Frozen (canção de Madonna)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Frozen"
Single de Madonna
do álbum Ray of Light
Lado B "Shanti/Ashtangi"
Lançamento 23 de fevereiro de 1998 (1998-02-23)
Formato(s) CD single, 7" 12", download digital
Gravação Junho de 1997;
Larrabee Studios North
(Los Angeles, Califórnia)
Gênero(s) eletrônica
Duração 6:12
Gravadora(s) Maverick, Warner Bros.
Composição Madonna, Patrick Leonard
Produção Madonna, Leonard, William Orbit
Cronologia de singles de Madonna
Último
Último
"Another Suitcase in Another Hall"
(1997)
"Ray of Light"
(1998)
Próximo
Próximo

"Frozen" é uma canção da artista musical estadunidense Madonna, contida em seu sétimo álbum de estúdio Ray of Light (1998) A canção foi incluída em dois álbuns de compilação da artista, GHV2 (2001) e Celebration'(2009). Em 2005, um juiz belgo abriu um processo contra a cantora, alegando que a canção contém amostras não autorizadas de uma canção de Salvatore Acquaviva, fazendo com que o disco Ray of Light fosse proibido de ser vendido no país. Enquanto a ação judicial estava sendo movida, a cantora apresentou a canção em um show no ano de 2009 na cidade de Werchter, na Bélgica. Em fevereiro de 2014, o processo foi encerrado e arquivado a favor de Madonna, com a alegação de que "nenhuma amostra foi encontrada na canção". A música foi publicada ilegalmente na internet em 1998, sendo enviada para as rádios estadunidenses horas depois, servindo como o primeiro single do disco.

Musicalmente, "Frozen" é uma canção mid-tempo de origens da música música eletrônica e ambiente, com elementos do trip hop, e fala sobre um homem frio e sem emoções. Juntamente com o disco Ray of Light, a faixa recebeu aclamação universal, com uma parte dizendo que esta é a melhor canção do disco. Muitos também descreveram a canção como "uma obra de mestre", e definiram seu ritmo melancólico como "cinematógrafo". Também obteve uma grande recepção no campo comercial, tendo a permanecer entre os cinco primeiro em mais de dez países e o segundo lugar na Billboard Hot 100 dos Estados Unidos, fazendo da cantora a artista com mais singles em segundo lugar na tabela, atingindo simultaneamente o pico na Hot Dance Club Play. Além de atingir o topo das tabelas musicais do Reino Unido, Finlândia e Espanha.

A direção do vídeo musical do tema ficou a cargo de Chris Cunnigham e foi filmado em um deserto na Califórnia entre os dias 7 e 10 de janeiro de 1998, estreando na emissora musical estadunidense MTV uma semana antes do lançamento da canção, em 16 de fevereiro de 1998. Apresenta a cantora em um alter-ego gótico e melancólico de feiticeira se transformando em pássaros e em um grande cachorro preto. Devido aos seus efeitos especiais, recebeu um prêmio nos MTV Video Music Awards 1998 na categoria Best Special Effects. Simultaneamente com a canção, a artista promoveu o disco Ray of Light através de apresentações em programas musicais televisivos e talk-shows, como o alemão Wetten, dass..? e nas turnê mundiais Drowned World Tour (2001), Re-Invention Tour (2004) e Sticky & Sweet Tour (2008-09). A canção foi regravada por artistas como Talisman, Thy Disease e pelo elenco da série musical Glee.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Madonna apresentando "Frozen" na turnê Drowned World Tour (2001).

Após o nascimento de sua primeira filha Lourdes Maria no ano de 1996, a cantora se aproximou à Cabala e começou a estudar o hinduísmo e a praticar yoga, tudo o que a ajudou a "sair fora de [mim mesma] e ver o mundo de uma perspectiva diferente".[1] A cantora sentiu-se inspirada por essas atividades, quando ela começou a ter introspecção de si: "Isso foi muito catalisador para mim. Isso me fez sair em busca de respostas para as perguntas que eu nunca tinha me perguntado", disse a cantora em entrevista à revista Q.[1] No mesmo ano, Madonna começou a escrever e produzir o disco Ray of Light ao lado do produtor britânico William Orbit.[1] A cantor também disse: "Eu era um grande fã de trabalhos anteriores de William ... Eu também adorei todos os remixes que ele fez para mim, e eu estava interessada em sair em busca de um tipo de som futurista, mas também usando influências de sons indianos e marroquinos e coisas assim, e eu queria que o som parecesse velho e novo ao mesmo tempo".[1] Questionada sobre o processo de produção da faixa, Madonna comentou:

