Universidade São Francisco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Universidade São Francisco
USF
Lema Produzir e difundir o conhecimento, libertar o ser humano pelo diálogo entre a ciência e a fé e promover fraternidade e solidariedade, mediante a prática do bem e consequente construção da paz.
Fundação 1985
Tipo de instituição Privada, filantrópica
Localização Bragança Paulista (sede), São Paulo, Brasão do estado de São Paulo.svg São Paulo
Reitor(a) Héctor Edmundo Huanay Escobar
Vice-reitor(a) Joel Alves de Sousa Júnior
Diretor(a) Joel Alves de Sousa Júnior, Luciana Rita Stracialano Parada, José Roberto Paolillo Gomes e Simone Cristina Spiandorello
Campus Campus Bragança Paulista (Bragança Paulista)
Campus Cambuí (Campinas)
Campus Swift (Campinas)
Campus Itatiba (Itatiba)
Campus São Paulo (São Paulo)
Página oficial www.usf.br

A Universidade São Francisco (USF) é uma instituição de ensino superior privada brasileira sediada em Bragança Paulista, interior de São Paulo e possui mais três campi: Campinas (Cambuí e Swift), Itatiba e São Paulo.

É considerada referência nacional na área de Engenharia Civil e ciências exatas. A universidade foi avaliada com conceito 4 (de 5) no Conceito Institucional (CI) do Ministério da Educação (MEC) em 2009.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1945 a Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil, da Ordem dos Frades Menores, funda oficialmente a Casa de Nossa Senhora da Paz - Ação Social Franciscana (CNSP - ASF), mantenedora da USF, para proporcionar educação e assistência aos moradores carentes do bairro Ipanema, na cidade do Rio de Janeiro. Três anos depois, a CNSP - ASF é reconhecida como instituição de utilidade pública, sendo, em 1965, certificada como entidade beneficente de assistência social.

No ano de 1976, a sede da CNSP - ASF é transferida para Bragança Paulista, em São Paulo, passando a assumir a gestão do então Instituto de Ensino Superior da Região Bragantina. É a partir desse momento que a instituição consolida seu trabalho com ensino superior, propiciando que em 1985 as Faculdades Franciscanas, por meio de uma portaria ministerial, passassem a ser reconhecidas como Universidade São Francisco (USF).

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Atualmente a instituição conta com campus em Bragança Paulista (sede), Itatiba, Campinas e São Paulo e oferta cerca de 60 cursos de graduação, 30 de pós-graduação, incluindo três programas de Mestrado e Doutorado.

A USF conta com 238 salas de aula, 176 laboratórios e 7 bibliotecas, totalizando 232.427 volumes e 1.299 periódicos impressos disponíveis. Além disso, é uma das instituições credenciadas no Portal de Periódicos da CAPES, o que lhe franqueia 7.125 títulos e seis bases referenciais, possibilitando pleno acesso dos usuários às principais bases de dados para pesquisa.

Referência em saúde, a USF possui o HUSF (Hospital Universitário São Francisco) considerado o hospital geral mais importante da região bragantina em razão de suas atividades de alta complexidade, desenvolvimento de pesquisas e intervenções de elevada especialização, tais como: cirurgia cardiovascular e transplante renal.

Campi[editar | editar código-fonte]

Bragança Paulista[editar | editar código-fonte]

Com 43.773,79 m² de área construída, o Campus Bragança Paulista conta com 19 cursos de graduação, distribuídos entre as áreas de Ciências Biológicas e da Saúde, Humanas e Sociais Aplicadas, Exatas e Tecnológicas. Além de cursos de extensão e programas de pós-graduação Lato Sensu e Stricto Sensu. São 83 salas de aula e 88 laboratórios com equipamentos para ensino e pesquisa. A USF possui sete bibliotecas, das quais, quatro estão localizadas em Bragança. É no Campus Bragança Paulista que está localizado o HUSF (Hospital Universitário São Francisco)

São Paulo[editar | editar código-fonte]

O Campus São Paulo – Freguesia do Ó, planejado para ser completamente acessível aos portadores de necessidades especiais, conta com uma infraestrutura moderna de salas e laboratórios, condizentes com os cursos de graduação, pós-graduação e extensão ofertados.

