Luxemburgo-brasileiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Luxemburgo Luxemburgo-brasileiros Brasil
População total

50.000[1]

Regiões com população significativa
Região Sudeste do Brasil
Região Sul do Brasil
Línguas
Português brasileiro, francês e alemão
Religiões
Católica
Grupos étnicos relacionados
teuto-brasileiros

Um luxemburgo-brasileiro é um brasileiro de total, predominantemente ou parcial ascendência luxemburguesa ou um imigrante luxemburguês no Brasil. Estima-se que existam cerca de 50 mil brasileiros com algum ascendentes luxemburguês.

A imigração luxemburguesa para o Brasil teve início em 1828 quando cerca de mil luxemburgueses estabeleceram-se no país[2]. A maior parte dos descendentes encontra-se em dois estados brasileiros: Santa Catarina[3] e Espírito Santo[4][5]. Muitos desses descendentes foram incentivados a pedir a nacionalidade luxemburguesa entre os anos de 2009e 2018. Para a maioria dos casos, o prazo legal expirou em 31 de dezembro de 2018[6].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. name="L’émigration luxembourgeoise vers l’Argentine">Wey, Claude (2002). «L'émigration luxembourgeoise vers l'Argentine» (PDF) (em francês). Revues Plurielles. Consultado em 25 de junho de 2007 
  2. "De L'Etat à la nation 1839-1989" Imprimeries St. Paul p. 145
  3. Jornal A Cidade. «Luxemburgo e Santa Catarina: Laços de amizade». 2018-07-18. Consultado em 29 de março de 2016 
  4. «Luxemburgueses no Espírito Santo». 2013-11-29. Consultado em 29 de março de 2016 
  5. Folha de S. Paulo. «Luxemburgo faz campanha para dar cidadania a descendentes». 2018-06-10. Consultado em 29 de março de 2016 
  6. Gazeta do Povo. «Em busca de mais moradores, país europeu faz força-tarefa para atrair brasileiros». 2018-07-2018. Consultado em 29 de março de 2016