Eu estava tão obcecada com o filme The Sheltering Sky e em todo Marroquino / orquestral / super-romântico / homem-levando-a-mulher-que-ama-na-vibração-do-deserto. Então eu disse à Patrick Leonard que eu queria algo com uma sensação tribal, algo realmente exuberante e romântico. Quando ele começou a tocar uma música, eu só vi a fita [de áudio digital] e começaram uma livre-associação que veio com a melodia.[2]

Um trecho de baixa qualidade da canção foi divulgada pelos fãs no mesmo dia de seu lançamento, após ter estreado em Cingapura, que foi postada no começo na era da internet.[3] [4] Eles disseram que sabiam que estavam cometendo um grande erro, mas que esperavam que fosse simplesmente gerar o interesse de Madonna.[3] A canção foi tocada nas estações radiofônicas estadunidenses, incluindo a estação WKTU New York.[4] Em parceria com a Recording Industry Association of America's Anti-Piraty Unit, a Warner Bros. Records excluiu estas versões não autorizadas da canção na internet. Erik Bradley, diretor musical da Chicago B96, classificou a canção como "a marca de um recorde. Claramente, a rádio pop americana precisa de Madonna", depois da estreia da canção nos Estados Unidos.[4] De acordo com Jon Uren, diretor de marketing da Warner Music Europe, a canção também teve um apoio inicial "fantástico" em toda a Europa.[4] Logo após o vazamento não autorizado da canção, uma versão remixada da original foi transmitido pela página oficial da BBC na internet,[3] e também foi incluída na trilha sonora do desfile da moda primavera-verão da marca Versace, no ano de 1998.[5]

Composição[editar | editar código-fonte]

"Frozen" (1998)
Demonstração de 30 segundos de "Frozen", canção composta na assinatura de tempo comum na chave de F menor e com 120 batidas por minuto.

Problemas para escutar este arquivo? Veja introdução à mídia.

"Frozen" é uma balada eletrônica mid-tempo que possui um som em camadas reforçadas por cordas e sintetizadores,[6] [7] arranjados por Craig Armstrong.[8] Foi composta na assinatura de tempo comum na chave de F menor, com um moderado ritmo de 120 batidas por minuto. De acordo com a partitura publicada no Musicnotes.com, "Frozen" possui a básica progressão de acordes Fm-D♯-C-♯-D-♯. No entanto, seu refrão segue a progressão Fm-B-♭-m-C-♯G-♯. O alcance vocal de Madonna vai desde a oitava inferior de F3 até a alta nota de A♭4.[9]

A faixa se inicia com austeros e cordas clássicas, enquanto a progressão de acordes se enfatiza tonicamente. Para a segunda estrofe, que inclui uma dramática dinâmica musical, efeitos eletrônicos de ritmos e música ambiente são adicionados gradualmente.[6] Em seu livro Madonna's Drowned Worlds, Santiago Fouz-Hernandéz e Freya Jarmans-Ivens comentaram que a faixa foi fortemente por diversos tipos de música clássica, mais notavelmente a música clássica contemporânea, como o neo-romantismo, bem como compositores de ópera italiana e demonstrações de Madama Butterfly de Pucinni e Aïda, de Verdi. Os vocais de Madonna não possuem vibrações, e receberam comparações com a música medieval.[6]

Liricamente, o tema trata de um homem frio e sem emoções.[6] Em seu primeiro verso, Madonna em um alcance médio com a frase "Você apenas vê o que os seus olhos querem que você veja".[nota 1] No refrão, ritmos dançantes e efeitos de música ambiente são adicionados. Na segunda estrofe da obra, são adicionadas letras mais viscerais, como "O amor é um pássaro, ela precisa voar".[nota 2] Durante a ponte da faixa, amplas linhas de cordas fornecem instrumentais para a canção. A canção termina com uma cadeia de ostinato' que simplesmente desaparece, sem resolver totalmente o refrão tônico.[6] Durante uma entrevista para o jornal The New York Times, Madonna comentou que a letra de "Frozen" é constituída em torno da "retaliação, do peso do ódio, que é o que eu lido em 'Frozen'. Todo mundo vai pensar que a letra é sobre Carlos [ex-namorado da cantora], mas não é. É sobre as pessoas em geral".[10]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

Pintura de Madonna com o visual do clipe de Frozen

O videoclipe de "Frozen" foi realizado pelo britânico Chris Cunningham. Madonna decidiu colaborar com este realizador após ter visto o seu trabalho no video "Come to Daddy" de Aphex Twin, onde se salientavam os efeitos especiais. Chris Cunningham foi também responsável pelos efeitos especiais do filme Alien:Resurrection.