Além do Núcleo de Prática Jurídica e a Clínica de Psicologia, que atende a comunidade gratuitamente, o Campus abriga a biblioteca Santo Antônio, que reúne cerca de 44.300 volumes, sendo 20.420 títulos diferentes, incluindo livros, CDs, DVDs, teses e 212 títulos de periódicos.

O acervo é aberto não só para alunos, professores e acadêmicos, como também para toda a comunidade, que pode realizar consultas e pesquisas no local.

Itatiba[editar | editar código-fonte]

Com 48.746,74 m² de área construída, 90 salas de aula e 58 laboratórios, o Campus Itatiba conta com 15 cursos de graduação distribuídos entre as áreas de Humanas e Sociais Aplicadas, Exatas e Tecnológicas, além de oferecer cursos de extensão, pós-graduação Lato e Stricto Sensu.

Os programas de mestrado e doutorado são voltados à Educação e à Psicologia, avaliados, respectivamente, com notas 4 e 6 pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). A USF é a única Instituição de Ensino Superior (IES) particular do Brasil a ter conquistado nota 6 pela CAPES, desempenho equivalente aos cursos de centros internacionais de Ensino e Pesquisa.

Campinas (Unidade Cambuí)[editar | editar código-fonte]

Presente na cidade de Campinas há mais de 10 anos com a Unidade Swift, localizada na Vila Cura D’Ars – Swift, a USF decidiu expandir a atuação em 2012. Situada em um dos bairros mais nobres de cidade, a Unidade Cambuí prima pela sofisticação.

Atenta às exigências do mercado e motivada pela crescente procura de cursos, a USF trouxe para a Unidade Cambuí a tradição do curso de Direito, com 40 anos de credibilidade nos Campi Bragança e São Paulo, e a inovação do curso de Tecnologia em Gastronomia, que também conta com professores renomados e laboratórios com padrão internacional de qualidade. Além do arrojado programa de Educação Executiva da ESADE Business School de Barcelona, uma das melhores escolas de negócios do mundo.

Em pouco tempo, a Unidade Cambuí tornou-se referência como espaço para eventos e ampliou a oferta de cursos. Hoje, também são oferecidos os cursos de Administração e de pós-graduação.

Campinas (Unidade Swift)[editar | editar código-fonte]

A cerca de 100 quilômetros da capital do Estado de São Paulo, Campinas destaca-se como um dos mais importantes polos tecnológicos do hemisfério sul, encabeçando também a lista das cidades que mais geram empregos no país.

Diante dessas necessidades, há uma predominância na oferta de cursos ligados à área de engenharia e ao seguimento industrial no Campus Campinas – Unidade Swift, que conta com 8.330,94 m² de área construída, 37 salas de aula e 23 laboratórios, ofertando cursos de graduação, pós-graduação e extensão.

Publicações[editar | editar código-fonte]

As publicações da Universidade São Francisco têm o intuito de fomentar a pesquisa entre os estudantes e professores, propagando o conhecimento dentro da instituição e possibilitando uma comunicação acadêmica com profissionais e pesquisadores do Brasil e do exterior.

Cartilha do Estagiário[editar | editar código-fonte]

O estágio é um processo fundamental durante a vida acadêmica. A Cartilha do Estagiário tem o objetivo de orientar os alunos da USF nesse início da caminhada profissional. A compatibilidade do seu programa de estágio com o projeto do seu curso é essencial para a sólida formação na carreira.

USF Express[editar | editar código-fonte]

Revista de comunicação interna da universidade. Conta com novidades, notícias, eventos, matérias e dicas para os alunos.

Revista Horizontes[editar | editar código-fonte]

A revista Horizontes é um veículo de divulgação e debate da produção científica na área de Educação e está vinculada ao Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação da Universidade São Francisco, Itatiba/SP.

