The Flash (2014)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
TV Future Icon.svg
The Flash é uma série em exibição.
As informações podem mudar rapidamente. Editado pela última vez em 22 de abril de 2017.
The Flash
Informação geral
Formato Série
Gênero Super-herói
Drama
Ação
Mistério
Duração 42–45 minutos
Baseado em Personagens da DC Comics
Desenvolvedor(es) Greg Berlanti
Andrew Kreisberg
Geoff Johns
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Produtor(es) J. P. Finn
Glen Winter
Produtor(es) executivo(s) David Nutter
Gabrielle Stanton
Sarah Schechter
Aaron Helbing
Todd Helbing
Andrew Kreisberg
Greg Berlanti
Editor(es) Paul Karasik
Harry Jierjian
Nathan Draper
Chris Conlee
Dan Wilken
Felicia Livingston
Câmera Câmera única
Distribuída por Warner Bros. Television Distribution
Elenco Grant Gustin
Candice Patton
Danielle Panabaker
Carlos Valdés
Tom Cavanagh
Jesse L. Martin
Keiynan Lonsdale
Tom Felton
Compositor da música tema Blake Neely
Empresa(s) de produção Bonanza Productions
Berlanti Productions
Warner Bros. Television
DC Entertainment
Exibição
Emissora de televisão original The CW
Formato de exibição HDTV 1080i
Formato de áudio Dolby Digital 5.1
Transmissão original 7 de outubro de 2014 (2014-10-07) – presente
N.º de temporadas 3
N.º de episódios 59 (lista de episódios)
Cronologia
Programas relacionados Arrow
Legends of Tomorrow
Supergirl

The Flash é uma série de televisão americana desenvolvida por Greg Berlanti, Andrew Kreisberg e Geoff Johns, transmitida pela emissora The CW desde 7 de outubro de 2014, e estrelada por Grant Gustin. A série é baseada no personagem Barry Allen/Flash da DC Comics, um super-herói fantasiado que combate o crime com o seu poder de se mover em velocidades inacreditáveis. É uma série situada no mesmo universo fictício de Arrow, Legends of Tomorrow e Supergirl. A série foi oficializada no primeiro semestre de 2014,[1] com ordem de 23 episódios para a primeira temporada, que estreou em 7 de outubro de 2014.[2] A segunda temporada foi lançada em 6 de outubro de 2015 e a terceira temporada foi lançada no dia 4 de outubro de 2016.

A série estreou nos Estados Unidos em 7 de outubro de 2014, onde o episódio piloto se tornou a segunda maior audiência da emissora The CW, sendo superado apenas por The Vampire Diaries, em 2009. Em 11 de janeiro de 2015, a emissora The CW renovou a série para uma segunda temporada, que estreou em 6 de outubro de 2015.[3][4]

No Brasil, a série é exibida pela Warner Channel (TV a Cabo), e pela Rede Globo (TV Aberta).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Após testemunhar o estranho assassinato de sua mãe e a injusta acusação de seu pai pelo crime, Barry Allen fica sob os cuidados do detetive Joe West e sua filha Iris West. Barry se torna brilhante, mas socialmente, um cientista forense desconhecido trabalhando para o Departamento de Polícia de Central City. Sua obsessão por seu trágico passado faz com que ele fique separado das demais pessoas ao seu redor; ele investiga casos frios, ocorrências paranormais, e vazamentos de ponta de avanços científicos que podem dar uma luz no caso do assassinato de sua mãe. Ninguém acredita em sua descrição do crime — que uma bola de raio com o rosto de um homem invadiu sua casa naquela noite e matou sua mãe — e Allen é forçado a procurar por si mesmo pistas que limpem o nome de seu pai. Quatorze anos depois da morte de sua mãe, uma explosão de um avançado Acelerador de Partículas, durante sua apresentação ao público, banha a cidade com uma forma de radiação previamente desconhecida durante uma tempestade. Barry é atingido por um raio da tempestade e banhado nos produtos químicos de seu laboratório. Acordando depois de um coma de nove meses, ele descobre que tem a habilidade de se mover mais rápido do que qualquer ser humano. O Dr. Harrison Wells, criador e responsável pela falha do Acelerador de Partículas, descreve a natureza especial de Barry como um "meta-humano"; Barry, mais tarde, descobre que ele não é o único que mudou com a radiação. Ele promete usar seus poderes para proteger Central City dos riscos criminais dos meta-humanos. E então, associado por alguns amigos próximos que guardam seu segredo, Barry adquire uma nova personalidade conhecida como Flash.[5]

Episódios[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Lista de episódios de The Flash
Temporada Episódios Exibição original
Estreia da temporada Final da temporada
1 23 7 de outubro de 2014 (2014-10-07) 19 de maio de 2015 (2015-05-19)
2 23 6 de outubro de 2015 (2015-10-06) 24 de maio de 2016 (2016-05-24)
3 23[6] 4 de outubro de 2016 (2016-10-04) 23 de maio de 2017 (2017-05-23)[7]

