Série 9600 da CP

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Automotora da Série 9600, na Estação de Guimarães, em 1996.
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a antiga automotora da Linha da Póvoa. Para a automotora ao serviço na Linha do Vouga, veja Série 9630.

A Série 9600 da CP é um conjunto de 22 automotoras de via estreita idênticas, que estiveram ao serviço da operadora Caminhos de Ferro Portugueses e da sua sucessora, Comboios de Portugal, entre 1976 e 2002.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Fabricadas pela casa Alsthom, foram entregues entre 1976 e 1977, recebendo os números de série 9601 a 9622 pela empresa Caminhos de Ferro Portugueses.[2] Foram introduzidas nas Linhas de Guimarães e do Porto à Póvoa e Famalicão, para substituir as composições de locomotivas a vapor e carruagens.[2]

Embora conseguissem alcançar uma velocidade máxima de 90 km/h, não puderam alcançar estes valores no início, devido à idade e características dos carris.[2] Em 1985, eram consideradas modernas e confortáveis.[2]

Estiveram em uso até 2002, quando a rede que servia foi integrada (parcialmente) no Metro do Porto.[1] Permaneceram depois estacionadas sem utilização no depósito de Guifões, não sendo aproveitadas na restante rede métrica; foram finalmente vendidas a operadores estrangeiros — cinco unidades aos Camarões e dezassete à Argentina.[1]

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Estas automotoras utilizavam uma configuração em Unidade Dupla a Diesel.[1][3] Apresentavam uma largura de 2,70 m, portanto, de considerável dimensão em termos de material circulante para via métrica; o peso por eixo é de dez toneladas.[2]

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Automotora da Série 9600 no depósito da Estação de Boavista, em 1977.
  • Ano de entrada ao serviço: 1976[3]
  • Ano de saída de serviço: 2002[1]
  • Tipo de composição: Unidade Dupla a Diesel[3][2]
  • Bitola de via: 1000 milímetros[2]
  • Número de unidades construídas: 22[3]
  • Potência: 286 kW[3]
  • Esforço de tracção: 45 kN[3]
  • Velocidade máxima: 90 km/h[3]
  • Tipo de tracção: Diesel - eléctrica[3]
  • Lotação:
    • Primeira classe: 19[3]
    • Segunda classe: 99[3]
  • Fabricante: Alsthom[3][2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e Manuel Margarido TÃO: “150 Anos de Material Motor Francês em Portugal” O Foguete 17 (2007.01-03): p. 22.
  2. a b c d e f g h GONZALO, E. (Março de 1985). «Oporto, una interesante red suburbana de los ferrocarriles del Norte lusitano». Madrid: GIRE. Via Libre (em espanhol). 22 (250): 29, 31 
  3. a b c d e f g h i j k «CP withdrawn narrow gauge stock». Railfaneurope. 19 de Março de 2012. Consultado em 20 de Março de 2012 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre as automotoras da Série 9600

Ligações externas[editar | editar código-fonte]