Pires do Rio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Pires do Rio
"Cidade Poema"
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 9 de novembro de 1922
Gentílico piresino
Lema Tudo pela Patria
CEP 75200-000
Prefeito(a) Maria Aparecida Tomazini
(2013–2016)
Localização
Localização de Pires do Rio
Localização de Pires do Rio em Goiás
Pires do Rio está localizado em: Brasil
Pires do Rio
Localização de Pires do Rio no Brasil
17° 18' 03" S 48° 16' 48" O17° 18' 03" S 48° 16' 48" O
Unidade federativa  Goiás
Mesorregião Sul Goiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Pires do Rio IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Orizona, Vianópolis, Palmelo, Santa Cruz de Goiás, Caldas Novas, São Miguel do Passa Quatro, Cristianópolis, Urutaí e Ipameri
Distância até a capital 145 km
Características geográficas
Área 1 073,369 km² [2]
População 30,232 hab. (GO: 38º) –  Censo IBGE/2010[3]
Densidade 0,03 hab./km²
Altitude 760 m
Clima tropical AW
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,785 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 351 969,812 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 12 664,43 IBGE/2008[5]
Página oficial

Pires do Rio é um município brasileiro do estado de Goiás. Sua população em 2010 era de 28.691 habitantes. Sendo atualmente de 30.232, conforme censo IBGE de 2013. Sua população é predominantemente urbana com 28.602 pessoas vivendo na cidade e apenas 1.673 no meio rural.

O município está inscrito na região do maciço goiano, caracterizado pelo domínio das chapadas e serras. Sua topografia da área de 600m a 800m de altitude, aproximadamente. E, ainda, o município de Pires do Rio ocupa uma área de 1.076 km

História[editar | editar código-fonte]

Pires do Rio foi fundada em 1922, à margem da ferrovia. Seu nome foi dado em homenagem ao Ministro de Viação e Obras Públicas do Governo Epitácio Pessoa, Dr. José Pires do Rio. O ministro visitou o local do município em Agosto de 1921 para inspecionar as obras.

A ferrovia então passaria pela fazenda do Coronel Lino Teixeira de Sampaio. O local já era um ponto de pouso de tropeiros e recebia convidados ilustres do Rio de Janeiro e São Paulo, quando estes vinham à região.

Com o surgimento do município, famílias de Santa Cruz, Orizona (antigo Campo Formoso) e outros locais se instalaram no local.

Pires do Rio, localizada a 140 km da capital, Goiânia, possui o único museu ferroviário do estado e o 5º do gênero no país. A cidade nasceu com a construção do entroncamento ferroviário que ligou a Ferrovia Centro Atlântica (FCA) ao porto de Santos/SP. A cidade possui uma ponte histórica, sobre o Rio Corumbá, a ponte Epitácio Pessoa, que foi importada da Europa possuindo características arquitetônicas da época. Tempos depois foi substituída por uma ponte de concreto, mas, a ponte de ferro ainda continua no local original, abandonada pelas autoridades públicas, que não a restauram. Nos dias conteporâneos, já se executa o ligamento desta ferrovia à Ferrovia Norte-Sul, visto que a malha ferroviária termina em Anápolis, onde será ligada àquela que se constrói desde o Governo do Presidente Sarney. Pelos trilhos da cidade de Pires do Rio passaram grande parte dos materias que construíram Brasília e Goiânia. A micro-região de Pires do Rio é conhecida como região da estrada de ferro.

Doação do terreno[editar | editar código-fonte]

A área destinada ao município foi doada pelo Coronel Sampaio no dia 5 de julho de 1922, na sede da Fazenda Brejo, tendo por testemunha sua esposa, Dona Rozalina Fernandes de Oliveira, Hermenegildo Lobo, Balduino Ernesto de Almeida, Joaquim Antônio Teixeira e Eliezer Jorge de Almeida.[6]

Nesse documento, o Coronel Sampaio estabeleceu cláusulas para a fundação e desenvolvimento do município, com vistas a beneficiar a população na área sócio educacional. Na região, era reconhecido como um homem simpático e de vasto currículo de amizades. Então daí, Pires do Rio largou de ser de Santa Cruz.

Para homenagear o Coronel Sampaio,agora Pires do Rio tem uma escola pública chamada Coronel Lino Sampaio, lanche de graça, aulas de graça entre outros.

