por
Rubens Bayma Denys
Coat of arms of Brazil.svg
38º Chefe do Gabinete Militar da Presidência da República

1990 — 1992
Sucedido por
Fernando Cardoso