1ª temporada (2014–2015)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Flash (1.ª temporada)

Barry Allen, um cientista forense do Departamento de Polícia de Central City, tem um especial apreço por casos inexplicáveis, pois, no passado, sua mãe foi assassinada sob tais circunstâncias — na qual nem ele mesmo consegue explicar —, o que resultou na injusta prisão de seu pai pelo crime. Enquanto Barry lida com os problemas do dia-a-dia, uma explosão de um Acelerador de Partículas banha a cidade com uma forma de radiação previamente desconhecida durante uma tempestade. No processo, Barry é atingido por um raio da tempestade. Nove meses depois, quando acorda de um coma, ele descobre que tem a habilidade de se mover mais rápido do que qualquer ser humano. Barry, mais tarde, percebe que ele não é o único que mudou com a radiação. Ele promete usar seus poderes para proteger Central City dos riscos criminais dos outros que foram atingidos pela radiação. E então, guiado por alguns amigos próximos que guardam seu segredo, Barry adquire uma nova personalidade conhecida como Flash. No processo, ele acumula uma série de inimigos, como o Flash Reverso, que é o verdadeiro assassino de sua mãe.

2ª temporada (2015–2016)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Flash (2.ª temporada)

Meses depois dos acontecimentos de um evento que quase destruiu o mundo, o Flash é reconhecido como o herói de Central City. No entanto, o evento traz um mal de um universo paralelo na forma de um velocista chamado Zoom, que deseja matar todas as pessoas ligadas à super velocidade ao longo do multiverso. No entanto, o Dr. Harrison Wells do universo paralelo e sua filha, Jesse, trabalham para ajudar Barry e seus amigos a parar Zoom. Joe e Iris lutam com o seu passado doloroso relacionado a sua família, especialmente após a chegada do irmão de Iris, Wally West, a quem Francine West deu à luz logo após abandonar sua família. Após um evento que atinge Barry de uma forma estrondosa, ele desiste de tudo e viaja de volta no tempo para salvar a vida de sua mãe das mãos do Flash-Reverso.

3ª temporada (2016–2017)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Flash (3.ª temporada)

A emissora The CW confirmou a terceira temporada da série em 11 de março de 2016.[8] A temporada contará com 23 episódios, assim como as anteriores.

4ª temporada[editar | editar código-fonte]

Em 8 de janeiro de 2017, a emissora The CW confirmou a quarta temporada da série.[9]

Elenco e personagens[editar | editar código-fonte]

Principal[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem Temporadas
1 2 3
Grant Gustin Barry Allen / Flash Regular
Candice Patton Iris West Regular
Danielle Panabaker Caitlin Snow / Nevasca Regular
Carlos Valdés Cisco Ramon / Vibro Regular
Tom Cavanagh Dr. Harrison Wells Regular
Jesse L. Martin Joe West Regular
Rick Cosnett Eddie Thawne Regular Participação
Keiynan Lonsdale Wally West / Kid Flash Regular

Recorrente[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem Temporadas
1 2 3
Stephen Amell Oliver Queen / Arqueiro Verde Recorrente
Patrick Sabongui David Singh Recorrente
John Wesley Shipp Henry Allen / Jay Garrick / Flash Recorrente
Michelle Harrison Nora Allen Recorrente Participação
Victor Garber Martin Stein / Nuclear Recorrente Participação
Wentworth Miller Leonard Snart / Capitão Frio Recorrente Participação
Dominic Purcell Mick Rory / Onda Térmica Recorrente Participação
Malese Jow Linda Park Recorrente
Emily Bett Rickards Felicity Smoak / Observadora Recorrente Participação
David Ramsey John Diggle / Espartano Recorrente Participação
Robbie Amell Ronnie Raymond / Nuclear Recorrente Participação
David Sobolov (voz) Grodd Recorrente Participação
Peyton List Lisa Snart / Patinadora Dourada Recorrente Participação
Liam McIntyre Mark Mardon / Mago do Tempo Recorrente Participação
Amanda Pays Tina McGee Recorrente Participação
Clancy Brown General Wade Eiling Recorrente
Roger Howarth Mason Bidge Recorrente
Ciara Renée Kendra Saunders / Chay-Ara / Mulher-Gavião Participação Recorrente Participação
Violett Beane Jesse Chambers Wells / Jesse Quick Recorrente
Teddy Sears Hunter Zolomon / Zoom Recorrente Participação
Vanessa A. Williams Francine West Recorrente Participação
Shantel VanSanten Patty Spivot Recorrente
Tom Felton Julian Albert Desmond / Doutor Alquimia Recorrente
Greg Grunberg Tom Patterson Recorrente
Anne Dudek Tracy Brand Recorrente
TBA Savitar Recorrente

Episódio piloto[editar | editar código-fonte]

O primeiro episódio, intitulado Pilot, foi escrito por Greg Berlanti, Andrew Kreisberg e Geoff Johns, e dirigido por David Nutter. O episódio foi vazado na internet em maio de 2014.[10] A exibição oficial ocorreu em 7 outubro de 2014 na emissora The CW.

