Rain (canção de Madonna)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Rain"
Single de Madonna
do álbum Erotica
Lado B "Up Down Suite" (Dub)
"Waiting" (Remix)
"Open Your Heart" (UK)
Lançamento Estados Unidos 17 de julho de 1993
Formato(s) CD single, cassete, 7", 12"
Gravação 13 de novembro - 6 de dezembro de 1991
(Manhattan, New York)

Verão de 1992
Soundworks Recording Studio
(Astoria, Nova Iorque)
Gênero(s) Pop, trip-hop
Duração 5:24 (album version)
4:17 (radio edit)
Gravadora(s) Maverick, Sire, Warner
Composição Madonna
Shep Pettibone
Produção Madonna
Shep Pettibone
Crítica profissional All Music Guide 3 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg
link
Cronologia de singles de Madonna
Último
Último
"Fever"
(1993)
"Bye Bye Baby"
(1993)
Próximo
Próximo
Lista de faixas de Erotica
Último
Último
"Words"
(9)
"Why's It So Hard?"
(11)
Próximo
Próximo

"Rain" (em português: Chuva) é uma canção da cantora e compositora americana Madonna, do seu quinto álbum de estúdio, Erotica (1992). A canção foi lançada em 17 de julho de 1993 pela Maverick Records como o quinto single do álbum, porém como o quarto na América do Norte. A canção foi produzida e escrita por Madonna e Shep Pettibone. A letra da canção compara a chuva ao efeito fortalecedor do amor, e como acontece com a capacidade da água de limpar e lavar as coisas físicas, também de lavar a dor. A letra também fala sobre esperar e ter esperança (e, provavelmente, reciprocidade de sentimentos) por um amor; como com as outras canções de Erotica, contato sexual também é uma possível interpretação da canção.

"Rain" recebeu grandes elogios dos críticos de música, que a apontaram como um dos melhores trabalhos de Madonna, e foi posteriormente comparada ao seu então futuro single "I'll Remember", o qual foi lançado um ano depois. A canção teve moderado sucesso nas paradas, já que chegou ao top dez em alguns países, incluindo Canadá, Japão, Austrália, Irlanda, Itália e Reino Unido. Um clipe foi lançado para o single, com Madonna em um fundo futurista, o qual foi filmado em preto e branco e posteriormente foram aplicados tons azuis. O vídeo da música foi aclamado por muitos críticos, apontando-o como um dos melhores clipes de todos os tempos.

A canção foi lançada comercialmente em apenas uma compilação de Madonna, sendo esta Something to Remember (1995). Não tendo aparecido em nenhuma outra compilação até então. A canção foi incluída em apenas duas turnês de Madonna, sendo The Girlie Show em 1993 e uma versão remixada na Sticky & Sweet Tour em 2008-09.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

"Rain " foi escolhido como o quinto single de Erotica. No entanto, a canção foi inicialmente lançada como o quarto single nos Estados Unidos e Canadá. O single incluía uma faixa inédita, "Up Down Suite", que é uma versão dub de 12 minutos de "Goodbye to Innocence", uma faixa que não entrou no álbum mas foi produzida durante as sessões de gravação de Erotica. Esta versão do single também incluía um remix de Danny Saber da faixa do álbum, "Waiting", a qual contém um rap do Everlast.

No Reino Unido, o single incluía a faixa de 1986 "Open Your Heart", a qual estava sendo usada em um comercial de carro da Peugeot na época, este lançamento também apresentava uma arte diferente, com fotografia de Melodie McDaniel, que mais tarde dirigiria o clipe da música "Secret"[1] [2] [3] da Madonna, lançado em 1994. A mesma foto foi posteriormente usada na versão americana de 1994 do single "I'll Remember", embora esta versão tivesse sido levemente alterada para remover o microfone da fotografia. Em 1995, a canção também foi incluída compilação de baladas da Madonna, Something to Remember.

