Dionísio Cerqueira (Santa Catarina)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Dionísio Cerqueira
Bandeira de Dionísio Cerqueira
Brasão de Dionísio Cerqueira
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 30 de dezembro de 1953 (61 anos)
Gentílico dionisiense ou cerqueirense
Prefeito(a) Altair Cardoso Rittes (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Dionísio Cerqueira
Localização de Dionísio Cerqueira em Santa Catarina
Dionísio Cerqueira está localizado em: Brasil
Dionísio Cerqueira
Localização de Dionísio Cerqueira no Brasil
26° 15' 18" S 53° 38' 24" O26° 15' 18" S 53° 38' 24" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Oeste Catarinense IBGE/2008 [1]
Microrregião São Miguel do Oeste IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Palma Sola, Guarujá do Sul, Princesa, Barracão, Bernardo de Irigoyen  Argentina
Distância até a capital 750 km
Características geográficas
Área 377,704 km² [2]
População 14 801 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 39,19 hab./km²
Altitude 830 m
Clima subtropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,747 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 230 559,734 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 15 064,34 IBGE/2008[5]
Página oficial

Dionísio Cerqueira é um município brasileiro do estado de Santa Catarina.

História[editar | editar código-fonte]

Localizada estrategicamente no limite do Paraná e do Brasil com a Argentina, Dionisio Cerqueira existe desde meados do século XIX. Em 1903 foi inaugurado o marco das Três Fronteiras, onde se pode colocar um pé no Paraná (Barracão), outro em Santa Catarina e esticar um braço em território argentino. A cidade foi colonizada por italianos e alemães vindos das colônias gaúchas e pertenceu a Chapecó até 1953, quando se tornou município. Seu nome é uma homenagem ao general Dionísio Evangelista de Castro Cerqueira, antigo ministro das Relações Exteriores e que demarcou a fronteira Brasil/Argentina.

Há 222 anos atrás, chegava ao Vale do Peperi-Guaçu um grupo pioneiro de Oficiais portugueses e espanhóis, para realizar a exploração cientifica da região. Data, portanto, de 1.959 início da povoação de Peperi-Guaçu em território paranaense. No dia 4 de Julho de 1.903, período em que era Presidente da República o Dr. Francisco de Paula Rodrigues Alves e Governador do Paraná Dr. Francisco Xavier da  Silva, o povoado foi elevado a categoria de vila. Sua Fundação teve como proponente o secretário do 5º Distrito Militar, Capitão Domingos de Nascimento. Como homenagem aos desbravadores da região, as oito ruas que desembocam na Praça Conselheiro Zacarias receberam os nomes de rua Alpoin,  Rua Alguedes, Rua Veiga de Andrade, Rua Marron, Rua Pacheco de Chistow, Rua Millon, Rua Rodrigues de Moura e Rua Bartholomeu Silva. O presidente Venceslau Brás decidiu finalmente, em 1.916, a questão de limites com o Estado do Paraná, levando toda a região denominada em Contestado a qual pertence Dionísio, a tornar-se território do Planalto de Santa Catarina. Em 1.952 a famosa Coluna Prestes chegou a Dionísio Cerqueira onde se deu o encontro com as forças comandadas pelo general Paim e Coronel Fulgêncio de Mello. Após a separação de suas forças com as de Juarez, Prestes conseguiu evadir-se para o Paraguai, enquanto Távora seguiu para Palmas, no Paraná. A Localidade em que ocorreu esse fato passou a chamar-se S E P A R A Ç Ã O. Em 22 de Dezembro de 1.917, foi criado pela Lei Municipal nº 2, de Chapecó, o Distrito de Barracão, na Localidade de Dionísio Cerqueira. O Distrito voltou a chamar-se Dionísio Cerqueira somente em 31 de março de 1.953, com a promulgação da Lei Estadual nº 86.133 elevou-se a Município, oficialmente instalado em 14 de março de 1.954, em 11 de fevereiro de 1.962 passou a categoria de Comarca, com jurisdição sobre os Municípios de Guarujá do Sul, Palma Sola, São José do Cedro e a sua própria sede. Dionísio Evangelista de Castro Cerqueira, nascido na Bahia em 2 de abril de 1.847 e falecido em 16 de novembro de 1.910 foi General do Exército, engenheiro militar, Bacharel em Física, Química Matemática, Deputado Federal e Ministro das Relações Exteriores.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Limita-se ao norte com o município de Barracão(PR) e Flor da Serra do Sul(PR), no Paraná, a oeste com a cidade argentina de Bernardo de Irigoyen, ao Sul com os municípios de Princesa(SC) e Guaruja do Sul(SC) e a Leste com Palma Sola(SC).

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.