Produção[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2013, foi anunciado que os co-criadores de Arrow, Greg Berlanti e Andrew Kreisberg, além dos diretores David Nutter e Geoff Johns, iriam desenvolver uma série de TV do herói Flash para a The CW. A série mostraria a história da origem de Barry Allen. Greg Kreisberg revelou após o anúncio, que Barry Allen iria aparecer pela primeira vez como um personagem recorrente em Arrow em três episódios da segunda temporada, todos escritos por Berlanti, Kreisberg e Johns, e que o último dos episódios agiria como um piloto para a série. Assim, Kreisberg acrescentou que Barry Allen será um cientista forense e dará introdução de seus superpoderes, assim como a sinopse, de uma maneira muito humana e comediante.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Sobre o personagem, Geoff Johns afirmou que a caracterização na série será semelhante aos quadrinhos, com seu tradicional traje vermelho, e não uma imitação pobre. Andrew Kreisberg acrescentou: "Sem agasalhos ou codinomes estranhos, ele será o Flash". Os produtores procuraram uma forma de retratar a super velocidade do Flash. Por fim, foi revelado que o elenco seria supervisionado pela mesma equipe que trabalha em Arrow.

Criação[editar | editar código-fonte]

Foi decidido que era melhor dar corpo à história do Flash e seu mundo com um orçamento maior, ao invés de incorporar o set de filmagens com personagens num piloto em Arrow. A decisão foi tomada depois que executivos da The CW viram o material em dois episódios pilotos do Flash que foram bem recebidos. O episódio piloto escrito por Berlanti, Kreisberg e Johns, e dirigido por Nutter. A apresentação foi debatida no set de filmagens de Arrow, que foi onde Barry Allen fez sua primeira aparição.

Linhas do tempo e Histórias alternativas[editar | editar código-fonte]

A série desencadeará as linhas do tempo e as histórias alternativas dos heróis na DC. Alguns alter egos dos super-heróis foram alterados. O fantasiado de vermelho e amarelo também pode usar outros uniformes: verde ou branco, preto e cinza. As histórias alternativas envolvem heróis primários, secundários e companheiros que clamam por justiça contra os vilões que também foram alterados.

Filmagens[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2013, foi anunciado que a terceira aparição do Flash no set de filmagens não seria mais um piloto em Arrow, com o estúdio optando por fazer um piloto tradicional no lugar.

Música[editar | editar código-fonte]

O compositor de Arrow, Blake Neely, também compõe para a série. Em dezembro de 2014, as gravadoras WaterTower Music e Lava Records lançaram a seleção de músicas dos episódios de crossover entre The Flash e Arrow, assim como duas faixas especiais para suas respectivas Midseason Finales, em 2014.

Divulgação[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2014, The Flash foi oficialmente ordenado por um episódio piloto. Em fevereiro de 2014, o site The Hollywood Reporter informou que o papel regular único remanescente a ser lançado era para a parte de Hartley Rathaway. Ainda em fevereiro de 2014, foi anunciado que a produção do piloto começaria no início de março, além de ser revelado o traje usado por Grant Gustin na série. O traje foi desenhado por Colleen Atwood, que também desenhou os figurinos para o set de filmagens. Mais tarde, foi revelado que Andy Mientus interpretaria Hartley Rathaway, o vilão Flautista.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Em relação a estreia de Grant Gustin como Barry Allen em Arrow e o potencial para uma série, Jesse Schedeen (IGN) declarou sua preocupação: "Gustin se depara como material protagonista. Seu papel desajeitado e trapalhão entrelaçado com Felicity era bonito, mas eu tenho a impressão de que, raramente, à esse personagem poderia ou deveria ser dado a sua própria série." No entanto, Schedeen estava ansioso para o personagem, uma vez que "a escuridão e inaptidão social" foram minimizadas e a ênfase foi colocada "na sua mente científica intensa".

O revisor do site Rotten Tomatoes relatou um índice de 96% de aprovação, com uma classificação média de 7.4/10 baseado em 50 avaliações. O consenso do site diz "The Flash se beneficia por sua atmosfera de luz proposital, fazendo um super-herói voltado exclusivamente para fãs do gênero, bem como para os novatos". O Metacritic, que usa média ponderada, atribuía uma nota de 73/100, com base em 25 comentários, indicando "avaliações favoráveis". Eric Goldman e Joshua Yehl (IGN) elogiaram o enredo e o elenco do show depois de verem uma cópia impressa do episódio piloto. Goldman e Yehl, favoravelmente, compararam The Flash com Arrow, afirmando que The Flash progride com uma confiança que Arrow não obteve até certo ponto da história.