O videoclipe foi filmado no deserto de Mojave-Califórnia, nos Estados Unidos. Não apresenta uma estrutura narrativa elaborada; em vez disso, Madonna limita-se a interpretar a canção usando um vestido negro desenhado pelo estilista francês Jean-Paul Gaultier e uma longa peruca igualmente negra, criando uma personagem que segundo a própria Madonna, em entrevista ao Vj e repórter da MTV americana Kurt Loder, "era a personificação da angústia e infelicidade feminina". Entre os efeitos especiais, encontram-se a transformação de Madonna num bando de corvos e num cão de raça doberman.

A cantora retirou a inspiração para o video na arte pré-rafaelita, bem como no filme "O Paciente Inglês". Igualmente presente como fonte de inspiração são as correntes espirituais orientais, como o hinduísmo e o budismo, que se detectam na parte final do videoclipe quando Madonna realiza uma série de gestos com a mãos que representam nessa religião vários conceitos (mudras). As mãos de Madonna encontram-se pintadas com tinta de hena numa técnica chamada de mehndi, comum como forma de decoração pessoal temporária na Índia, Médio Oriente e Norte de África.

Segundo Madonna, a gravação deste videoclipe foi uma das mais complicadas da sua carreira, devido ao facto das temperaturas no deserto serem muito quentes durante o dia e gélidas durante a noite.Esse fato se comprova quando,em algumas partes do video,Madonna aparece tremendo de frio.

Acusações de plágio[editar | editar código-fonte]

No dia 18 de Novembro de 2005 um juiz da cidade belga de Mons decidiu que a canção Frozen de Madonna era um plágio. Segundo o juiz, quatro acordes da canção de Madonna são idênticos aos da canção "Ma Vie Fout L'camp" composta pelo belga Salvatore Acquaviva. O juiz ordenou a retirada do mercado do álbum Ray of Light e proibiu as rádios e televisões do país de emitirem a canção.[11]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Na história da internet, "Frozen" foi uma das primeiras canções a estar disponível online um mês antes do seu lançamento oficial. Uma página online de Singapura disponibilizou a canção num ficheiro wav de baixa qualidade, o que gerou entusiasmo por parte dos fãs de Madonna, bem como ameaças de acção judicial por parte da editora discográfica Warner Bros. em relação a quem oferecesse o download da canção.[3] [4]

"Frozen" fez parte de três digressões mundiais de Madonna: Drowned World Tour (2001), Re-Invention Tour (2004), que passou por Portugal e Sticky & Sweet Tour (2009). Outra curiosidade é que a filha de Madonna, Lourdes Maria, naquela época com menos de 2 anos, se perdeu no meio do deserto no carro de um dos colaboradores do vídeo.

Tops[editar | editar código-fonte]

O single "Frozen" alcançou o topo das tabelas de vários países, como Espanha, Japão e Itália.

No Reino Unido, apesar das esporádicas vendas elevadas de singles como "You´ll See" (5º lugar em 1995) e "Don´t Cry For Me Argentina" (3º lugar em 1996), o single foi visto como o grande tema de retorno de Madonna, tendo se tornado o primeiro single da artista a estrear em primeiro lugar e o segundo single de Madonna a atingir o número 1 depois de "Vogue" (1990).

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Precessão e sucessão[editar | editar código-fonte]

