Integração por partes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

No cálculo integral, integração por partes é um método que permite expressar a integral de um produto de funções em outra integral. A integração por partes pode ser vista como uma versão integrada da regra do produto.

A fórmula típica é a seguinte, onde u\, e v\, são funções de classe C1 no intervalo x\in[a,b]\,, ou seja, são diferenciáveis e suas derivadas são contínuas entre a e b.

A fórmula canônica é dada pela seguinte expressão:

\int_a^b u(x) v'(x)\,\mathrm dx = \Bigl[u(x) v(x)\Bigr]_a^b - \int_a^b u'(x) v(x) \,\mathrm dx

ou, ainda, de forma mais enxuta:

\int u\,\mathrm dv= uv-\int v\,\mathrm du

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Algumas antiderivadas são facilmente obtidas via integração por partes, então vejamos alguns exemplos:

  • \int x e^{x}dx = xe^{x} - \int e^{x}dx=(x-1)e^x \,
Onde escolheu-se u(x)=x\, e dv(x)=e^{x}\,
  • \int_{1}^{2}x\ln(x) dx = \left[\frac{x^2}{2}\ln(x)\right]_{1}^{2} - \frac{1}{2} \int_{1}^{2}xdx\,

mediante  u = \ln(x)\, e  v = \frac{x^2}{2}

Demonstração[editar | editar código-fonte]

Um demonstração simples pode ser obtida atráves da regra do produto

\frac{d}{dx} (u(x)v(x)) = u(x)\frac{d}{dx}v(x) + v(x)\frac{d}{dx}u(x)\,

integrando esta expressão entra a e b, temos:

\int_a^b\left(\frac{d}{dx} (u(x)v(x))\right)dx = \int_a^b u(x)\frac{d}{dx}v(x)dx + \int_a^b v(x)\frac{d}{dx}u(x)dx\,

Concluímos a demonstração, através do teorema fundamental do cálculo:

\left.\left(u(x)v(x)\right)\right|_{a}^b = \int_a^b u(x)\frac{d}{dx}v(x)dx + \int_a^b v(x)\frac{d}{dx}u(x)dx\,

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Ávila, Geraldo Severo de Souza. Introdução à análise matemática. 2aedição. São Paulo: Edgard Blucher, 1999.
  • Rudin, Walter. Principles of mathematical analysis. 3aedição. Auckland: Mcgraw-Hill, 1976.