Classificação nos EUA[editar | editar código-fonte]

O primeiro episódio de The Flash foi assistido por 4,83 milhões de telespectadores e teve 1.9 de média demográfica em 18–49. Mesmo com o episódio piloto tendo vazado na internet meses antes da estreia oficial, teve a maior e mais assistida estreia da história da emissora The CW desde The Vampire Diaries, em 2009. E também se tornou a segunda estreia mais assistida da CW. Segundo os fatores ao vivo + sete dias de avaliação, o piloto foi assistido por um total de 6.8 milhões de espectadores, se tornando a transmissão mais assistida e a estreia mais altamente classificada entre homens 18–34 (classificado em 2.5). Quebrou o recorde prévio de transmissão mais assistida mantido pelo 8º fim de ciclo de America's Next Top Model, em 2007 (6.69 milhões). Adicionalmente, dentre todas as plataformas, incluindo as transmissões iniciadas em plataformas digitais e um total não duplicado de telespectadores ao vivo sobre duas transmissões na semana de 7 de outubro de 2014, a estreia foi assistida mais de 13 milhões de vezes.

Classificação indicativa[editar | editar código-fonte]

No Brasil, a primeira temporada de The Flash recebeu do Sistema de Classificação Indicativa Brasileiro a classificação restritiva de 12 anos, por conter violência e uso de drogas lícitas, sendo esta versão transmitida na Rede Globo.[11] A Warner Channel do Brasil pediu ao Ministério da Justiça e Cidadania uma versão editada, transmitindo com o selo 10 anos por conter violência.[12] A segunda temporada também recebeu o selo de 12 anos, desta vez somente pelo uso de violência.[13]

Universo Compartilhado[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Universo Arrow

Arrow[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Arrow

Barry faz sua primeira aparição em Arrow na segunda temporada, no episódio "The Scientist" como um cientista forense de Central City, que chegou a Starling City para investigar um possível caso sobrenatural que ele afirma ter conexões com um caso em Central City. Ele se encontra com Oliver Queen (Stephen Amell) após as Consolidações Queen ser assaltada. Barry, por ser especialista em ciência da computação, faz Felicity Smoak (Emily Bett Rickards) ter uma afinidade imediata, mas Oliver, o Arqueiro, suspeita que Barry estaria mentindo sobre sua verdadeira identidade.

Barry revela que ele está tentando encontrar um ser super-poderoso que matou sua mãe quando ele era criança, levando à prisão injusta de seu pai. Ele é ordenado de volta para Central City, mas em vez disso é levado para o esconderijo de Oliver por Felicity e John Diggle (David Ramsey) depois que Oliver é acidentalmente ferido e envenenado. No episódio seguinte, "Three Ghosts", Barry salva a vida de Oliver, e continua a ajudar Felicity com rastreamento de Cyrus Gold (Graham Shiels), um subordinado de Sebastian Blood (Kevin Alejandro).

Ele volta para Central City, deixando para trás uma máscara de dominó feita por encomenda para Oliver como a melhor forma de esconder sua identidade. Retornando à Central City, ele é pego em uma explosão química em seu laboratório causada por uma combinação de um raio com a explosão do S.T.A.R. Labs - o Acelerador de Partículas - em toda a cidade. Em "Blast Radius", é revelado que Barry foi deixado em coma após o acidente de laboratório. Em "The Man Under The Hood", Caitlin Snow e Cisco Ramon são vistos fazendo a inspeção do S.T.A.R. Labs em Starling City, quando o Exterminador (Manu Bennett) chega para adquirir um Bio-Transfusor. É revelado que Barry tem estado sob os cuidados do S.T.A.R. Labs quando seu estado de saúde piora. Após, Caitlin e Cisco ajudam Felicity a criar um antídoto para a droga Mirakuru.

Em março de 2014, foi revelado que Gustin não iria aparecer em um terceiro episódio de Arrow como originalmente planejado. No entanto, Danielle Panabaker e Carlos Valdes aparecem em Arrow no episódio "The Man Under The Hood" em seus papéis como Caitlin Snow e Cisco Ramon, respectivamente. O produtor executivo de Arrow, Marc Guggenheim afirmou: "Isso foi algo que realmente aconteceu, porque, obviamente, Barry está em coma no final de "Three Ghosts". Que praticamente tornou impossível para Barry para aparecer no terceiro episódio, como originalmente planejado... a ideia de trazer Caitlin Snow e Cisco Ramon realmente apelou para nós porque nos permitiu honrar a nossa intenção original de fazer algo relacionado com o Flash em torno episódio 19 ou 20 da segunda temporada sem ter em coma Barry e, basicamente, pagando Grant Gustin um monte de dinheiro para se sentar com os olhos fechados apenas inconsciente todo o episódio. Ela nos permite concretizar ainda mais o universo Flash em Arrow.

