Luiz Thunderbird

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Luiz Fernando Duarte)
Ir para: navegação, pesquisa
Luiz Thunderbird
Nome completo Luiz Fernando Duarte
Nascimento 08 de abril de 1961 (56 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Músico
Página oficial
Website oficial

Luiz "Thunderbird" Fernando Duarte (São Paulo, 8 de abril de 1961), também conhecido como Thunder, é um músico, apresentador e ex-VJ da MTV Brasil. Desde 1986, é integrante da banda Devotos de Nossa Senhora Aparecida. Em parceria com o jornalista Mauro Beting, está escrevendo sua biografia (ainda sem nome, a ser lançada em 2017). Em 2008, ele lançou o Thunderview, um programa na internet de entrevistas que foi ao ar até 2011, quando retornou para a MTV.[1]

Seu apelido veio após a criação da banda Devotos de Nossa Senhora Aparecida, em que achava o nome FThunderbird, do automóvel Ford Thunderbird, "bacana".[2]

Apesar de suas passagens por outras emissoras, ficou marcado por seu trabalho na MTV Brasil. Tinha um notório bordão: "se é que você me entende", reproduzido até mesmo por um personagem da TV Colosso inspirado em Thunder: o "Thunderdog", homenagem de Luiz Ferré, diretor do programa.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Luiz Fernando Duarte nasceu no bairro Cambuci centro de São Paulo, SP.[2] Logo após, se mudou para São Bernardo do Campo.[2]

Entrou na Faculdade Metodista de Odontologia aos 17 anos, em 1979. Se formou aos 21 anos e trabalhou na área até 1987. Em 1985 formou a banda Aerosow que durou apenas 6 meses. No mesmo ano formou os Neocínicos. Na sexta feira Santa de 1986 formou os Devotos de Nossa Senhora Aparecida. A banda existe até hoje com cinco discos lançados de 1987 a 1990 trabalhou como redator publicitário, nas agências Afinal Propaganda e JDP Publicidade. Em 1990 inaugura a MTV, apresentando LadoB.

Carreira televisiva[editar | editar código-fonte]

Thunderbird estreou na televisão apresentando o programa LadoB. Também apresentou os programas Rockblocks, Top 10 EUA, Ponto Zero e 121 Minutos. Em 1992 estreiou o programa CEP MTV, que fez grande sucesso na programação. Em 1993 estreiou a TV Colosso, que apresentou o personagem Thunderdog, uma homenagem do diretor Luiz Ferré ao VJ. Em 1994, Thunderbird se transferiu para a Rede Globo, onde apresentou o Hollywood Rock, o Carnaval da Globo 94, um quadro no Fantástico e o programa musical TV Zona. Permaneceu na Globo até 1995. Em 1996, ele retorna a MTV para apresentar o Contos de Thunder, programa que era exibido aos sábados em que Thunderbird comentava sobre filmes da produtora trash Troma Films. O programa teve 10 episódios. Foi no mesmo ano que Thunderbird fez reportagens no jornal Notícias Populares, sob a tutela do jornalista Fernando Costa Neto. Em 1997, ele assinou contrato com a Rede Manchete para apresentar o Perdidos na Tarde. O programa foi ao ar até 1998. Dirigido por Homero Salles, o Perdidos na Tarde se dizia um programa para a família brasileira, uma revista popular de variedades. Em final 1999, Thunderbird voltou para a MTV para apresentar o programa Tempo MTV, que comemorava os 10 anos da emissora. Apresentou também o programa VJ Por 1 Dia. Em 2001, apresentou o programa Supernova ao lado da VJ Didi Wagner. Em 2002, apresentou o programa Caça VJ, que revelou os VJs Leo Madeira e Rafa Losso. Em 2003, apresentou o programa Dance O Clipe. A partir de 2004, Thunderbird se transferiu para o departamento de Marketing da MTV e trabalhou em programas off air. em 2002, Thunderbird apresentou o programa de rádio Tapa Na Orelha, ao lado de Alan Terpins. O programa era gravado no estúdio A Voz Do Brasil. A partir de 2003, Alan Terpins deu lugar a Joana Ceccato, que era a voz da MTV em todas as promos da emissora. O programa era transmitido pelas rádios 96FM de Santos e Radio Clipe em Indaiatuba até 2008.

Pela internet, ele estreou em 2008 o Thunderview, um programa de entrevistas com duração de cerca de 12 minutos, e era exibido toda segunda feira até 2011, quando assinou contrato novamente com a MTV.[3]

Em junho de 2011, Thunderbird retorna à MTV para comandar o Programa do VMB, que relembrou os momentos mais marcantes da premiação.[4]

Logo após, ele estreou a série de episódios do MTV Clássica, programa que contou a história de quatro movimentos musicais importantes. Além disso, apresentou no verão de 2012 da emissora, dentro da faixa Shuffle MTV, o Quiosque do Thunder, em que entrevistava, na praia, músicos como Marcelo Jeneci, Karol Conká, Leoni, Gabi Amarantos entre outros. Em abril do mesmo ano, começou a apresentar o Provão MTV, ao lado de Daniela Cicarelli.[5] A aprtir de 2011, Thunderbird participou do programa Furo MTV até 2013.

