VLT da Baixada Santista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
VLT da Baixada Santista
Vossloh Tramlink V4 A004 Canal 1 em Santos.jpg
Vossloh Tramlink V4, composição que opera no sistema.
Informações
Proprietário Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU-SP)
Local Bandeira Santos SaoPaulo Brasil.svg Região Metropolitana da Baixada Santista, SP
País  Brasil
Tipo de transporte Estação de VLT VLT (Veículo Leve sobre Trilhos)
Número de linhas 1
Número de estações 15
Tráfego 270 mil/mês (fev/17)[1]
Website [1]
Funcionamento
Início de funcionamento 31 de janeiro de 2016 (1 anos)[2]
Início previsto 5h30
Fim de funcionamento 23h30
Operadora(s) Consórcio BR Mobilidade[3]
Número de veículos 22
Comprimento dos veículos 44 m (144 ft)
Dados técnicos
Extensão do sistema 11,5
Frequência 10 min
Bitola Bitola padrão (1435 mm)
Eletrificação Aérea catenária
Velocidade média 25 km/h

O VLT da Baixada Santista é um sistema de veículo leve sobre trilhos que opera entre 2 municípios da Região Metropolitana da Baixada Santista, em São Paulo.[4] É operado pelo Consórcio BR Mobilidade Baixada Santista.[3]

É composto atualmente por uma única linha em operação, que possui 15 estações e 11,5 km de extensão.[5] O sistema entrou em operação comercial no dia 31 de janeiro de 2016.[2] Um segundo trecho do sistema, composto por 14 estações e 8 km de extensão, está em discussão.[6]

Atualmente, atende somente os municípios de Santos e de São Vicente. Entretanto, os municípios de Cubatão e de Praia Grande pleiteiam futuros trechos do sistema.[7] O sistema transporta em média cerca de 21 mil passageiros dia útil (dados de agosto/2017).

Estações[editar | editar código-fonte]

O sistema é composto por 15 estações em operação,[8] das quais todas são superficiais. As estações que estão em operação são listadas a seguir:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «VLT da Baixada Santista atinge 1 milhão de passageiros transportados». ANPTrilhos. 29 de março de 2017. Consultado em 24 de junho de 2017 
  2. a b «Operação comercial do VLT começa neste domingo». A Tribuna. 30 de janeiro de 2016. Consultado em 24 de junho de 2017 
  3. a b «Idosos e estudantes devem providenciar o BR CARD». BR Mobilidade. Consultado em 24 de junho de 2017 
  4. «Empreendimentos - VLT da Baixada Santista - Veículo Leve sobre Trilhos». EMTU-SP. Consultado em 24 de junho de 2017 
  5. «UrbanRail.Net > South America > Brazil > S.P. > Santos VLT» (em inglês). UrbanRail.Net. Consultado em 24 de junho de 2017 
  6. «Estudo vai definir segundo trecho do VLT em Santos». A Tribuna. 11 de maio de 2017. Consultado em 24 de junho de 2017 
  7. «Prefeitura de Cubatão pleiteia extensão do VLT na cidade». A Tribuna. 4 de junho de 2017. Consultado em 24 de junho de 2017 
  8. «Estações do VLT». EMTU-SP. Consultado em 20 de junho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre VLT da Baixada Santista