Em julho de 2014, Kreisberg afirmou que um evento crossover iria ocorrer no oitavo episódio da primeira temporada The Flash e da terceira de Arrow, respectivamente. Mais cedo, em janeiro de 2015, o presidente da CW, Mark Pedowitz anunciou que pretende fazer crossovers de Arrow/Flash todos os anos, a cada temporada,[14] Para a segunda temporada, The Flash fará um crossover com Arrow no oitavo episódio.[15]

Stephen Amell aparece como Oliver Queen / Arqueiro no episódio piloto. Kreisberg anunciou que Rickards iria aparecer no quarto episódio como Felicity. e mais tarde no mesmo mês, foi anunciado que o antigo vilão de Arrow, William Tockman, O Rei Relógio (Robert Knepper) faria uma aparição no sétimo episódio. Membros da Gangue Royal Flush (algumas vezes traduzida como Gangue de Espadas), que previamente apareceram em Arrow, fariam uma pequena aparição no décimo primeiro episódio.[16] Rickards e Brandon Routh como Ray Palmer fariam uma aparição no décimo oitavo episódio, nomeado "All Star Team Up".[17][18] Katie Cassidy e Paul Blackthorne, como Laurel Lance / Canário Negro e Detetive Quentin Lance, respectivamente, apareceram no episódio seguinte, "Who Is Harrison Wells?",[19][20][21] enquanto Amell e Doug Jones como Jake Simmons/Deathbolt apareceram no vigésimo segundo episódio, "Rogue Air".[21][22]

HQ Digital[editar | editar código-fonte]

The Flash: Season Zero, escrito por Kreisberg, Brooke Eikmeier e Katherine Walczak, com a arte de Phil Hester e Eric Gapstur, e pretende tomar lugar durante o primeiro episódio e o segundo episódio. Kreisberg declarou "Barry irá (já) ser o Flash, nós iremos ter o seu time, todos irão estar neste mundo, e nós iremos (assim) introduzir uma nova equipe de vilões que não iremos ver na série de TV. Irá ser sentido com o mesmo coração, humor e espetáculo que irão ver assistindo The Flash". A HQ irá ter todos os personagens do cast da série, ainda, novos vilões, um grupo de circo que apresenta quem ganhou super poderes como resultado da explosão do Acelerador de Partículas do S.T.A.R. Labs. O grupo é guiado pelo Mr. Bliss, um personagem que aparece primeiramente em Starman. A HQ lançou digitalmente dois capítulos na semana de 8 de setembro de 2014, com sua primeira coleção física lançada no dia 1º de outubro de 2014. A HQ não tem previsões de lançamento no Brasil.

Vixen[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Vixen (Websérie animada)

Em janeiro de 2015, a CW anunciou que a série animada da web estrelando a heroína da DC Vixen irá ser lançada na CW Seed mais tarde ainda em 2015. Irá se passar no mesmo universo de Arrow e The Flash. Bem como a personagem é esperada para fazer uma aparição nas séries de The Flash e/ou Arrow.

Legends of Tomorrow[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Legends of Tomorrow

Em Fevereiro de 2015, foi noticiado que uma série derivada de [23] Arrow e [24] The Flash, que é descrita como uma série sobre uma equipe de super-heróis, estava sendo discutida pela CW para uma possível realização na metade de 2015-16. Os produtores Greg Berlanti e Andrew Kreisberg (de ambas as séries: The Flash e Arrow) ao lado de Marc Guggenheim e Sarah Schechter vão produzir a série. A futura série será protagonizada por personagens de ambas The Flash e Arrow, como Canário Branco (Caity Lotz), Capitão Frio (Wentworth Miller), Dr. Martin Stein (Victor Garber)/Metade do herói Nuclear, Onda Térmica (Dominic Purcell) e Átomo/Ray Palmer (Brandon Routh). O produtor Berlanti disse que tem uma razão especial para a outra metade do herói Nuclear, Ronnie Raymond (Robbie Amell) não está confirmado no elenco da série.

Também foram confirmados na série, três personagens misteriosos da DC Comics que nunca tinham aparecido em Live-Action. Um viajante do tempo misterioso que esconde vários segredos (confirmado como sendo o personagem Rip Hunter, será interpretado pelo ator Arthur Darvill), uma mulher feroz e determinada, que quando entra em ação se torna uma verdadeira guerreira (confirmada como sendo a personagem Kendra Saunders, que é uma das identidades da Mulher-Gavião, que será interpretada pela atriz Ciara Renée) e um jovem Afro-Americano das ruas, que ganha super-poderes (ainda não confirmado)

Supergirl[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Supergirl (série de televisão)

Em novembro de 2014, Berlanti manifestou o interesse na existência de Supergirl no Universo Compartilhado da DC Comics na TV, o mesmo universo de suas outras series Arrow e The Flash. Em janeiro de 2015, o presidente da The CW, Mark Pedowitz, revelou que ele também estava aberto a um crossover entre as séries e as redes (The CW e CBS). No entanto, a diretora da emissora CBS, Nina Tassler, afirmou que "esses dois shows são de canais diferentes [...] então eu acho melhor mantermos Supergirl somente conosco por um tempo".

