Formosa (Goiás)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Formosa
Bandeira de Formosa
Brasão de Formosa
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 1 de agosto de 1843 (170 anos)
Gentílico formosense
Prefeito(a) Itamar Sebastião Barreto (PSD)
(2013–2016)
Localização
Localização de Formosa
Localização de Formosa em Goiás
Formosa está localizado em: Brasil
Formosa
Localização de Formosa no Brasil
15° 32' 13" S 47° 20' 02" O15° 32' 13" S 47° 20' 02" O
Unidade federativa  Goiás
Mesorregião Leste Goiano IBGE/2008[1]
Microrregião Entorno do Distrito Federal IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Paranoá (DF), Planaltina (DF), Planaltina, Água Fria de Goiás, São João d'Aliança, Flores de Goiás, Vila Boa, Buritis (MG), Cabeceiras e Cabeceira Grande (MG)
Distância até a capital 280 km
Características geográficas
Área 5 806,891 km² [2]
População 108 503 hab. IBGE/2013[3]
Densidade 18,69 hab./km²
Altitude 916 m
Clima Tropical Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,744 alto PNUD/2010 [4]
PIB R$ 655,336 milhões IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 6 918,88 IBGE/2008[5]
Página oficial

Formosa é um município brasileiro do estado de Goiás. Situa-se a 75 quilômetros de Brasília, e a 282 Km Goiânia. A população do município de Formosa é de 108 503 habitantes [6] , de acordo com estimativas de 2013 do IBGE.

História[editar | editar código-fonte]

Formosa surgiu em meados do século XVIII, quando Goiás pertencia à capitania de São Paulo. A cidade foi formada por antigos moradores do Arraial de Santo Antônio, no vale do Paranã, que fugiram de seu povoado depois que uma forte epidemia de malária assolou a região. Com medo da doença, tropeiros e comerciantes que vinham da Bahia e Minas Gerais acampavam na região onde hoje está localizada Formosa.

O povoado foi batizado de Arraial dos Couros em homenagem aos viajantes que acampavam no local em barracas de couro que eles traziam para comercializar. A criação do município de Formosa deu-se em 1 de agosto de 1843.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura mínima registrada em Formosa foi de 3,9 ºC, ocorrida no dia 18 de julho de 1975, enquanto que a máxima foi de 39,0 ºC, observada no dia 30 de novembro de 1961. O maior acumulado de chuva registrado na cidade em 24 horas foi de 124,0 mm, em 1º de fevereiro de 1992.[7]

Economia[editar | editar código-fonte]

Indicadores socioeconômicos[editar | editar código-fonte]

PIB municipal (2008)
[5] R$ 655,336 milhões
PIB per capita (2008)
[5] R$ 6.918,88
Composição do PIB (2008)[8]
  • Valor adicionado bruto da agropecuária: R$ 58,777 milhões
  • Valor adicionado bruto da indústria: R$ 88,052 milhões
  • Valor adicionado bruto dos serviços: R$ 454,706 milhões
  • Impostos sobre produtos líquidos de subsídios: R$ 54,130 milhões

Entidades Representativas Empresariais:

SINCOFOR- Sindicato do Comércio Varejista de Formosa e Região

SINHORES - Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Turismo e Similares de Formosa e Entorno do DF

Sindicato Rural de Formosa

ACIF- Associação Comercial de Formosa

ASEVAB- Associação dos Supermercados de Formosa e Região

Generalidades[editar | editar código-fonte]

Catedral de Formosa.
Salto do Itiquira em Formosa.

Cidade de importante riqueza natural, com grande número de cachoeiras, dentre elas destaca-se a Cachoeira do Itiquira, localizada a 34 quilômetros do centro da cidade, é umas das mais altas da América Latina com 168 metros de altura. Outro ponto muito conhecido é a Lagoa Feia, com seis quilômetros de comprimento e meio de largura e com profundidade entre 4 e 10 metros.

Ainda tem o Lajedo que forma grandes piscinas naturais, a Gruta das Andorinhas com aproximadamente 250 metros de profundidade, Buraco das Araras com aproximadamente 100 metros de profundidade e o Rio Bandeirinha o qual forma várias cachoeiras.

Possui um importante sitio arqueologico chamado Bisnau.

Foi incluida em 2011, como uma das 100 cidades brasileiras com apelos e atrativos turisticos no Ministerio do Turismo por indicação da CNTur- Confederação Nacional do Turismo.

Distritos[editar | editar código-fonte]

O município possui três distritos:

Povoados[editar | editar código-fonte]

Educação[editar | editar código-fonte]

Possui um campus da Universidade Estadual de Goiás, que oferece os cursos de Geografia, História, Letras, Matemática, Pedagogia e Química.

Conta ainda com a UNINTER, Unopar [Ead], as Faculdades IESGO e CAMBURY, que oferecem vários cursos.

Possui também um campus do Instituto Federal de Goiás (IFG), que oferece cursos técnico-profissionalizantes e graduação em Biologia e Engenharia Civil.

Segurança[editar | editar código-fonte]

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) é representado na cidade pela 7ª Companhia Independente Bombeiro Militar (7ª CIBM). Essa, atualmente, é composta por 43 militares. Sendo que,ainda esse ano, após a conclusão do curso de formação de soldados (CFSD) 2011, mais 3 bombeiros serão incorporados à instituição. Além disso, o atual Governo do Estado de Goiás prevê a contratação de 25 novos praças para integrarem o quadro de combatentes da Companhia até o final do primeiro semestre de 2012. Não obstante a isso, a 7ª CIBM realizou 12.266 (doze mil duzentos e sessenta e seis)atendimentos no ano de 2009. No que tange às estatísticas referentes aos anos posteriores (2010 e 2011) serão divulgadas em breve.[carece de fontes?]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Estimativa Populacional 2013 (PDF). Censo Populacional 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (01/07/2013). Página visitada em 23/10/2013.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 31 de julho de 2013.
  5. a b c d Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas IBGE_Pop_2010
  7. Sistema de Monitoramento Agrometeorológico (Agritempo). Dados Meteorológicos - Goiás. Página visitada em 12 de julho de 2013.
  8. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Banco de Dados: Cidades

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Goiás é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.