De acordo com os meios de comunicação, a canção foi primeiramente atribuída como sendo uma canção tributo a cantora e compositora americana Karen Carpenter,[4] porque de acordo com esses meios, o canto e a estrutura de canto de Madonna se assemelhavam àquela de Carpenter. Em uma entrevista com Madonna, ela declarou: "Karen Carpenter tinha a voz mais clara e pura. Eu sou completamente influenciada por sua sensibilidade harmônica".[4]

Composição[editar | editar código-fonte]


Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

"Rain" é uma canção pop com influência de trip-hop e balada. De acordo com a partitura publicada no MusicNotes.com, a canção é composta na chave de Eb maior.[5] A instrumentalização musical de violino, flauta e oboé e o alcance vocal de Madonna podem se estender do tom A♭4 ao tom E♭6.[5] O tempo da canção é definido em um ritmo moderado, mas não muito rápido e tem um metrônomo de 92 batidas por minuto. De acordo com o MusicNotes, a música é influenciada pelos gêneros adulto-contemporâneo, dance, dance-pop e europop. De acordo o site Discogs, a canção é influenciada pelos estilos eletrônico, downtempo e synthpop. [6]

No que diz respeito à letra, Madonna está comparando a chuva com os sentimentos de amor. Assim como a chuva lava a terra, o amor limpa as mágoas do passado, restando apenas você e seu amante naquele momento no tempo. Madonna escreveu a canção com seu recorrente colaborador no início dos anos 90 Shep Pettibone, que também trabalhou com ela em "Vogue" e "This Used To Be My Playground".[4]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

"Rain " foi aclamada por muitos críticos de música , que acharam que a canção foi uma das melhores músicas criadas por Madonna. A canção foi descrita na revista Rolling Stone como uma "balada de anseio".[7] O editor da Allmusic Stephen Thomas Erlewine disse que a canção era uma das "melhores e mais bem feitas músicas de Madonna".[8] Sal Cinquemani da revista Slant havia descrito, junto com "Rain", as baladas no álbum como sendo principalmente sobre sexo, dizendo que ""Rain" é como uma metáfora estendida [sobre esperma], embora eu não concorde com essa interpretação impensada."[9] Em uma extensiva avaliação com o Yahoo! Music, "Rain" recebeu uma crítica positiva dizendo que ""Rain" - Esta é uma das melhores baladas de Madonna, com um crescendo dinâmico no final, significando uma fuga da enxurrada da chuva com o romper do sol. É uma música fantástica e uma das [minhas] favoritas de todos os tempos."[10]

No entanto, a revista Stylus tinha dito que a canção era uma "reescrita piegas de "This Used To Be My Playground" daquele mesmo ano, em si uma reescrita lamacenta de "Promise to Try" do álbum "Like A Prayer."[11]

Performance comercial[editar | editar código-fonte]

A canção chegou ao número 14 na Billboard Hot 100 dos E.U.A, ficando um total de 20 semanas na parada . Também atingiu o número sete na parada Hot Adult Contemporary Tracks, o número 11 no Hot 100 Airplay, e ficou na posição de número 67 no Billboard Year-End Hot 100 singles of 1993, que classificava os 100 maiores singles daquele ano. No Reino Unido, a canção também foi um sucesso, atingindo o número sete nas paradas. De acordo com a "Compania Oficial de Paradas" (Official Charts Company), "Rain" já havia vendido 130.771 cópias naquele país, até agosto de 2008[12] Com "Rain", Madonna alcançou o título de cantora que teve o maior número de singles de um mesmo álbum a alcançar o top 10, uma façanha que ela também realizou com o lançamento de True Blue em 1986 e novamente em 1998 com Ray of Light. No Canadá, a canção foi um grande sucesso, chegando ao número dois em 18 de setembro de 1993, e mais tarde ganhando a posição de número 15 na parada de fim de ano canadense.

Em outros lugares, o single obteve sucesso em paradas top 20 e top 10. Na Austrália, a canção estreou no número 21 nas paradas, e foi subindo até atingir o número cinco e recebeu certificado de ouro pela ARIA.[13] A canção permaneceu como seu single de maior duração na parada, permanecendo nas paradas por 20 semanas, até que "Hung Up" (2005) permaneceu nas paradas por um total de 23 semanas. Na Nova Zelândia, a canção foi um sucesso mais moderado, estreando e atingindo a posição de número 20, e permanecendo lá por quatro semanas não-consecutivas, até cair para a 49. Na Suécia, a canção estreou no número 30, até subir e atingir a posição 16, permanecendo nas paradas por 10 semanas. Na Suíça, a canção estreou na posição 29, até subir e atingir a posição de número 11, não entrando no top 10 por pouco, mas permaneceu nas paradas por 12 semanas.