Cidade Planejada[editar | editar código-fonte]

Muito antes de Goiânia e Brasília, Pires do Rio foi o primeiro município de Goiás que teve sua criação e projeto planejado.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Pires do Rio teve grande importância dentro de Goiás nos anos 50 e 60, chegando a ocupar o 2º lugar de cidade mais importante do Estado. Teve uma charqueada que exportava charque para o Brasil todo, uma fábrica de cervejas, uma de óleo de babaçu dentre outras. A importância da cidade era tamanha que a companhia aérea Cruzeiro do Sul, em 1957, tinha uma rota saindo de São Paulo, com escala em Pires do Rio e depois seguia para Brasília, conforme consta no site: http://www.fsdownload.kit.net/aviacaocomercial/cruzeiro.htm.

Economia[editar | editar código-fonte]

Agricultura, Pecuária e Avicultura[editar | editar código-fonte]

Destacam-se os produtos agrícolas: soja, milho arroz, feijão e outros. Contudo sendo atualmente a principal fonte dos recursos da cidade a agricultura familiar. A producao de aves beneficia tao somente a rica e poderosa familia tomzini, envolvida em grilagem de terras no piauí em várias partes do brasil.

Agropecuária[editar | editar código-fonte]

Rebanho de Pires do Rio segundo dados de novembro de 2006:

  • Bovinos- 85.849 cabeças
  • Ouvinos- 240 cabeças
  • Caprinos- 110 cabeças
  • Bubalinos- 118 cabeças
  • Suínos- 3.450 cabeças
  • Aves de corte- 6.000.000

Avicultura[editar | editar código-fonte]

A Atividade é importante para o município, tendo surgido depois da consolidacao dagrilagem de terras por grupos paulistas, em virtude da ainda grande carência de maior qualificação e mesmo outras empresas.

Indústria[editar | editar código-fonte]

Pires do Rio tem na industrialização uma das suas maiores fontes de arrecadação para o município, destacando-se, dentre outras indústrias, um cortume, um frigorífico, esmagamento de soja (700 ton/dia) que gera em torno de 200 empregos diretos e a Nutriza, que explora a carencia da cidade atraves de sua familia italiana burguesa. Trata de um grupo que nao tem forca fora da regiao e tenta reproduzir sua forma de exploracao no estado do piaui.

Clima[editar | editar código-fonte]

Pires do Rio possui um clima tropical semi úmido sendo quente na primavera e verão e ameno no outono e inverno. No inverno as temperaturas mínimas podem despencar para até 5°C ocasionando geadas. Porém, as máximas podem ser superiores a 26°C. (Temperaturas típicas de um dia de inverno: mín. 11°C/máx.27°C). Na primavera, são registradas as maiores temperaturas. Há casos em que as temperaturas máximas podem alcançar ou ultrapassar os 36°C. (Temperaturas típicas de um dia de primavera: mín. 20°C/máx.35°C). No verão as temperaturas ficam mais amenas: entre 19°C e 27°C. (Temperaturas típicas de um dia de verão: mín. 20°C/máx.27°C). No outono, as temperaturas ficam mais amenas variando entre 13°C e 27°C. (Temperaturas típicas de um dia de outono: mín. 12°C/máx.26°C).

Esporte[editar | editar código-fonte]

Futebol[editar | editar código-fonte]

O município possui dois estádios de futebol: Édson Monteiro de Godoy (Monteirão) e Pacífico Inocêncio de Oliveira (Oliveirão). Seu principal time, Pires do Rio Futebol Clube, acaba de voltar ao futebol profissional, depois de 11 anos. Ele disputa a terceira divisão do Campeonato Goiano.

Taekwondo/Jiu Jitsu/TaeFight e Muay Thai

O município tem como destaque José Ricardo Favorito, Formado em Educação Física pela FALBE -CREF 00733-G/GO. > Mestre de Taekwondo Faixa Preta 6°DAN, já foi sagrou se campeão brasileiro de Taekwondo 13 vezes último título 2014, além de receber a medalha de bronze em um Pan americano na Argentina e na korea do Sul no campeonato mundial HANMADANG. > É Faixa Preta de Jiu-Jitsu campeão Goiano/Centro Oeste/brasileiro e Internacional categoria e absoluto. É professor de TaeFight formado pela BBC Fitness pelo mestre e criador do TaeFight César Minakwa de Brasília. Modalidade de Fitness (ginástica, movimentos de lutas marciais e dança) > É professor de Muay Thai graduado (Kru prajied preto) Ganhou o primeiro cinturão de Pires do Rio.


