Macaxeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Macaxeira (Manihot utilissima), também conhecida como aipi, aipim, castelinha, uaipi, mandioca-doce, mandioca-mansa, maniva, maniveira e pão-de-pobre1 , é uma espécie de mandioca que pode ser utilizada para alimento, tanto na forma cozida quanto na forma frita, sem o necessário preparo para retirada de ácido cianídrico, existente em grande quantidade na espécie Manihot esculenta, a qual é conhecida como "mandioca" ou "mandioca-brava".

Existem variedades de macaxeira, todas comestíveis, que se distinguem pela cor da pele, pela textura da raiz etc. Assim, são conhecidas:

  • Macaxeira-do-rio-grande-do-norte;
  • Macaxeira-roxa;
  • Macaxeira-pizza etc.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Mandioca" origina-se do termo tupi mãdi'og2 . "Aipi", "aipim" e "uaipi" originaram-se do termo tupi ai'pi'3 . "Macaxeira" origina-se do termo tupi maka'xera4 . "Maniva" e "maniveira" originaram-se do termo tupi mani'iwa5 . "Pão-de-pobre" é uma referência às propriedades alimentícias de seu tubérculo.

"Terra do Aipim"[editar | editar código-fonte]

O município de São José do Hortêncio, no Rio Grande do Sul, é conhecido como a "Terra do Aipim", por este ser o principal produto agrícola do município.

Modos de Preparo[editar | editar código-fonte]

Macaxeira Caramelizada[editar | editar código-fonte]

Retira-se a casca da macaxeira, que é posta a cozinhar, temperada apenas com sal, até apresentar consistência pastosa.

Assim cozida, a macaxeira pode ser servida pura ou acompanhada. Os acompanhamentos variam.

Também pode ser feito purê de macaxeira. E, assim pronto, presta-se para a composição de outros pratos, como o escondidinho, onde se adiciona queijo coalho e charque cozido e desfiado.

  • Purê de macaxeira:

Após se cozinhar a macaxeira, amasse-a com um garfo, acrescentando um pouco de manteiga, uma pitada de sal e leite. Misture bem e sirva, acompanhando arroz e bife acebolado.

Macaxeira Baora[editar | editar código-fonte]

Após o cozimento (retirada antes da consistência pastosa), a macaxeira é cortada em grandes cubos e levada a panela de pressão, onde se adiciona água, manteiga ou nata, caramelo, chocolate.

Serve-se como acompanhamento de vários pratos.

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.1 077
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.1 077
  3. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.71
  4. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.1 058
  5. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.1 081

Macaxeira Frita ao Ovo[editar | editar código-fonte]

Após descascar a macaxeira, cortar em pedaços grandes e reserve. Quebre ovos em uma pequena tigela e misture-os. Depois passe os pedaços de macaxeira nos ovos e coloque para fritar. Serve-se quente como aperitivo com molho de pimenta.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]