Em 3 de fevereiro de 2016, foi anunciado que Grant Gustin, Barry Allen / Flash em The Flash, apareceria no décimo oitavo episódio da primeira temporada de Supergirl, intitulado "Worlds Finest". "Estamos muito animados em anunciar algo que nós sonhamos desde que começamos a fazer Supergirl [...] Queremos agradecer a Grant Gustin por ter arrumado um tempo em sua imensa carga de trabalho para vir nos visitar e a todo mundo na CBS, CW, Warner Bros e DC", disseram Greg Berlanti e Andrew Kreisberg, sobre a confirmação do crossover. Antes da exibição do episódio, Ross A. Lincoln do site Deadline.com observou que "a razão no universo" para o crossover, seria devido à capacidade de Barry viajar para várias dimensões, o que implica na existência da Supergirl em um multiverso. O que foi confirmado no episódio "Welcome to Earth-2" de The Flash, mostrando uma imagem de Melissa Benoist como Supergirl durante uma sequência em que personagens viajam através desse multiverso.

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Nomeados Resultado Ref
2014 Visual Effects Society Awards Outstanding Visual Effects in a Visual Effects-Driven Photoreal/Live Action Broadcast Program Armen Kevorkian, James Baldanzi, Jeremy Jozwick e Andranik Taranyan Indicado [25]
Behind the Voice Actors Awards Melhor Performance de Vocal Feminino em uma Série Televisiva em um Papel Convidado - Ação/Drama Morena Baccarin Indicado [26]
2015 People's Choice Awards Nova série dramática The Flash Venceu [27]
Kids' Choice Awards Favorite Family TV Show The Flash Indicado [28]
Ator de TV Favorito Grant Gustin Indicado
Saturn Awards Melhor Adaptação de Super-herói em Séries de TV The Flash Venceu [29]
Melhor Ator na Televisão Grant Gustin Indicado
Melhor Ator Convidado na Televisão Wentworth Miller Venceu
Leo Awards Melhor Série Dramática The Flash Indicado [30]
Melhor Direção em uma Série Dramática Glen Winter Indicado
Melhor Cinematografia em uma Série Dramática C. Kim Miles Indicado
Melhor Efeitos Visuais em Série Dramática Pelo episódio "Going Rogue" Venceu
Melhor Design de Produção em uma Série Dramática Tyler Bishop Harron Indicado
Melhor Maquiagem em uma Série Dramática Tina Louise Teoli Indicado
Melhor Penteado em uma Série Dramática Sarah Koppes Indicado
Melhor Performance de uma Convidada em uma Série Dramática Emily Bett Rickards Indicado
Publicists Awards Maxwell Weinberg Award - Televisão Bonanza Productions, Berlanti Productions e Warner Bros. Television Indicado [31]
TCA Awards Outstanding New Program The Flash Indicado [32]
Teen Choice Awards Choice TV: Melhor atriz de série de Fantasia/Ficção Científica Danielle Panabaker Indicado [33]
Choice TV - Breakout Star Grant Gustin Venceu [34]
Candice Patton Indicado
Choice TV: Química Grant Gustin e Candice Patton Indicado
Choice TV: Beijo apaixonado Grant Gustin e Candice Patton Indicado
Choice TV: Vilão Tom Cavanagh Indicado
Hugo Awards Best Dramatic Presentation - Short Form Pelo episódio "Pilot" Indicado [35]
Primetime Emmy Award Outstanding Special Visual Effects Pelo episódio "Grodd Lives" Indicado [36]
2016 Kids' Choice Awards Favorite Family TV Show The Flash Indicado [37]
Favorite Male TV Star - Family Show Grant Gustin Indicado
Leo Awards Best Direction in a Dramatic Series J. J. Makaro ("Enter Zoom") Indicado

[38]

