Mesorregião do Sertão Alagoano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Mesorregião do Sertão Alagoano
Divisão regional do Brasil
Localização da Mesorregião do Sertão Alagoano
Características geográficas
Unidade federativa  Alagoas
Regiões limítrofes Agreste Alagoano; Vale São Franciscano da Bahia (BA); Sertão Sergipano (SE); Agreste Pernambucano (PE); Sertão Pernambucano (PE); São Francisco Pernambucano (PE)
Área 8 633,10 km²
População 432,667 hab. IBGE/2010 Censo
Densidade 50,12 hab./km²
Indicadores
PIB R$ 750 654 000,00 IBGE/2003
PIB per capita R$ 1 690,12 IBGE/2003

A mesorregião do Sertão Alagoano é uma das três mesorregiões pertencentes ao estado brasileiro de Alagoas. É formado pela união 26 de municípios agrupados em quatro microrregiões.

Microrregiões[editar | editar código-fonte]

História[editar | editar código-fonte]

Foi a segunda mesorregião do estado a ser colonizada.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima

O clima nessa mesorregião é semi-árido, com precipitação irregular de chuvas. E umidade relativa do ar baixa.

Vegetação

Apresenta vegetação de caatinga, acostumada com um índice menor de chuvas.

Demografia[editar | editar código-fonte]

É a mesorregião menos populosa do estado. Com uma densidade demográfica baixa. A maioria têm pele parda, e uma parcela, pele escura, puxada para a cor do mulato. A grande maioria desta população é formada por portugueses que vieram para essa mesorregião no período colonial, para praticar a pecuária de caprinos e bovinos.

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia desta mesorregião está baseada principalmente na pecuária.

Agricultura

Desenvolve criação de caprinos e bovinos. Nos últimos anos vem recebendo investimentos de pequenas represas, para conter a água que cai da chuva, ajudando assim no consumo e nas plantações familiares.

Os principais produtos desta mesorregião são o feijão e a mandioca.