Santa Helena de Goiás

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Santa Helena de Goiás
"Shego"
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 20 de outubro de 1948.
Fundação 14 de Outubro de 1943.
Gentílico santelenense
Lema "Amor ao Trabalho"
Prefeito(a) Judson Lourenço da Silva (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Santa Helena de Goiás
Localização de Santa Helena de Goiás em Goiás
Santa Helena de Goiás está localizado em: Brasil
Santa Helena de Goiás
Localização de Santa Helena de Goiás no Brasil
17° 48' 50" S 50° 35' 49" O17° 48' 50" S 50° 35' 49" O
Unidade federativa  Goiás
Mesorregião Sul Goiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Sudoeste de Goiás IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Rio Verde, Acreúna, Maurilândia, Santo Antônio da Barra e Turvelândia
Distância até a capital 200 km
Características geográficas
Área 1 127,855 km² [2]
População 36 760 hab. (GO: 30º) –  Estimativa IBGE/2012[3]
Densidade 32,59 hab./km²
Altitude 570 m
Clima Tropical Temperado
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,747 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 537 857 mil IBGE/2010[5]
PIB per capita R$ 14 752 38 IBGE/2010[5]
Página oficial

Santa Helena de Goiás é um município brasileiro do estado de Goiás. Possui uma área territorial de 1.128 km² e sua população estimada em julho de 2012 era de 36.760 habitantes de acordo com o IBGE. Faz divisas com os municípios de Rio Verde, Acreúna e Maurilândia estando situada no sudoeste do estado a 200 km de Goiânia. Na cidade também está localizado o Seminário Menor São João Maria Vianney, destinado a formação sacerdotal da Diocese de Jataí.

Sua vida é marcada pela agropecuária, destacando inicialmente com o plantio de Arroz, Banana e Café nos anos de 1950/60.

O município tem como principais indústrias a Italac, e uma usina de álcool e açúcar (Usina Santa Helena), que é controlada pelo Grupo Naoum com sede em Anápolis, e a Monsanto do Brasil. Também está se instalando em Santa Helena com um pólo de confecções que produzirá diversos tipos de roupas para a Hering.

Santa Helena de Goiás já foi considerada a capital nacional do algodão, sendo que o maior contribuinte para este título foi a vinda de vários produtores da Alta Mogiana Paulista e Triângulo Mineiro e trabalhadores braçais nordestinos nas décadas de 60, 70 e 80. Vieram por encontrar solo fértil, sendo nossa cidade um dos ícones em desenvolvimento agrícola no estado, prova disso era a honrada 2ª economia do estado, perdendo apenas para a capital Goiânia, isso no auge do Algodão.

Hoje possui a Fundação-GO que pesquisa variedades de algodão em parceria com a Embrapa e uma empresa de transformação de caroço de algodão em torta muito útil à alimentação animal que é a Guanambi Rações.

Com a expansão dos plantações de cana-de-açúcar a cultura do algodão migrou radicalmente para o estado de Mato Grosso e para o oeste da Bahia, o que causou uma grande diminuição do capital circulante na cidade. Uma grande quantidade de trabalhadores dependentes da cultura do algodão tiveram seus empregos extintos e isso causou um aumento do desemprego e abertura de postos de trabalho informal na região. As antigas algodoeiras que saíram de funcionamento estão sendo reaproveitadas em novas construções, como por exemplo a vinícola Santa Helena, que funciona em uma algodoeira desativada.

Prova desta diversificação agrícola é a transformação de um colégio agrícola em uma futura unidade de pesquisa da Embrapa/Uva. Existe parceria de pequenos agricultores com empresas ligadas a produção de sucos, doces, compotas dando assim o plantio de Maracujá, Banana. Santa Helena conta hoje com um excelente hospital que é o Hospital de Urgencias da região sudoeste (HURSO), conta com 122 leitos sendo 10 de UTI adulto e 10 de UTI infantil, sendo direcionado para urgencias, nas áreas de traumatologia, ortopedia, cirurgia geral e neurocirurgia e exames de média e alta complexidade. Atendento 27 cidades da região sudoeste entre elas Rio Verde, Jatai, Mineiros,São Simao, Paranaiguara, Quirinopólis, Caçu, Maurilândia Acreúna, Serranopólis, Chapadão do Ceú e Santa Rita do Araguaia. A cidade conta também com uma unidade da universidade estadual de Goias com 4 cursos, sendo eles Administração, Sistemas de Informações, Matemática e Engenharia Agrícola. Secretaria de estado da saúde. unidade da UEG de Santa Helena.

Santa Helena Esporte Clube[editar | editar código-fonte]

A cidade é sede do Santa Helena EC, vice-campeão do Campeonato Goiano de 2010 e rebaixado à 2ª divisão estadual em 2011.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 de dezembro de 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 de dezembro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Goiás é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.