Série 3100 da CP

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Automotora da Série 3100, no Estoril.

A Série 3100, mais conhecida por Cravens, refere-se a um tipo de automotora a tracção eléctrica, que foi utilizada pelas operadoras Caminhos de Ferro Portugueses e Sociedade Estoril na Linha de Cascais, em Portugal.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Esta Série era composta por onze unidades a tracção eléctrica[1], com uma voltagem de 1500 V[2]; podiam atingir até 90 km/h, e dispunham de uma potência total de 960 kW. [1]

História[editar | editar código-fonte]

Foram fabricadas pelas empresas britânicas General Electric Company e Cravens, tendo entrado ao serviço da Sociedade Estoril no primeiro semestre de 1950, na Linha de Cascais.[2] Estas automotoras passaram para a gestão dos Caminhos de Ferro Portugueses, quando terminou o arrendamento da Linha à Sociedade Estoril[2], em 1976.[3]

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Automotora da Série 3100 na Estação do Monte Estoril, em 1994.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i «CP withdrawn trainsets and motor cars» (em inglês). Railfaneurope. 4 de Dezembro de 2011. Consultado em 12 de Maio de 2012 
  2. a b c d e f REIS et al, p. 164
  3. REIS et al, p. 117

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • REIS, Francisco Cardoso dos; GOMES, Rosa Maria; GOMES, Gilberto; et al. (2006). Os Caminhos de Ferro Portugueses 1856-2006. [S.l.]: CP-Comboios de Portugal e Público-Comunicação Social S. A. 238 páginas. ISBN 989-619-078-X 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Série 3100 da CP

Ligações externas[editar | editar código-fonte]