Valparaíso de Goiás

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Valparaíso de Goiás
Bandeira de Valparaíso de Goiás
Brasão de Valparaíso de Goiás
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 15 de junho de 1995 (19 anos)
Gentílico valparaisense
Prefeito(a) Lucimar Nascimento (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Valparaíso de Goiás
Localização de Valparaíso de Goiás em Goiás
Valparaíso de Goiás está localizado em: Brasil
Valparaíso de Goiás
Localização de Valparaíso de Goiás no Brasil
16° 03' 57" S 47° 58' 44" O16° 03' 57" S 47° 58' 44" O
Unidade federativa  Goiás
Mesorregião Leste Goiano IBGE/2013 [1]
Microrregião Entorno do Distrito Federal IBGE/2013[1]
Municípios limítrofes Novo Gama, Santa Maria (DF), Cidade Ocidental e Luziânia
Distância até a capital 35 km
Características geográficas
Área 60,111 km² [2]
População 132 982 hab. (GO: 7º) –  IBGE/2013[3]
Densidade 2 212,27 hab./km²
Altitude 1080 m
Clima tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,746 alto PNUD/2010[4]
PIB R$ 844.612 milhões IBGE/2013[5]
PIB per capita R$ 6 353,23 IBGE/2013[5]
Página oficial

Valparaíso de Goiás é um município brasileiro do estado de Goiás, no entorno do Distrito Federal. Sua população em 2010, segundo o IBGE, é de 132.982 habitantes. O município compõe a Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno.

História[editar | editar código-fonte]

A história de Valparaíso de Goiás começou em 19 de abril de 1979, quando o prefeito de Luziânia, Walter José Rodrigues, inaugurou o pequeno Núcleo Habitacional Valparaíso I, que surgiu em função da construção de Brasília. Em solenidade oficial, empossou o primeiro administrador regional da localidade, Clóvis José Rizzo Esselin de Oliveira Almeida. O mais novo Núcleo Habitacional de Luziânia contava com apenas 864 casas, uma escola estadual e o prédio da administração regional. O Núcleo Residencial, construído pela Encol, começou com muitos problemas: não havia comércio, a falta de água era freqüente e só havia transporte coletivo na BR-040.

No dia 2 de maio de 1980, através do Decreto-Lei nº 972, ficou instituída e oficializada a data de 19 de abril para comemorar o aniversário da fundação do Núcleo Habitacional Valparaíso. Nesta época, Valparaíso já contava com um posto telefônico, uma agência de Correios e Telégrafos, um escritório de contabilidade e onze lojas comerciais. Foi elevado à categoria de município com a denominação de Valparaíso de Goiás, pela lei estadual nº 12667, de 18 de julho de 1995, desmembrado de Luziânia.[6]

População[editar | editar código-fonte]

A população, apurada no Censo demográfico do Brasil de 2010, é de 132.982 habitantes, sendo 64.624 homens e 68.358 mulheres.

Valparaíso de Goiás é o município que mais cresce no entorno sul do Distrito Federal e um dos que mais crescem no Brasil. As estimativas do IBGE apontam para uma população de 132.982 habitantes em 2013, com densidade demográfica de 2.165,48 habitantes/km2.O crescimento populacional do município nos últimos dois anos é de aproximadamente 4,36%.

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município está localizado na latitude -16.0687 e longitude: -47.9766, 16° 4′ 7″ Sul, 47° 58′ 36″ Oeste. A cidade fica a 1.080 m de altitude, no Leste Goiano, na Região do Entorno do Distrito Federal, no chamado Planalto Central. Sua área territorial é de 61,410 quilômetros quadrados e a uma altitude de 1.080 m. A cidade fica a 188 km da capital do estado, Goiânia, e a 35 km da capital federal, Brasília.

Biodiversidade[editar | editar código-fonte]

A área do município é composta de terras altas e planas, com leves ondulações. A vegetação é o cerrado, cujas principais características são os grandes arbustos e as árvores esparsas, de galhos retorcidos e raízes profundas.

Divisa entre o Distrito Federal e o estado de Goiás.

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima do estado de Goiás é tropical semiúmido, com temperatura média anual de 23°C. Na estação das chuvas, de outubro a abril, as temperaturas são altas, principalmente nas regiões oeste e norte. Entre setembro e abril, estas podem chegar a até 39°C. A estação da seca dura de maio a setembro. Entre os meses de maio e julho, as temperaturas podem chegar perto dos 4°C, dependendo da região do estado.

O município de Valparaíso de Goiás está situado na parte leste de Goiás, no Planalto Central, onde o clima é mais ameno, com pouca possibilidade de temperaturas extremas, tanto no inverno quanto no verão. Em geral, os verões são agradáveis e os períodos relativamente frios ocorrem com a diminuição das chuvas, entre maio e setembro, quando há queda expressiva da umidade relativa do ar. Como acontece em toda a região, o período de seca vai de abril a agosto, e o chuvoso de setembro a março.