O propósito da revista é servir de fórum para a apresentação de pesquisas desenvolvidas, estudos teóricos e resenhas na área de Educação, em suas vertentes históricas, culturais e de práticas educativas. Com vistas a manter uma interlocução com pesquisadores nacionais e internacionais, a revista aceita publicações nas línguas portuguesa, inglesa, francesa e espanhola. Os textos publicados são submetidos a uma avaliação às cegas pelos pares, componentes do conselho editorial ou consultores ad hoc. Os conteúdos não refletem a posição, opinião ou filosofia, nem do Programa de Pós-Graduação nem da Universidade São Francisco.

A revista é composta de dossiês com temática educacional coerente com a política editorial da mesma e/ou artigos de demanda espontânea encaminhados e aprovados para publicação. Os direitos autorais das publicações da Horizontes são da Universidade São Francisco, permitida apenas ao autor a reprodução do seu próprio material, previamente autorizado pelos editores da revista. As transcrições e traduções são permitidas, desde que no limite dos 500 vocábulos e mencionada a fonte.

PsicoUSF[editar | editar código-fonte]

A Psico-USF é um periódico que visa promover o debate da produção científica na área da Psicologia, possibilitando-lhe mais visibilidade. Está vinculado ao Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia da Universidade São Francisco desde 2000. O propósito da revista é o de servir de fórum para a apresentação e divulgação de pesquisas atuais no campo da Psicologia e como um veículo de disseminação do conhecimento a pesquisadores, profissionais e demais interessados pelo campo. É publicada quadrimestralmente. Os direitos autorais das publicações da Psico-USF são da Universidade São Francisco, permitida apenas ao autor a reprodução de seu próprio material, previamente autorizado pelo editor da revista. As transcrições e traduções são permitidas, desde que no limite dos 500 vocábulos e mencionada a fonte. São publicados textos em português, espanhol e inglês.

Relatório Social (Sustentabilidade)[editar | editar código-fonte]

O Relatório de Sustentabilidade contempla um apanhado das mais significativas ações desenvolvidas com foco no tripé sustentável: econômico, social e ambiental. Divulgado pela primeira vez em 2011, este relatório é um passo a mais na publicação já feita pela USF, desde 2008, anteriormente titulada Relatório Social.

O Relatório está fundamentado nas diretrizes da Global Report Initiative (GRI), organização não governamental, com sede na Holanda, que tem como missão desenvolver e disseminar globalmente diretrizes para a elaboração de relatórios de sustentabilidade, utilizados voluntariamente por empresas do mundo todo. Sua estrutura também contempla as iniciativas internacionais: Objetivos do Milênio, Pacto Global e Princípios para a Educação Empresarial Responsável (PRME).

Pastoral Universitária[editar | editar código-fonte]

O Núcleo de Pastoral Universitária atua em toda a Universidade São Francisco (USF) como assessoria da Chancelaria em atenção aos apelos da Igreja e da Ordem Franciscana, que abraçou, no último Capítulo/Assembleia Provincial, a Educação como uma das cinco frentes da missão evangelizadora. Como pastoral, este Núcleo é motivador constante do diferencial “franciscano” desta Instituição de Ensino. O Núcleo é composto por um Coordenador designado pela Chancelaria e membros encarregados das atividades ordinárias do setor.

A Pastoral Universitária da USF situa-se na compreensão desenvolvida nos últimos anos que está reconceituando esta Pastoral, passando a organizá-la como Pastoral da Universidade. O desafio decorrente é construir/realizar uma Universidade em Pastoral, o que requer uma “relação interpessoal” a ser fomentada entre todos os envolvidos na pastoral, agentes e sujeitos.

Revaloriza-se o termo “pastoral”, o que nos remete, enquanto Universidade Católica, a Cristo Bom Pastor, sendo o coração da mesma o cuidado, o amor, a dedicação, num trabalho de equipe, construindo juntos os programas, as atividades e a própria tomada de consciência dos agentes e sujeitos da Universidade. Colocamos a ênfase no “cuidado”, criando espaços de proximidade, relação e comunhão. O cuidado se desdobra em acolhida e se explicita como desvelo, solicitude, diligência, zelo, atenção, bom trato.