Gráficos de sucessão
Precedido por
Torn por Natalie Imbruglia (1ª vez)[18]
El Club de Los Humildes por Mecano (2ª vez)[18]
Primeira posição na Espanha Productores de Música de España
28 de fevereiro – 14 de março de 1998 (1ª vez)
28 de março de 1998 (2ª vez)
Sucedido por
El Club de Los Humildes por Mecano (1ª vez)[18]
El Club de Los Humildes por Mecano(2ª vez)[18]
Precedido por
Fun por Da Mob e Jocelyn Brown[21]
Primeira posição na Estados Unidos Hot Dance Club Play
25 de abril – 2 de maio de 1998
Sucedido por
Found a Cure por Ultra Naté[21]
Precedido por
Pop-musiikka por Neljä Baritonia[23]
Primeira posição na Finlândia Suomen virallinen lista
12 de fevereiro de 1998
Sucedido por
My Heart Will Go On por Céline Dion[23]
Precedido por
Give Me Love por DJ Dado e Michelle Weeks[26]
Primeira posição na Itália Federazione Industria Musicale Italiana
21 de março – 11 de abril de 1998
Sucedido por
Gimme Love por Alexia[26]
Precedido por
Brimful of Asha (The Norman Cook Remix)[30]
Primeira posição na Reino Unido UK Singles Chart
1 de março de 1998
Sucedido por
My Heart Will Go On por Céline Dion[30]