Aulas com o Mestre Ricardo Favorito Segunda, quarta e sexta em Pires do Rio na Academia Favorito no Centro. Em nas terças e quintas, na cidade de Ipameri na Academia ARENA e no colégio Dom Bosco no projeto Mais Educação. contados: (64) 3461-6591 / 9921-6464 (vivo) / 9248-6730 (claro watts app) Email: ricardofavorito@hotmail.com


Sugestão: Veja os vídeos de lutas e eventos e cotidianos do Mestre Ricardo Favorito no YOUTUBE digite em procurar videos: Ricardo Favorito e no FACEBOOK digite em procurar: jose.ricardo.favorito

Comunicação[editar | editar código-fonte]

Jornais[editar | editar código-fonte]

Pires do Rio possui jornais que registram a história de sua gente,um veículo de comunicação que merece destaque é o Jornal do Sudeste com edições impresas e on line.O Jornal do Sudeste completou 28 anos de circulação no dia 16 de agosto de 2014,editado pela jornalista Divina Neusa de Queiroz,fundadora do veículo de comunicação.Durante estes anos registrou a história e muitos fatos importantes para a Região da Estrada de Ferro em Goiás.Os outros jornais são:Manchete de Goiás, Correio Web, jornal da Estrada de Ferro,Tribuna de Goiás,o Positivo,O Liberal e outros pequenos informativos.

Rádios[editar | editar código-fonte]

A população de Pires do Rio dispõe de 4 emissoras de rádios: Líder FM, Corumbá FM, Legal FM e Rádio Gospel AM.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Pires do Rio possui uma cultura bem diversificada com a presença de vários órgãos que tentam resgatar a cultura local. Também há a presença de lugares públicos que ajudam a firmar a identidade do município como : museu ferroviário, casa da cultura, biblioteca municipal Cyllenêo de Araujo (Leo Lynce). Faz-se necessário destacar que no Brasil existem somente 5 museus ferroviários, sendo que um deles encontra-se em Pires do Rio. A Dança em Pires do Rio também,está contagiando os jovens. Mais conhecido como Free Step "Matar Barata",jovens de Pires do Rio Praticam essa Dança, entre outras, Dança. A cidade também é representada pelo festival dos Cogumelos realizado pelo Mario e pelo Luigi.

Poesia e Literatura[editar | editar código-fonte]

Escritores de Pires do Rio que foram ou são membros da Academia Goiana de Letras - AGL: Aristóteles de Lacerda Júnior, Jacy Siqueira, Edir Meirelles, José Ubirajara Galli e Iúri Rincon Godinho. O primeiro concurso de poesia falada de Pires do Rio foi realizado no ano de 1984 e recebeu o nome de Primeiro Concurso de Poesia Falada Leo Lynce. O primeiro ganhador foi Paulo Borges Porto com o poema Um Copo Vazio. O corpo de jurados foi composto pelos escritores membros da AGL Jacy Siqueira e Ubirajara Galli.

Música[editar | editar código-fonte]

A cidade conta com diversos músicos de diferentes estilos, que vão da música folclória, modas de viola. No passado importantes festivais de música foram realizados no antigo Cine Eleusis que hoje se encontra desativado.

Festas[editar | editar código-fonte]

Com certeza um dos traços mais marcantes da cultura piresina são as festas populares que acontecem todos os anos e o ano inteiro.