A Pastoral é um lugar de cultivo da comunhão e da participação. Alia liberdade com responsabilidade; educa sujeitos, conscientes de seu papel e de seu lugar na história, como sujeitos e agentes na comunidade. Este processo educativo alia fé e vida, nos níveis pessoal e social, inspirado nos valores que brotam do Evangelho e que traduzem o modo franciscano de ser.

Biblioteca[editar | editar código-fonte]

O Sistema de Bibliotecas da USF é formado por uma rede de 7 unidades, totalizando 232.427 volumes e 1.299 periódicos impressos. Credenciada ao Portal de Periódicos da CAPES em diversas bases, a Universidade disponibiliza ainda, por meio desse convênio, mais 7.125 títulos em textos completos e 6 bases referenciais, sendo possível também o acesso online de bases de dados como: Medline, Lilacs, Rebap, Scielo, entre outras.

Com rico acervo, espaços estruturados e recursos tecnológicos, as bibliotecas da USF são verdadeiros centros de informação, aptos a apoiar o aluno na busca por conhecimento, tanto no desenvolvimento de trabalhos acadêmicos quanto profissionais.

Parcerias[editar | editar código-fonte]

A USF (Universidade São Francisco), por meio do Departamento de Relações Institucionais, atende organizações de diferentes áreas de atuação, além de órgãos públicos, entidades e ONGs, apresentando soluções educacionais e empresarias.

O know-how e a credibilidade do corpo docente da Universidade, aliada à garantia de um serviço de excelência a partir de um diagnóstico preciso, já renderam parcerias e convênios com empresas conceituadas no mercado, como: EMS, Jequiti, Valeo, UNIFAG, entre outras.

Os programas e projetos são elaborados de forma customizada, com o objetivo de suprir, de maneira eficaz, cada necessidade, seja a curto, médio ou longo prazo. Com intuito de promover a educação e a profissionalização, as ações são focadas nas tendências do mercado empresarial, visando o desenvolvimento de novos produtos e projetos para incubadoras, capacitações de equipes corporativas, cursos in company, cursos de educação executiva nacionais e internacionais, implantação de Universidades Corporativas e salas patrocinadas, além de estabelecer relações institucionais e governamentais voltadas para comunidades, institutos e associações de classe.

Em 2009 a cidade de Bragança Paulista, por intermédio da Câmara Municipal, estabeleceu um Convênio de Cooperação Técnica com a cidade portuguesa de Bragança, com o objetivo de intercambiar experiências e conhecimentos nas áreas de economia, educação, saúde e social. Como resultado prático dessa geminação, foi oficializado o intercâmbio estudantil entre a Universidade São Francisco e o Instituto Politécnico de Bragança - Portugal. A USF também mantem relacionamento com universidades na Alemanha, Canadá, Estados Unidos, Espanha e México.

Iniciação Científica[editar | editar código-fonte]

A USF conta com um Programa de Iniciação Científica (PIC) voltado para o desenvolvimento do pensamento científico e iniciação à pesquisa de estudantes de graduação do ensino superior. Esse programa tem como objetivos propiciar o contato do estudante da graduação com o universo científico, qualificar alunos para os programas de pós-graduação Stricto Sensu, entre outros.

Duração: Os projetos de Iniciação Científica têm vigência de um ano.

Administração[editar | editar código-fonte]

Chancelaria[editar | editar código-fonte]

Frei Fidêncio Vanboemmel, OFM Ministro Provincial da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil e Chanceler da Universidade São Francisco - USF

Mantenedora[editar | editar código-fonte]

Presidente: Frei Raimundo Justiniano de Oliveira Castro, OFM

Diretor: Jorge Apóstolos Siarcos

Administração Superior[editar | editar código-fonte]

Reitor: Joel Alves de Sousa Júnior

Pró-Reitora de Ensino Pesquisa e Extensão: Iara Andrea Alvares Fernandes

Pró-Reitor de Administração e Planejamento: Adriel de Moura Cabral

Administração Básica[editar | editar código-fonte]

Diretor do Campus Bragança Paulista: Márcia Aparecida Antônio

Diretora do Campus Campinas: Luciana Rita Stracialano Parada

Diretor do Campus Itatiba: José Roberto Paolillo Gomes

Diretora do Campus São Paulo: Simone Cristina Spiandorello

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]