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

O vídeo, dirigido por Mark Romanek,[14] foi filmado de 16 a 19 de maio de 1993 em um hangar do Aeroporto de Santa Monica, em Santa Monica, Califórnia.[15] Romanek e Madonna elaboraram o vídeo para parecer que Ryuichi Sakamoto o estava dirigindo, dando-lhe uma sensação de bastidores. Ele foi inteiramente filmado em preto e branco e então pintado a mão com tons de azul.[15] O vídeo começa com Madonna em um estúdio, deitada em um sofá usando fones de ouvido compondo uma canção, a seguir uma sequência em que ela canta em frente a um microfone, a qual é alternada com as dela recebendo instruções do diretor (interpretado por Ryuichi Sakamoto). Ela, então, aparece em frente de um fundo de luzes brilhantes, representando o céu iluminado pelo sol, e também em uma cena dela beijando um homem atrás de um vidro sobre o qual cai água. O vídeo termina com uma visão aérea de guarda-chuvas abertos cobrindo todo o chão.

O vídeo estreou em 21 de junho de 1993 na MTV. Mais tarde, naquele ano ele ganhou dois MTV Video Music Awards de Melhor Direção de Arte e Melhor Fotografia. Na lista dos "100 melhores videos musicais" da revista Slant, ele se classificou como número 70.[16] Este foi também o segundo vídeo consecutivo em que Madonna usou uma peruca (sendo "Fever" o primeiro).[15] O vídeo foi primeiramente disponibilizado comercialmente quando foi incluído na coletânea de 1999 The Video Collection 93:99 e, mais recentemente, quando foi incluído no DVD Celebration de 2009.

Faixas do single[editar | editar código-fonte]

  1. Rain (Radio Remix)
  2. Waiting (Remix)
  3. Up Down Suite
  4. Rain (Album Version)

Faixas de Rain EP[editar | editar código-fonte]

  1. Rain (Radio Remix)
  2. Waiting (Remix)
  3. Up Down Suite
  4. Rain (Album Version)
  5. Bad Girl (Extended Mix)
  6. Fever (Extended 12")
  7. Fever (Shep`s Remedy Dub)
  8. Fever (Murk Boys Miami Dub)
  9. Fever (Oscar G`s Dope Mix)
  10. Rain (Video Edit)

Referências

  1. MELODIE MCDANIEL (em inglês) artcenter.edu. Visitado em 11 de novembro de 2013.
  2. MELODIE MCDANIEL (em inglês) thedirectorsbureau.com. Visitado em 11 de novembro de 2013.
  3. (UK 12" / 12" Picture Disc / CD Single liner notes). "Rain". Madonna. Maverick Records. 1993W0190T / W0190TP / W0190CD. 
  4. a b c Rain by Madonna (em inglês) songfacts.com. Visitado em 11 de novembro de 2013.
  5. a b [hhttp://www.musicnotes.com/sheetmusic/mtdFPE.asp?ppn=MN0078006 Rain By Madonna - Digital Sheet Music] (em inglês) musicnotes.com. Visitado em 12 de novembro de 2013.
  6. Madonna ‎– Rain (em inglês) discogs.com. Visitado em 12 de novembro de 2013.
  7. Arion Berger (26 de novembro de 1992). Erotica by Madonna (em inglês) Rolling Stone. Visitado em 12 de novembro de 2013.
  8. Stephen Thomas Erlewine. Madonna Erotica (em inglês) allmusic.com. Visitado em 12 de novembro de 2013.
  9. SAL CINQUEMANI (24 de fevereiro de 2007). Madonna Erotica (em inglês) Slant Magazine. Visitado em 12 de novembro de 2013.
  10. John Myers (09 de abril de 2009). Classic 90's Music Reviews: Madonna's Erotica (em inglês) voices.yahoo.com/. Visitado em 12 de novembro de 2013.
  11. Alfred Soto (17 de janeiro de 2006). On Second Thought Madonna - Erotica (em inglês) Stylus Magazine. Visitado em 12 de novembro de 2013.
  12. Alan Jones (19 de agosto de 2008). The Immaculate Guide To 50 Years Of Madonna (em inglês) UBM plc Music Week. Visitado em 12 de novembro de 2013.
  13. Christopher Dean (07 de abril de 2011). [hhttp://australianfuncountdowns.blogspot.com.au/2010/01/accreditation-awards.html Australian Fun Countdowns: Accreditation Awards] (em inglês) Australianfuncountdowns.blogspot.com.au. Visitado em 12 de novembro de 2013.
  14. MAUREEN SAJBEL (28 de julho de 1993). VIDEO VOGUE : A Vulnerable Madonna (em inglês) Los Angeles Times. Visitado em 14 de novembro de 2013.
  15. a b c enlacemadonna (em inglês) personales.ya.com. Visitado em 14 de novembro de 2013.
  16. SAL CINQUEMANI AND ED GONZALEZ (29 de junho de 2003). 100 Greatest Music Videos (em inglês) slantmagazine.com. Visitado em 14 de novembro de 2013.