Best Visual Effects in a Dramatic Series Pelo episódio "Gorilla Warfare" Venceu
Best Stunt Coordination in a Dramatic Series J. J. Makaro, Jon Kralt ("Legends of Today") Indicado
Teen Choice Awards Choice TV Show: Fantasy/Sci-Fi The Flash Indicado [39][40][41]
Choice TV Actor: Fantasy/Sci-Fi Grant Gustin Venceu
Choice TV: Chemistry Candice Patton e Grant Gustin Indicado
Choice TV: Liplock Candice Patton e Grant Gustin Indicado
Choice TV Actress: Fantasy/Sci-Fi Danielle Panabaker Indicado
Choice TV: Villain Teddy Sears Indicado
Saturn Awards Best Superhero Adaption Television Series The Flash Venceu [42]
Best Actor on Television Grant Gustin Indicado
Best Guest Star on Television Victor Garber Indicado
IGN Awards Best Comic Book TV Series The Flash Indicado [43]
Best TV Hero Grant Gustin Indicado [44]
Best TV Villain Tom Cavanagh Indicado [45]
IGN People's Choice Award Best TV Hero Grant Gustin Venceu [44]
Poppy Awards Best Supporting Actor, Drama Jesse L. Martin Indicado [46]
The Joey Awards Young Actor in a TV Series Featured Role 11–16 Years Octavian Kaul Venceu [47]
2017 People's Choice Awards Favorite Network TV Sci-Fi/Fantasy The Flash Indicado [48]
IGN Awards Best Action Series The Flash Indicado [49]
Kids' Choice Awards Favorite TV Show – Family Show The Flash Indicado [50]
MTV Movie & TV Awards Melhor Herói Grant Gustin Pendente [51]
Saturn Awards Best Superhero Adaption Television Series The Flash Pendente [52]
Best Actor on Television Grant Gustin Pendente
Best Supporting Actress on Television Candice Patton Pendente

