Capitão Augusto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de José Augusto Rosa)
Ir para: navegação, pesquisa
Capitão Augusto
Deputado federal por  São Paulo
Período 1 de fevereiro de 2015
presente
Dados pessoais
Nome completo José Augusto Rosa
Nascimento 4 de outubro de 1966 (51 anos)
Ourinhos, SP
Partido PR
Profissão Policial militar

José Augusto Rosa (Ourinhos, 4 de outubro de 1966[1]), também conhecido como "Capitão Augusto", é um policial militar e político brasileiro, atualmente filiado ao Partido da República (PR). Durante as eleições estaduais de 2014, foi eleito deputado federal por São Paulo tendo recebido 46.905 votos - representando 0.22% dos votos válidos daquela eleição.[1][2] Naquela eleição, foi beneficiado pelos votos concedidos ao deputado federal Tiririca, do seu mesmo partido.[3]

Rosa é fundador do Partido Militar Brasileiro, que não conseguiu o número necessários de assinaturas para ser criado antes das eleições de 2014.[4][5]

Votou a favor do Processo de impeachment de Dilma Rousseff.[6] Já durante o Governo Michel Temer, votou a favor da PEC do Teto dos Gastos Públicos.[6] Em abril de 2017 foi favorável à Reforma Trabalhista.[6] [7] Em agosto de 2017 votou a favor do processo em que se pedia abertura de investigação do então presidente Michel Temer.[6][8]

Referências

  1. a b «Capitão Augusto 2200». Consultado em 1 de fevereiro de 2015 
  2. «Deputados eleitos da região de Bauru falam sobre projetos futuros». G1. 6 de outubro de 2014. Consultado em 1 de fevereiro de 2015. E de Ourinhos, o candidato Capitão Augusto (PR), foi eleito deputado federal com 46.905 votos. Essa foi a quarta vez que ele concorre a um cargo público em eleição. Policial Militar, Augusto Rosa tentou fundar o Partido Militar Brasileiro, mas não obteve todas as assinaturas necessárias, por isso resolver concorrer pelo PR. Ele já tinha concorrido outras três vezes por diferentes partidos. 
  3. «Saiba quem foi eleito na 'carona' de Tiririca e Russomanno - Política - Estadão». Estadão 
  4. Rodrigues, Paloma (2 de julho de 2014). «Fundador do Partido Militar será candidato pelo PR, aliado de Dilma». Carta Capital. Consultado em 1 de fevereiro de 2015. Sem conseguir o número de assinaturas necessárias para a fundação do Partido Militar Brasileiro (PMB), Augusto Rosa, conhecido como Capitão Augusto, resolveu lançar sua candidatura a deputado federal pelo Partido da República (PR) 
  5. Sperandio, Marcelo (6 de março de 2014). «Com 320 mil assinaturas, Partido Militar Brasileiro quer o número 99». Época. Consultado em 1 de fevereiro de 2015 
  6. a b c d G1 (2 de agosto de 2017). «Veja como deputados votaram no impeachment de Dilma, na PEC 241, na reforma trabalhista e na denúncia contra Temer». Consultado em 11 de outubro de 2017 
  7. Redação (27 de abril de 2017). «Reforma trabalhista: como votaram os deputados». Consultado em 18 de setembro de 2017 
  8. Carta Capital (3 de agosto de 2017). «Como votou cada deputado sobre a denúncia contra Temer». Consultado em 18 de setembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.