Notas

  1. No original: "You only see what your eyes want you see".
  2. No original: "Love is a bird, she needs to fly".

Referências

  1. a b c d Black, Johnny. (Agosto de 2002). "Making of Ray of Light" 17 (8). ISSN 0955-4955.
  2. Walter, Barry. (Abril de 1998). "Madonna Just Made Her Most Daring Album in Years...". Spin 14 (4). ISSN 0886-303.
  3. a b c d Madonna Illegally "Frozen" On The Web (em inglês). MTV News (Viacom) (29 de janeiro de 1998). Página visitada em 7 de maio de 2012.
  4. a b c d e Larry, Flick. (21 de fevereiro de 1998). "WB Expects Madonna To 'Light' Up International Markets" 110 (8): 83. ISSN 74808-02552. Página visitada em 8 de dezembro de 2012.
  5. Morris, Bob (1 de fevereiro de 1998). Style; Let's Go: Fashion Spring '98 (em inglês). The New York Times. The New York Times Company. Página visitada em 17 de dezembro de 2012.
  6. a b c d e Fouz-Hernández & Jarman-Ivens 2004, p. 64
  7. Flick, Larry. (28 de fevereiro de 1998). "Madonna Melts Roxy Crowd As Belle Of The Ice Ball" 110 (11): 36. ISSN 0006-2510.
  8. Roseberry, Craig. (30 de março de 2002). "Armstrong Delivers New Disc On Melankolic/Astralwerks" 110 (13): 31. ISSN 0006-2510.
  9. Digital sheet music – Madonna Ciccone - Frozen (em inglês). Musicnotes.com. Alfred Publishing. Página visitada em 17 de dezembro de 2012.
  10. Powers, Ann (1 de março de 1998). POP VIEW; New Tune for the Material Girl: I'm Neither (em inglês). The New York Times pp. 3. Página visitada em 19 de dezembro de 2012.
  11. "Madonna in plagiarism case defeat", BBC Online. BBC, 2005-11-18. Página visitada em 2012-12-09.
  12. a b Die ganze Musik im Internet: Charts, News, Neuerscheinungen, Tickets, Genres, Genresuche, Genrelexikon, Künstler-Suche, Musik-Suche, Track-Suche, Ticket-Suche – musicline.de (em alemão). Media Control Charts. PhonoNet GmbH. Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  13. Australiancharts.com – Madonna – Frozen. Australian Recording Industry Association. Hung Medien (1 de março de 1998). Página visitada em 26 de maio de 2012.
  14. Austriancharts.at - Madonna – Frozen (em alemão). Ö3 Austria Top 40. Hung Medien (1 de março de 1998). Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  15. Ultratop.be – Madonna – Frozen (em neerlandês). Ultratop 40. Hung Medien (28 de fevereiro de 1998). Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  16. Ultratop.be – Madonna – Frozen (em francês). Ultratop 50. Hung Medien (21 de fevereiro de 1998). Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  17. Top Singles - Volume 67, No. 4, April 20 1998. RPM. RPM Library Archives (20 de abril de 1998). Página visitada em 26 de maio de 2012.
  18. a b c d e Salaverri 2005, p. 123
  19. The Billboard Hot 100: Week Ending April 4, 1998. Billboard. Prometheus Global Media. Página visitada em 19 de janeiro de 2011.
  20. Hot Radio Songs: Week Ending April 25, 1998. Billboard. Prometheus Global Media (25 de abril de 1998). Página visitada em 26 de maio de 2012.
  21. a b c Hot Dance Music/Club Play: Week Ending April 25, 1998. Billboard. Prometheus Global Media (25 de abril de 1998). Página visitada em 26 de maio de 2012.
  22. Hot Adult Contemporary: Week Ending May 16, 1998. Billboard. Prometheus Global Media (16 de maio de 1998). Página visitada em 26 de maio de 2012.
  23. a b c Finnish Singles Chart (em finlandês). Suomen virallinen lista. Hung Medien (1 de março de 1998). Página visitada em 26 de maio de 2012.
  24. Lescharts.com – Madonna – Frozen (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Hung Medien (11 de abril de 1998). Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  25. Irish Singles Chart (Search). Irish Recorded Music Association. Hung Medien (26 de fevereiro de 1998). Página visitada em 6 de agosto de 2008.
  26. a b c Madonna - Frozen (em italiano). Federazione Industria Musicale Italiana. Página visitada em 8 de janeiro de 2010.
  27. Charts.org.nz - Madonna - Ray of Light. Recording Industry Association of New Zealand. Hung Medien (1 de março de 1998). Página visitada em 26 de maio de 2012.
  28. Norwegiancharts.com – Madonna – Frozen. VG-lista. Hung Medien (10 de setembro de 1998).
  29. Dutchcharts.nl – Madonna – Frozen (em neerlandês). Mega Single Top 100. Hung Medien (15 de março de 1998). Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  30. a b c Archive Chart – Singles March 7, 1998. The Official Charts Company (7 de março de 1998). Página visitada em 26 de maio de 2012.
  31. Swedishcharts.com – Madonna – Frozen. Singles Top 60. Hung Medien (27 de fevereiro de 1998). Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  32. Madonna – Frozen – swisscharts.com (em neerlandês). Swiss Music Charts. Hung Medien (15 de março de 1998). Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  33. German Top 20 - The Chart Of 1998 (em alemão). Würzburg Universität. Página visitada em 20 de dezembro de 2012. Cópia arquivada em 20 de dezembro de 2012.
  34. ARIA Charts - End of Year Charts - Top 100 Singles 1998. Australian Recording Industry Association. Página visitada em 2 de março de 2011.
  35. Jahreshitparade Singles 1998 (em neerlandês). Ö3 Austria Top 40. Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  36. Jaaroverzichten 1998 (em neerlandês). Ultratop 50. Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  37. Rapports Annuels 1998 (em inglês). Ultratop 50. Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  38. Billboard Top 100 - 1998. Billboard. Página visitada em 28 de agosto de 2010.
  39. Classement Singles - année 1998 (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  40. Top Annuali Single: 1998 (em italiano). Federazione Industria Musicale Italiana. Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  41. Jaaroverzichten - Single 1998 (em neerlandês). Dutch Top 40. Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  42. Årslista Singlar - År 1998 (em sueco). Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  43. SWISS YEAR-END CHARTS 1998 (em inglês). Swiss Music Charts. Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  44. Gold-/Platin-Datenbank (Madonna; 'Frozen'). Bundesverband Musikindustrie. Musikindustrie.de (23 de abril de 1998). Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  45. ARIA Charts – Accreditations – 1998 Singles. Australian Recording Industry Association. Página visitada em 6 de agosto de 2008.
  46. Austrian certification (search). Federação Internacional da Indústria Fonográfica (10 de março de 1998). Página visitada em 6 de agosto de 2008.
  47. U.S. certification (search). Recording Industry Association of America (30 de abril de 1998). Página visitada em 6 de junho de 2008.
  48. Annee 2012 - Certifications Au 31/10/2012 (23 de abril de 1998). Página visitada em 20 de dezembro de 2012.
  49. IFPI Norsk platebransje. Página visitada em 6 de agosto de 2008. Cópia arquivada em 8 de novembro de 2012.
  50. Dutch certification (search). Nederlandse Vereniging van Producenten en Importeurs van beeld- en geluidsdragers. Página visitada em 6 de agosto de 2008. Cópia arquivada em 4 de junho de 2009.
  51. BPI - Certified Awards Search. British Phonographic Industry. Página visitada em 2 de julho de 2010. Cópia arquivada em 17 de janeiro de 2010.
  52. Grammofon Leveratörernas Förening (25 de junho de 1998). Swedish certification (PDF). Grammofon Leveratörernas Förening. Página visitada em 6 de agosto de 2008.
  53. The Official Swiss Charts and Music Community: Awards (Madonna; 'Frozen'). Swiss Music Charts. Página visitada em 6 de agosto de 2008.