Google Driverless Car

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Toyota Prius modificado para operar como o Google driverless car.

Google Driverless Car é um projeto patrocinado pela Google que envolve carros com piloto automático.

O projeto é liderado por Sebastian Thrun, diretor da Stanford Artificial Intelligence Laboratory e co-inventor da Google Street View. A equipe de Thrun criou em 2005 o Stanley que ganhou a 2005 DARPA Grand Challenge e recebeu dois milhões de dólares da United States Department of Defense.[1] A equipe consiste em 15 pessoas da Google, incluindo Chris Urmson, Mike Montemerlo, e Anthony Levandowski que trabalhou para a DARPA Grand and Urban Challenges.

O estado de Nevada legalizou o carro no estado.[2][3][4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Carro sem motorista do Google recebe licença nos EUA
  2. «Nevada enacts law authorizing autonomous (driverless) vehicles». Green Car Congress. 2011-06-25. Consultado em 2011-06-25. 
  3. Alex Knapp (2011-06-22). «Nevada Passes Law Authorizing Driverless Cars». Forbes [S.l.: s.n.] Consultado em 2011-06-25. 
  4. John Markoff (2011-05-10). «Google Lobbies Nevada To Allow Self-Driving Cars». The New York Times [S.l.: s.n.] Consultado em 2011-05-11. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Google Driverless Car
Ícone de esboço Este artigo sobre Tecnologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.