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «CW aprova quatro séries, incluindo The Flash, e dá adeus ao spin-off de Supernatural». Minha Série. 8 de maio de 2014 
  2. «Showatch». The Futon Critic. 7 de outubro de 2014 
  3. Levin, Gary (11 de janeiro de 2015). «CW renews eight dramas for new seasons». USA Today. Consultado em 11 de janeiro de 2015 
  4. Abrams, Natalie (24 de junho de 2015). «'CW announces fall premiere dates for Flash, Vampire Diaries and more». Entertainment Weekly. Consultado em 24 de junho de 2015 
  5. Beedle, Tim (14 de maio de 2014). «First Look: Arrow Takes Aim at The Flash (Updated: Watch the Full Five-Minute Trailer Now!)». DC Comics. Consultado em 14 de maio de 2015 
  6. «Hey folks, just to clarify: we are definitely doing 23 episodes again of #Arrow this year; same with #TheFlash. Honest mistake during TCA.». Twitter. 12 de agosto de 2016. Consultado em 12 de agosto de 2016 
  7. «Season Finale dates for May». WWLP.com. 13 de março de 2017. Consultado em 13 de março de 2017 
  8. «CW renova todas as suas séries, incluindo Arrow, Flash e Vampire Diaries!». Minha Série. 11 de março de 2016 
  9. «The CW Renews The Flash, Supernatural, Crazy Ex and 4 Others». TVLine. 8 de janeiro de 2017. Consultado em 8 de janeiro de 2017 
  10. Ausiello, Michael (8 de maio de 2014). «Fall TV Scoop: The CW Orders Four Dramas, Including Flash, iZombie and Jane the Virgin, Passes on Supernatural Spin-Off». TV Line. Consultado em 8 de maio de 2014 
  11. Diário Oficial da União (19 de outubro de 2015). «Página 43• Seção 1• 19/10/2015• DOU». Justiça do Brasil. www.jusbrasil.com.br. Consultado em 14 de novembro de 2016 
  12. Diário Oficial da União (8 de setembro de 2016). «Página 37• Seção 1• 08/09/2016• DOU». Justiça do Brasil. www.jusbrasil.com.br. Consultado em 14 de novembro de 2016 
  13. Diário Oficial da União (6 de outubro de 2016). «Página 34• Seção 1• 06/10/2016• DOU». Justiça do Brasil. www.jusbrasil.com.br. Consultado em 14 de novembro de 2016 
  14. Nguyen, Hanh (11 de Janeiro de 2015). «The CW Renews Supernatural and 7 More — But Where's Beauty and the Beast?». TV Guide. Consultado em 11 de Janeiro de 2015 
  15. Amaya, Erik (16 de Julho de 2015). «SDCC INTERVIEW: CAST, CREW DIVULGE SECRETS OF "THE FLASH" SEASON 2». Comic Book Resources. Consultado em 16 de Julho de 2015 
  16. Schedeen, Jesse (27 de Janeiro de 2015). «Time To Pay The Piper». IGN. Consultado em 28 de Janeiro de 2015 
  17. «Arrow Without Oliver? Producers Preview the Rise of Black Canary, Atom and Brick». Variety. 21 de Janeiro de 2015. Consultado em 21 de Janeiro de 2015 
  18. «Episode Title: (#118) "All Star Team Up"». The Futon Critic. Consultado em 10 de Abril de 2015 
  19. «Episode Title: (#119) "Who is Harrison Wells?"». The Futon Critic. Consultado em 2 de Abril de 2015 
  20. Ching, Albert (16 de Março de 2015). «Wells Promises 'The Flash' Will Die in New Trailer for Upcoming Episodes». Comic Book Resources. Consultado em 16 de Março de 2015 
  21. a b Goldman, Eric (31 de Março de 2015). «THE FLASH: NEW TRAILER REVEALS ANOTHER ARROW CROSSOVER». IGN. Consultado em 1 de Abril de 2015 
  22. Dornbush, Jonathan (22 de Março de 2015). «Doug Jones teases The Flash appearance». Entertianment Weekly. Consultado em 22 de Março de 2015 
  23. «Arrow» 
  24. «The Flash» 
  25. «Previous VES Awards». Visual Effects Society. Consultado em 17 de Julho de 2015 
  26. «Behind the Voice Actors - BTVA Voice Acting Awards». Behind The Voice Actors. Consultado em 17 de Julho de 2015 
  27. «People's Choice Awards 2015: The winner's list». Entertainment Weekly. Consultado em 2 de Agosto de 2015 
  28. «Kids' Choice Awards: Complete List of Winners». US Magazine. Consultado em 2 de Agosto de 2015 
  29. «2015 Saturn Awards: Captain America: Winter Soldier, Walking Dead lead nominees». Entertainment Weekly. Consultado em 2 de Agosto de 2015 
  30. «Leo Awards, Winners by Program». Leo Awards. Consultado em 2 de Agosto de 2015 
  31. «Deadline's Mike Fleming Among Publicists Guild Nominees». Deadline. Consultado em 2 de Agosto de 2015 
  32. Kondolojy, Amanda (4 de Junho de 2015). «2015 TCA Award Nominees Include 'Game of Thrones', 'Empire', 'The Americans' & More». TV by the Numbers. Consultado em 2 de Agosto de 2015 
  33. Longeretta, Emily (9 de Junho de 2015). «Teen Choice Awards Pit One Direction Against Zayn Malik». Hollywood Life. Consultado em 2 de Agosto de 2015 
  34. «Wave 2 Nominees». Teen Choice. Teen Choice. 7 de Julho de 2015. Consultado em 2 de Agosto de 2015 
  35. «2015 Hugo Awards». The Hugo Awards. Consultado em 2 de Agosto de 2015 
  36. «Outstanding Special Visual Effects - 2015 - Emmy». Emmy. Consultado em 2 de Agosto de 2015 
  37. Olson, Cathy (4 de Fevereiro de 2016). «2016 Nickelodeon Kids' Choice Award Nominations: See List | Billboard». Billboard. Consultado em 2 de Fevereiro de 2016 
  38. «Leo Awards, Nominees by Program 2016». Consultado em 29 de Maio de 2016 
  39. «Teen Choice Awards 2016: CW Dramas, Pretty Little Liars Lead Early Noms». Consultado em 24 de Maio de 2016 
  40. «Justin Bieber, Selena Gomez, Zayn Malik Lead Teen Choice Awards 2016 Nominations». Consultado em 24 de Maio de 2016 
  41. «Teen Choice Awards 2016—Captain America: Civil War Leads Second Wave of Nominations». E! Online. 9 de Junho de 2016 
  42. «The 42nd Annual Saturn Awards nominations are announced for 2016!». Saturn Awards. 24 de Fevereiro de 2016. Consultado em 4 de Maio de 2016 
  43. «Best Comic Book TV Series - IGN's Best of 2015». IGN. Consultado em 15 de dezembro de 2016 
  44. a b «Best TV Hero - IGN's Best of 2015». IGN. Consultado em 15 de dezembro de 2016 
  45. «Best TV Villain - IGN's Best of 2015». IGN. Consultado em 15 de dezembro de 2016 
  46. «Poppy Awards 2016: Meet Your Winners - Best Supporting Actor, Drama». Entertainment Weekly. 13 de setembro de 2016. Consultado em 15 de setembro de 2016 
  47. «Joey Awards – 2016 WINNERS». The Joey Awards. Consultado em 1 de dezembro de 2016 
  48. Hipes, Patrick (15 de novembro de 2016). «People's Choice Awards Nominees 2017 — Full List». Deadline. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  49. «Best Action Series - Best of 2016 Awards». IGN. Consultado em 15 de dezembro de 2016 
  50. Levy, Dani (2 de fevereiro de 2017). «2017 Nickelodeon Kids Choice Awards Nominations — Full List». Variety. Consultado em 2 de fevereiro de 2017 
  51. Schwartz, Ryan (2 de Março de 2017). «2017 MTV Movie & TV Awards Nominations List — 'This Is Us,' 'Stranger Things'». TVLine. Consultado em 6 de Abril de 2017. Cópia arquivada em 6 de Abril de 2017 
  52. McNary, Dave (2 de Março de 2017). «Saturn Awards Nominations 2017: 'Rogue One,' 'Walking Dead' Lead». Variety. Consultado em 2 de Março de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]