Em setembro de 2013, ele participou do último programa ao vivo da MTV Brasil denominado Saideira com duração de seis horas que comemorou o fim da emissora na TV aberta no país.[6]

Após sua saída da MTV, ele foi um dos cotados a integrar o time de apresentadores da TV Cultura, algo que foi confirmado em novembro de 2013 como apresentador do programa MythBusters.[7]

Desde 2014, apresenta o podcast Thunder Radio Show na Central 3.

Carreira musical[editar | editar código-fonte]

Sua primeira banda criada foi a Cannabis Sativa, na década de 80[8] que servia para juntar os colegas para fumar maconha.[9]

A segunda banda, foi Aerosow que durou poucos meses. Na sequência, fundou os Neocínicos. Devotos de Nossa Senhora Aparecida, foi formada em 1986 por Thunderbird ao lado Danny Hotten e Roberto Diez. Depois de várias formações a banda gravou o álbum de estreia, Devotos um Quem? foi lançado pela Radical Records em 1993. Anos mais tarde, em 2002 o segundo álbum foi lançado, Rock'n'Roll.[10] O terceiro álbum de estúdio, Osciloscópio, foi lançado em 2013 e contém participação na produção de Xico Sá e André Abujamra, e contém referências do rockabilly e blues elétrico, voltando ao rock clássico.[11] Em 2016, os Devotos de Nossa Senhora Aparecida lançou o disco comemorativo de 30 anos da banda Audio Generator".

Em 2010, Thunderbird fundou a banda Tarântulas & Tarantinos ao lado de Felipe Maia (bateria) e Felipe Pagani (guitarra). Pagani, residente em Londres, foi substituido por Guilherme Held. Em 2016, a banda lançou seus primeiros trabalhos autorais. A banda prepara seu disco de estreia.

Ele também já foi baixista durante um ano da banda do cantor Júpiter Maçã. Em entrevista, Thunderbird disse: "O Júpiter é um super amigo! É muito agradável tocar com ele".[12]

Ele também integra mais sete bandas, Aerosol, Tarântulas e Tarantinos, Pork-a-Light, Flaming Birds, Los Beatles Forevis, Fuck Berry and the Followers, Sub Versões e Oldsmobile Special Edition.

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

  • Top 20 EUA (1990)
  • Yo! (1992)
  • 121 Minutos (1992)
  • Rock Blocks (1993, 2013)
  • Ponto Zero (1990)
  • Lado B (1990)
  • TVZona (1994)
  • TV Colosso (1994)
  • Thunderview
  • CEP MTV (1992)
  • Contos de Thunder (1996)
  • Perdidos na Tarde (1997)
  • Tempo MTV (2000)
  • VJ por um Dia (2000)
  • Caça VJ (2002)
  • Programa do VMB (2011)
  • MTV Clássica (2012)
  • Shuffle MTV (2012)
  • Provão MTV (2012)
  • Furo MTV (2013)
  • MythBusters (2013)

Referências

  1. «Thunderbird lança Thunderview». Punknet. 7 de março de 2008. Consultado em 9 de agosto de 2013 
  2. a b c d Thunderbird, Luiz (6 de julho de 2011). «Luiz Thunderbird: "Não sou casado e não sei se tenho filhos"». Quem. Globo.com. Consultado em 9 de agosto de 2013 
  3. «Portal Imprensa: Thunderbird, ex-VJ da MTV, estréia programa de entrevistas na Internet». 17 de março de 2002. Consultado em 9 de agosto de 2013 
  4. a b Vidovix, Louis (2 de junho de 2011). «Luiz Thunderbird assina contrato para voltar à MTV». Pipoca Moderna. R7. Consultado em 9 de agosto de 2013 
  5. «De volta à MTV, Daniela Cicarelli grava piloto de game show». UOL. Na Telinha. 14 de março de 2012. Consultado em 14 de março de 2012 
  6. Boere, Natália (27 de setembro de 2013). «MTV Brasil reúne VJs de várias gerações em sua última transmissão ao vivo». O Globo. Globo.com. Consultado em 30 de setembro de 2013 
  7. Bruzzi, Taty (11 de novembro de 2013). «Thunderbird apresentará o programa "Caçador de Mitos" na TV Cultura». Natelinha. Universo Online; Ne10. Consultado em 27 de novembro de 2013 
  8. Cardoso, Rodrigo. «"Comprava droga para não me matar"». IstoÉ. Editora Três. Consultado em 9 de agosto de 2013 
  9. Gailewitch, Monica (26 de julho de 2000). «Cada vez mais jovens». Veja. Editora Abril. Consultado em 9 de agosto de 2013 
  10. «Devotos de Nossa Senhora Aparecida». Nave dos Deuses. Consultado em 9 de agosto de 2013 
  11. «Devotos de Nossa Senhora Aparecida celebram 25 anos». CuritibaCultura. 13 de fevereiro de 2013. Consultado em 9 de agosto de 2013 
  12. «Thunderbird fala sobre experiência com drogas». ObaOba. Consultado em 9 de agosto de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]