Educação[editar | editar código-fonte]

Tanto o ensino fundamental como o ensino médio são oferecidos pela rede pública municipal e estadual e entidades particulares. Ainda mesmo com os investimentos na educação o município ainda tem um contingente de população razoável na linha dos analfabetos funcionais e totalmente, o número chega a 18.880 pessoas. No município existem 45.376 aluns matriculados, os quais se encontram na pré-escola, ensino fundamental, ensino médio, EJA e o ensino superior. O município possui quatro unidades de ensino superior: Faculdades Anhanguera, FACESA-Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, CESB-Centro de Ensino Superior do Brasil e UNIDESC - Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro Oeste.

Educação Militar[editar | editar código-fonte]

Pelo fato do bairro do Céu Azul ter uma alta criminalidade, a PMGO escolheu o bairro para criar o primeiro Colégio Militar de Valparaíso, que se chama Colégio da Polícia Militar de Goiás Fernando Pessoa.

UEG[editar | editar código-fonte]

A carência do município por um centro de ensino superior é alta, por isso houve a reunião do Conselho Universitário da Universidade Estadual de Goiás que aprovou, no dia 30 de outubro de 2013, em sua 77ª sessão plenária, a proposta de criação da Unidade Universitária em Valparaíso de Goiás. Dos 54 conselheiros aptos a votar, 40 foram favoráveis à proposta, 10 contrários e 4 se abstiveram de votar, porém até o final de 2014 não há indícios da iniciação da obra da universidade no município.

Saúde[editar | editar código-fonte]

O município dispõe de 48 estabelecimentos de saúde, sendo 34 sobre cuidados do SUS, porém sempre teve uma grande dependência dos centros de saúde do DF. O Cais (Centro de Assistência Integrada de Saúde) tem uma grande demanda de atendimentos, assim por várias vezes não tendo os equipamentos necessários para atender a população, porém o município sabendo da sobrecarga do hospital construiu uma UPA, que se encontra no bairro Marajó.

Transporte[editar | editar código-fonte]

Frota[editar | editar código-fonte]

Em todo o Brasil o aumento na frota é o que mais impressiona, e no Valparaíso não é diferente, hoje o município conta com 18.468 automóveis, 2.129 caminhonetes, 625 caminhões e 4.663 motocicletas, e tendo como frota total 27.475.

Frota
Automóveis 18.468
Caminhonetes 2.129
Motocicletas 4.663
Caminhões 625
Outros 1.590
Total 27.475

O Trem[editar | editar código-fonte]

Atualmente existe um trem de carga que leva alguns produtos de Brasilia ao estado de Goiás, porém a SUDECO visa um trem de transporte de passageiro, o que faria com que a BR-040 já sobrecarregada tivesse uma frota a menos de carros.

BR-040[editar | editar código-fonte]

No dia 27 de dezembro de 2013, a Invepar ganhou o leilão de concessão da rodovia BR-040 (DF/GO/MG), no quinto e último leilão de rodovia federal no ano de 2013, ao fazer oferta com deságio de 61,13 por cento sobre a tarifa de pedágio máxima permitida pelo governo.A Invepar que tem como sócios os fundos de pensão Petros e Funcef, um fundo de investimento do Banco do Brasil e o grupo OAS apresentou proposta de cobrança de 3,22 reais por praça. A tarifa-teto prevista no edital era de 8,29 reais por praça de pedágio para veículos de passeio.Os leilões de rodovias são parte do plano do governo da presidente Dilma Rousseff de melhorar a infraestrutura logística do Brasil, um dos principais entraves para o crescimento econômico. A iniciativa também inclui a concessão de aeroportos, ferrovias e portos.

Economia[editar | editar código-fonte]

O setor de serviços e a indústria compõem a base da economia de Valparaíso de Goiás. Em razão do alto índice de urbanização, a atividade agropecuária é bastante reduzida. Atualmente, grandes empresas têm-se instalado no município, atraídas pelo potencial econômico e principalmente pela posição estratégica da cidade.

O município faz margem ao porto seco do Distrito Federal, local de grande densidade industrial, que tem o objetivo de atrair grandes empresas. Segundo dados de diagnóstico setorial desenvolvido pelo SENAI – Goiás, Valparaíso de Goiás possui um agrupamento industrial composto por mais de 100 empresas do segmento de móveis.

Para atender a esse setor, está em fase de consolidação, através de convênio com o Ministério da Integração Nacional, o programa de desenvolvimento econômico de Arranjo Produtivo Local (APL) moveleiro, que tem como objetivos:

  • Consolidar o APL de móveis de Valparaíso de Goiás como polo dinâmico e gerador de emprego e renda;
  • Estruturar e organizar a gestão da Cooperativa de Moveleiros de Valparaíso, com vistas a atender seus princípios básicos;
  • Melhorar a estrutura produtiva do segmento de serralheria local, por meio de cursos de capacitação da mão de obra, de gestão e de assistência técnica ao setor.