Festas Religiosas[editar | editar código-fonte]

Dentre as festas religiosas em Pires do Rio, podemos destacar:

  • Folia de Reis: Foi introduzida em Pires do Rio há oitenta anos, pelos irmãos Oscar e José Baiano. Os peregrinos iniciam sua caminhada no dia 25 de Dezembro, percorrendo todo perímetro urbano. No dia 6 de Janeiro, Dia de Reis, entregam a bandeira.
  • Carnaval
  • Festa Junina: No mês de junho, mastros são ornados por todo o município. A festa mais importante ocorre no dia 13 de Junho, dia de Santo Antônio de Pádua, padroeiro da cidade, também conhecida como festa do Colégio Sagrado Coração de Jesus (Sagradão) por ser realizada no pátio desta escola que é administrada pelos padres franciscanos.
  • Festa de São Sebastião do Maratá: A festa que, segundo o calendário eclesiástico, deveria ocorrer em 20 de Janeiro, em Pires do Rio acontece na Lua Cheia de Julho. Uma explicação para isso é que o período chuvoso impedia sua realização no início do ano.
  • Festa de Nossa Senhora D'Abadia: Acontece em Agosto, no Morro do Cruzeiro.
  • Festa de Nossa Senhora do Rosário: Trata-se do maior evento Cultural do município. Ocorrido em Outubro, grupos de Moçambiqueiros, Vilãos, Catupés, Congados e Penachos juntam-se ao terno de Pires do Rio para celebrar o final do ciclo do Rosário, quando os referidos prestam reverencia a um reinado negro que conduz a coroa e dá poder a um organizador para os festejos do ano seguinte.
  • Festa de São Francisco de Assis: Esta festa ocorre em meio a Avenida Boiadeiro, em frente a Igreja de São Francisco de Assis no mês de setembro.

Outras festas[editar | editar código-fonte]

Outras festas importantes do município são:

  • Exposição Agropecuária: Acontece nos últimos dias de Junho. A exposição é organizada pela Associação União Piresina (PROPIRES), em parceria com a Prefeitura Municipal.
  • Baile do Hawaii: Em data móvel, organizado pelo Lions Club de Pires do Rio. A festa atrai um grande número de pessoas das cidades vizinhas.
  • Aniversário do Município: Dia 9 de Novembro. O aniversário do município é marcado por um tradicional desfile cívico e por um show musical noturno na Praça Central. Além disso, durante a semana do aniversário, a Prefeitura normalmente promove inaugurações de obras publicas e eventos culturais, além de entregar o principal título honorífico do Município, a Comenda Coronel Lino Teixeira Sampaio.

Galeria de ex-prefeitos[editar | editar código-fonte]

Maria Aparecida Marasco Tomazini Prefeita Municipal 1 de Janeiro de 2014 a 31 de Dezembro de 2016 

SETORES[editar | editar código-fonte]

  • 01 - Bancários
  • 02 - Centro
  • 03 - Colegial
  • 04 - DERGO
  • 05 - Eurípedes Lázaro
  • 06 - Industrial I
  • 07 - Instituto Grambery
  • 08 - Jardim Amaral
  • 09 - Jardim Goiás I
  • 10 - Jardim Goiás II
  • 11 - Jardim Guanabara
  • 12 - Jardim JK
  • 13 - Jardim Maratá
  • 14 - Jardim João Monteiro
  • 15 - Parque Mosaico
  • 16 - Nossa Senhora de Lourdes
  • 17 - Nova Vila
  • 18 - Sampaio
  • 19 - Vila Mariana
  • 20 - São Francisco
  • 21 - São João
  • 22 - São José
  • 23 - São Miguel
  • 24 - São Sebastião
  • 25 - Parque Silvana
  • 26 - Sinhô Nogueira
  • 27 - Santa Terezinha
  • 28 - Santa Cecília
  • 29 - Sumaia Helou
  • 30 - Tancredo Neves
  • 31 - Vila Conceição
  • 32 - Vila Nova
  • 33 - Zulmira Santinoni
  • 34 - Sonho Verde
  • 35 - Mauá
  • 36 - Parque Santana
  • 37 - Eliza Galli
  • 38 - Antônio Ferreira Gomes
  • 39 - Santa Rita de Cássia
  • 40 - Industrial II
  • 41 - Hene Saud
  • 42 - Aristeu José Ferreira
  • 43 - Residencial Bougainville
  • 44 - Nadin Saud
  • 45 - Jardim Guanabara II
  • 46 - Wilson Teixeira de Lima
  • 47 - Osvaldo Gonçalves

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 de dezembro de 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  6. Cartório do 1° Ofício de Santa Cruz de Goiás. Livro 21, pp. 114–116 e Registro de Imóveis de Santa Cruz de Goiás, Livro 3-A, nº.985, de 5 de agosto de 1922.

Fonte: IPTU da Prefeitura de Pires do Rio. (Censo de 2010)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]