A economia de Valparaíso de Goiás vem crescendo em ritmo acelerado, em consonância com a rápida expansão populacional. Com a consolidação do APL moveleiro, esse ritmo deve se acelerar ainda mais, trazendo mais emprego, mais renda e mais cidadania para a população

Indicadores socioeconômicos[editar | editar código-fonte]

PIB municipal (2010)
[5] R$ 844.612,00 milhões
PIB per capita (2010)
[5] R$ 6.353,00
Composição do PIB (2010)[7]
  • Valor adicionado bruto da agropecuária: R$ 0,150 milhão
  • Valor adicionado bruto da indústria: R$ 109.633,00 milhões
  • Valor adicionado bruto dos serviços: R$ 656.962,00 milhões
  • Impostos sobre produtos líquidos de subsídios: R$ 77.867,00 milhões
  • Receitas: 103.998.645,00
  • Despesas: 101.584.343,00

Comércio[editar | editar código-fonte]

Shopping Sul[editar | editar código-fonte]

O Shopping Sul foi inaugurado em 1993, e completamente remodelado em 2008, passando a ser administrado pelo Grupo Terral.O empreendimento é o único shopping de grande porte (atualmente com 22mil m² de ABL) de todo o entorno Sul de Brasília, região composta por 7 municípios (Valparaíso, Luziânia, Gama, Novo Gama, Santa Maria, Cidade Ocidental e Cristalina), que abrangem cerca de 900 mil habitantes.O centro de compras possui 100 lojas, tendo como âncoras Lojas Americanas, Lojas Marisa, Riachuelo, Supermercado Super Maia, Vapt Vupt e Multicine Cinemas. Além de ampla Praça de Eventos, Academia, espaço de jogos eletrônicos e brinquedoteca Play Games e Praça de Alimentação Climatizada com grandes operações: Giraffas, Montana Grill, Spoleto, Subway, Divino Fogão, Patroni Pizzas, Pamonha Caipira, Pizzaria Orvieto,QG Pastéis e Grelhados e em breve Villa Sushi e Burguer King.O Shopping conta ainda com Megalojas como Fuijoka, Ricardo Eletro, Lojas Mix e Centauro. E se tornou referência em calçados, contando com as marcas: Agittus, Polyelle, Luart, Mylla Calçados, Mr Foot, Baeta, Aleatto, Tennis Brasil e Sapato’s.

Havan[editar | editar código-fonte]

A Havan é uma loja de departamentos onde se vende produtos de variadas marcas e inclusive a marca: Havan. A inauguração da Rede de Lojas de Departamento em Valparaíso de Goiás foi no dia 07 de junho de 2014.

Bairros[editar | editar código-fonte]

O maior bairro de Valparaíso de Goiás é o bairro Jardim Céu Azul.

  • Chácaras Anhanguera A,B e C
  • Chácaras Ipiranga A e B
  • Cidade Jardins
  • Cruzeiro do Sul
  • Jardim Céu Azul
  • Jardim Ipanema
  • Jardim Oriente
  • Jardim dos Ipês
  • Morada Nobre
  • Pacaembu
  • Parque Araruama
  • Parque das Flores
  • Parque Esplanada I
  • Parque Esplanada II
  • Parque Esplanada III
  • Parque Esplanada IV
  • Parque Esplanada V
  • Parque Marajó
  • Parque Rio Branco
  • Parque Santa Rita de Cássia
  • Parque São Bernardo
  • Setor de Chácaras Lurdes Meireles
  • Valparaíso I - Etapa A
  • Valparaíso I - Etapa B
  • Valparaíso I - Etapa C
  • Valparaíso I - Etapa D
  • Valparaíso I - Etapa E
  • Valparaíso II
  • Vila Isabel
  • Vila Guaira

Administração[editar | editar código-fonte]

Prefeitura[editar | editar código-fonte]

Prefeita: Lucimar Nascimento (PT)

Vice-prefeito: Elson Varejão (PMDB)

Câmara de Vereadores[editar | editar código-fonte]

Presidente: Afrânio Pimentel (PSDB)

Vice-Presidente: Ângela Pessoa

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2013). Visitado em 11 de outubro de 2013.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Estimativa Populacional 2013 (PDF) Censo Populacional 2013 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (01/07/2013). Visitado em 23/10/2013.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Visitado em 31 de julho de 2013.
  5. a b c d [http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/pibmunicipios/2005_2009/tabelas_pdf/tab01.pdf Tabela 1 - Produto Interno Bruto a preços correntes e Produto Interno Bruto per capita segundo as Grandes Regiões, as Unidades da Federação e os municípios - 2009-2013]. Visitado em 22 de março de 2014.
  6. LEI Nº 12.667 de 18 de julho de 1995 Diário Oficial do Estado de Goiás (18 de julho de 1995).
  7. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Banco de Dados: Cidades

Ligações externas[editar | editar código-fonte]